Conecte-se agora

Corpo de delegado que foi morto a tiros é sepultado na capital

Publicado

em

Fotos de Juan Diaz/ Opinião

Familiares, amigos e colegas policiais deram o último adeus ao delegado aposentado da Polícia Civil, Felix Alberto da Costa, 64 anos, morto a tiros em sua fazenda, na estrada Transacreana, no último sábado. Ele foi sepultado na manhã desta segunda-feira, 21, no cemitério Morada da Paz, no bairro Calafate, em Rio Branco.

073ec1a3-d0e9-4b0b-be24-d54fc701dcff

O cortejo foi acompanhado por viaturas da Polícia Civil e por membros fardados da instituição, que fizeram questão de levar o caixão do delegado até o lugar do enterro.

A causa da morte do delegado vem sendo investigada. A polícia averigua se a morte foi causada por acidente ou mesmo por execução. Duas pessoas, o caseiro e o ajudante, já foram ouvidas. Os dois estavam com o delegado no momento do crime.

6695fd0d-bea9-4d70-ac87-79f614c6f242

As investigações estão em sigilo e as poucas informações repassadas é que o caseiro e o ajudante narraram uma situação de acidente quando ouvidos. O caso está sob a responsabilidade do delegado Nilton Boscaro.

A família acredita que o aposentado tenha sido vítima de execução, pois, nem a caminhonete nem a carteira com dinheiro foram levados.

e0381197-9024-4e84-bc93-2e0cc3f9126e

O delegado Felix Alberto trabalhou na Polícia Civil durante 23 anos. Ele também foi agente da Polícia Federal. Felix Alberto ocupou o cargo de diretor de Polícia durante o governo de Jorge Viana. Na época, a Secretaria de Segurança era comandada pela procuradora do Estado, Salete Maia, que morreu em 2008.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas