Conecte-se agora

Delegado Mauricio Moscardi, que coordenou no Acre a Operação G7, interroga ex-presidente Lula

Publicado

em

xxxxO delegado Mauricio Moscardi mais uma vez aparece no caminho do PT. Agora do petista-mor, o ex-presidente Lula, que foi obrigado a depor à Polícia Federal nas primeiras horas desta sexta-feira.

Como um dos coordenadores da Lava Jato, Maurício Moscardi, além Luciano Flores de Lima (delegado que prendeu o marqueteiro João Santana) e um procurador do MP do Paraná são os responsáveis por interrogar Lula. O ex-presidente foi levado para depor nas dependências do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Em maio de 2013, Moscardi foi o responsável pela Operação G7, que prendeu 15 secretários de Estado e empreiteiros no Acre acusados, entre outros crimes, de formação de cartel em processos licitatórios em obras do Ruas do Povo. Foi hostilizado pelos petistas locais por causas das prisões. Ficou pouco tempo no Acre após a deflagração da G7. Foi transferido para a PF do Paraná, centro da Lava Jato.

No início desta sexta-feira, agentes da PF (Polícia Federal) se dirigiram à casa de Lula em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e de seu filho Fábio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, em São Paulo, assim como às sedes do Instituto Lula e da construtora Odebrecht, ambas localizadas na capital.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas