Conecte-se agora

Comissão que apura impacto ambiental no Igarapé Batista analisa relatório

Publicado

em

A Comissão Especial de Investigação (CEI) que estuda os impactos ambientais causados por obras do PAC no entorno do Igarapé Batista está reunida nesse momento para analisar o relatório final que será apresentado amanhã (24) no plenário da Câmara Municipal.

A sessão que debaterá e votará a aprovação ou não do relatório começa mais cedo, por volta das 8h30 e poderá contar com a presença de duas promotorias do Ministério Público Estadual, a de defesa do meio ambiente e urbanismo, convidadas para a apresentação do documento.

Em entrevista ao ac24horas, o vereador que preside à Comissão, Raimundo Vaz [PRP] afirma que há indícios do despejo de dejetos humanos em face dos inúmeros imóveis que estão sendo construídos em seu entorno causando sérios problemas à saúde da população.

A Bacia do Igarapé Batista tem uma área de 3,7 mil hectares. 16% desse total é urbanizado e 65% é formado de pasto ou vegetação rasteira. Apenas 17% é de forma arbustiva ou fragmento de mata constituída de forma descontinuada. A microbacia do igarapé que será objeto de estudo está situada no sudoeste da Bacia do São Francisco no município de Rio Branco.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas