Conecte-se agora

Após 48 horas de espera, criança morre antes do parto na Maternidade Bárbara Heliodora

Publicado

em

620bbb03-7362-4ea6-814e-be1819cf94e1

Pai do bebê, Leomar Torres, que acompanhou a esposa durante toda a gravidez, se diz frustrado e indignado com os serviços oferecidos pela única maternidade pública da Capital acreana

Mais uma grávida teve o sonho da maternidade frustrado. Na noite desta quinta-feira, 28, um bebê morreu antes do nascimento. A mãe esperou por mais de 48 horas num dos leitos da Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco (AC). A bolsa da gestante estourou na terça, mas até a noite de quinta, o parto não havia sido recomendado pelos médicos do centro especializado em saúde da mulher.

Pai do bebê, Leomar Torres, que acompanhou a esposa durante toda a gravidez, se diz frustrado e indignado com os serviços oferecidos pela única maternidade pública da Capital acreana. Segundo ele, a espera se deu em meio ao clamor da gestante por uma cesariana, o que não foi levado em conta pelos médicos.

“A bolsa estourou em casa e quando chegamos aqui ela já foi atendida. O que me chamou atenção é que o médico sempre estava avaliando ela. Eles tem um prazo de 24 horas para fazer a cirurgia, mas aqui esperaram foi 48 horas. Dois dias de espera. Eu acho que por não terem feito a cirurgia foi uma negligência. Não fizeram nenhuma ultrassom para ver como estava o bebê”, relata o pai, Leomar Torres.

A grávida teria tomado, em todos os dias de internação, medicamentos para que o parto normal fosse acelerado, mas sem êxito. Leomar explica que os procedimentos não deram resultados favoráveis e que, mesmo assim, os médicos insistiram em executar os processos do parto humanizado.

“Depois dos medicamentos, eles aplicaram o soro, para que as dilatações melhorassem. Mas também não teve avança e minha mulher disse que ela não ia aguentar. Mesmo assim, eles continuaram. Foi quando o médico viu a médica fazer a avaliação na barriga, tocando, e disse ‘essa criança tá morrendo’, e foi aí que levaram para o centro cirúrgico já para tirar o bebê morto”, completa.

Cerca de uma hora e trinta minutos após a grávida entrar no centro cirúrgico, o Leomar conta que o médico já retornou coma notícia que a criança já não tinha mais vida. “Vou acionar os órgãos competentes. Já registrei um boletim de ocorrências na delegacia e vou querer que o caso seja investigado. Vou falar com um advogado sobre a minha denúncia no Conselho de Medicina”, finaliza.

A Direção–Geral da Maternidade Bárbara Heliodora não quis se manifestar. A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) informou que uma coletiva de imprensa será realizada para esclarecer o caso.

Anúncios

Destaque 6

Padre Fábio de Melo defende união entre casais homossexuais

Publicado

em

Por

O padre Fábio de Melo disse nesta 6ª feira (30) que a união entre homossexuais “é um direito”. A afirmação foi feita durante uma live com empresário Marcus Montenegro.

O assunto surgiu ao ser questionado sobre o posicionamento feito pelo Papa Francisco. O religioso manifestou apoio à criação de leis a garantir a casamento de casais do mesmo sexo. A afirmação é reproduzida em 1 filme que entra em cartaz nesta 4ª feira (21.out.2020) no Festival de Roma, na Itália.

“Em 2013, eu dei uma entrevista e fui execrado pela ala mais conservadora da Igreja Católica. A união entre duas pessoas do mesmo sexo não é uma questão religiosa, é uma questão civil. É um direito. Sempre considerei uma injustiça e não cabe a mim julgar, não cabe a mim impor regras religiosas ao outro”.

Na conversa o padre falou sobre o quadro depressivo que teve e que o fez pensar em suicídio há cerca de 3 anos. Apesar de ser muito fiel, disse que foi curado pela medicina.

“Eu não desejo a ninguém passar o que passei. Pensei em me matar várias vezes. Eu tive dois momentos que pensei em suicídio. Nesta época e quando tinha 18 anos. Fazia noviciado, em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Durante um ano e meio, eu tive pensamentos obsessivos para morrer”.

Fonte: Poder360

Continuar lendo

Acre

Acre está há cinco dias sem registrar focos de queimadas, diz INPE

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas 

De acordo com o banco de dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Acre não registra focos de queimadas detectados pelo satélite de referência AQUA Tarde desde a última segunda-feira, 26.

Este ano, o Acre teve o pior mês de outubro da série histórica do INPE, iniciada em 1998. Foram 1.652 registros contra apenas 354 do ano passado. O acumulado de 2020 (9.053 focos) é o terceiro maior da história, atrás apenas dos anos de 2003 e 2005.

Os municípios com os maiores registros de queimadas em outubro foram Xapuri (320), Brasiléia (296), Sena Madureira (217), Epitaciolândia (144) e Rio Branco (140). No ano, Feijó (1.552), Sena Madureira (1.086), Tarauacá (1.014), Xapuri (735) e Rio Branco (714) são os campeões do fogo.

Com 444 focos de queimadas registrados apenas em outubro, o que representa 87% do total de todas as outras unidades de conservação federais no Acre, a Resex Chico Mendes chegou a 1.111 focos de queimadas detectados entre janeiro e outubro deste ano – 67% do total das demais UC’s no estado.

Chuvas

Outro dado relevante diz respeito à chegada das chuvas, que apesar de terem ficado abaixo da média climatológica para o mês de outubro, tiveram elevação considerável a partir da segunda quinzena. Plácido de Castro (179,10mm) e Marechal Thaumaturgo (173,20mm) são os municípios com os maiores acumulados do mês e Rio Branco (21,80mm) com o pior.

Em seguida, com relação aos índices pluviométricos, estão Cruzeiro do Sul (170,60mm), Feijó (161,40mm), Tarauacá (153,40mm), Jordão (118,60mm), Sena Madureira (110,40mm), Manoel Urbano (106,00mm), Xapuri (102,00mm) e Assis Brasil (81,20mm), relacionadas apenas as estações de monitoramento que possuem série climatológica.

De acordo com o Boletim de Monitoramento Hidrometeorológico divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) na última quinta-feira, 29, para o período de 29/10/2020 a 04/11/2020, o prognóstico do Satélite NOAA/NCEP-GFS/USA indica previsão de chuva com volume acumulado na semana de até 75 mm.

A região Oeste do estado deverá concentrar até 75 mm de chuva prevista para a semana, indicando anomalia positiva, onde as chuvas deverão ficar acima da normalidade para o período.

O Leste do estado deverá concentrar até 50 mm de precipitação acumulada, indicando anomalia negativa, onde as chuvas deverão ficar abaixo da normalidade para o período.

Nos municípios de Bujari, Porto Acre, Rio Branco e Senador Guiomard, a quantidade de precipitação deverá ser ainda menor do que nos outros municípios da região, indicando anomalia negativa, chegando à um acumulado de até 25 mm de precipitação.

Continuar lendo

Acre

Com Zen crescendo, Marcus e Jorge vão às ruas da Baixada da Sobral

Publicado

em

A pesquisa Ibope da última quinta-feira, 29, mostrou que o pelotão de frente na disputa pela prefeitura de Rio Branco deu uma embolada, alguns candidatos se mantiveram estáveis, outros caíram e outros subiram, principalmente, Tião Bocalom. Houve o crescimento do candidato petista Daniel Zen que saiu de 5% para 7%.

Apesar de ter poucas chances de ir ao 2º turno, o candidato à prefeitura de Rio Branco pelo Partido dos Trabalhadores, Daniel Zen iniciou pela manhã deste sábado, 31, mais uma caminhada com o apoio da militância e de várias lideranças do partido, na Baixada da Sobral.

A visita foi compartilhada nas redes sociais pelo candidato e pelos ex-prefeitos Marcus Alexandre e Jorge Viana. Marcus Alexandre afirmou que se trata de “caminhada” e não “carreata” e destacou que esse é o jeito do PT de fazer campanha nas ruas.

“Estamos devidamente protegidos com álcool gel e máscaras e iremos passar de porta em porta para levar as nossas propostas para a população. Contamos com você!”, afirmou Zen.

Continuar lendo

Cotidiano

Moradores do Oco do Mundo reclamam das condições de ramal e cobram prefeitura

Publicado

em

As cerca de 30 famílias que moram no Ramal Oco do Mundo, no município de Senador Guiomard, estão revoltadas com as condições da estrada e de uma ponte onde quem vive na localidade é obrigada a passar.

Por meio de vídeos enviados à redação do ac24horas, é possível verificar as péssimas condições da ponte que coloca em risco quem trafega pelo local. Por causa das péssimas condições estruturais da ponte, foi feito um desvio, onde os moradores também reclamam do serviço realizado.

“Já tem vários anos que não entra uma máquina no nosso ramal. Nossa situação tá crítica, a ponte está precária, colocando a vida da gente em risco”, afirma o morador Wanderson Silva.

A reportagem do ac24horas entrou em contato com a assessoria da prefeitura de Senador Guiomard, mas não recebeu retorno. O espaço segue aberto para as explicações da gestão municipal.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas