Conecte-se agora

Eber Machado ironiza atuação de Emylson Farias no combate a onda de violência no Acre

Publicado

em

O deputado estadual Eber Machado (PSDC) criticou na manhã desta terça-feira (1o) as medidas de segurança adotadas pelas autoridades de segurança do Acre para conter a onda de violência que inflou os números de ocorrências de assaltos, arrombamentos, roubos, assassinatos e furtos de veículos.

“Esta onda de violência que toma conta de nosso estado e agora de forma maior da capital está causando medo na população. O caos está se instalando na cidade, com invasões de residências, hotéis, comércios. Nós que não somos da área de segurança, mas sabemos de onde saem estas ordens”, diz Machado.

O secretário de segurança Emylson Farias foi criticado pelo parlamentar que questiona o uso político do aparato de segurança, que de acordo com ele deveria ser usado combater o crime. “Será que o tal de guardião só serve para ouvir nossas conversas? Ele não serve para grampear bandidos?”.

O deputado revela que estaria fazendo visitas aos bairros. “Uma dona de casa relatou que estava em casa quando ouviu um barulho na porta da cozinha de sua casa, desesperada, ele disse que iria ligar para polícia. Os bandidos retrucaram que ela poderia ligar que eles não tinham medo”, destaca Eber Machado.

“Esta violência tem que ser combatida. Não adianta estes projetos que estão fazendo para inglês ver. A nossa população está órfã, a nossa população não tem proteção. Nossas autoridades não conseguem dar uma reposta convincente para os índices elevados da criminalidade no nosso Estado”, finaliza Machado.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas