Conecte-se agora
Fechar

MP pede inquérito policial para apurar caso de vereador que se apossou de janelas da câmara

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

janela_01

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

Depois de uma semana de folga, porque ninguém é de ferro, voltamos com as atualizações. Nesta abertura vamos contar mais um causo do vereador de Epitaciolândia, Carlos Portela (PPS), aquele mesmo que se tornou viral nas redes sociais após a divulgação de foto que o parlamentar aparece apalpando os seis de “Madonna”. Desta vez a coisa foi mais séria. O promotor de Justiça, Ildo Maximiano, do Ministério Público Estadual em Brasileia, requisitou abertura de um inquérito policial, depois que Carlos Portal se apossou de janelas que foram retiradas do prédio da Câmara de Vereadores de Epitaciolândia e as instalou num chalé de um sítio de sua propriedade na zona rural do município.

Segundo a denúncia apresentada no MP, o vereador estaria cometendo crime de peculato, já que as janelas retiradas do prédio da Câmara durante a reforma deveriam ser recolhidas ao almoxarifado da prefeitura do município. Apesar de fazer uma fiscalização ininterrupta de supostos deslizes do prefeito André Hassem (PR), o vereador vem pisando na bola quando o assunto é a questão do decoro parlamentar. Portela alega que estaria sendo vítima de perseguição, tanto no caso do amasso nos seios de “Madonna” quanto no caso das janelas. André Hassem jura de pés juntos que não é o autor da denúncia. O fato é que as janelas da câmara foram fotografadas no chalé da chácara do parlamentar.

Carlos Portela alega que solicitou da câmara, através de ofício, as duas janelas que motivaram o pedido de abertura de inquérito policial pelo MP. Ele afirma que as janelas da discórdia teriam sido postas à disposição da prefeitura em 2015, dando um prazo de cinco dias para a retirada das mesmas. Também foram oferecidas para associações. E como não havia espaços na câmara para acomoda-las, o presidente acatou o pedido de doação formulado por Carlos Portela. Em sua defesa, o parlamentar admite que as janelas estavam sendo usadas em sua colônia. Em uma tarde de segunda-feira, o vereador Demi Sales (PT), foi visto fotografando as janelas e ele já aguardava a denúncia.

Após a repercussão da doação de bens do legislativo mirim entre vereadores e das denúncias apresentadas no MP e na Polícia Civil, Portela devolveu as janelas à câmara, comunicando também ao MP e a PC. Diante do imbróglio causado pelo deslize de se apossar de um bem público, o vereador se defende atacando o prefeito do município. “Se uma janela velha com mais de 28 anos é um bem público, (Não pode ser usado por terceiros) imagina o combustível, veículos, caminhão, máquinas, tratores, peças, verbas de medicamentos, outras verbas, obras, restos de materiais de reformas de escolas”. A verdade é que ninguém pode ser apossar de um bem público usando a idade como critério.

Começou o vale tudo pelo voto

VOTO_01
Como diria o senador cabeçudo Sérgio Petecão (PSD): o governador Sebastião Viana (PT) gosta de fazer festa com o chapéu dos outros. Com a aproximação das eleições municipais começou o vale tudo pelo voto. Depois de três anos fazendo diversas promessas para os empresários atingidos pela cheia no município de Brasileia, finalmente o petista resolveu agir. Com direito a palanque, pirotecnia, discursos inflamados de ex-prefeitos e deputados, carros de som convidando a população para o megaevento, Sebastião anunciou que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) vai iniciar a recuperação da Avenida Marinho Monte. O que a aproximação de uma eleição não faz.

Espero que finalmente, ele conceda aqueles benefícios fiscais prometidos aos comerciantes castigados por duas grandes cheias em Brasileia e atenda todas as demandas acordadas com os empresários que ficaram com seus comércios debaixo d’água. A população é testemunha que o prefeito Everaldo Gomes não conseguiu fazer uma boa administração, mas também precisa fica atenta a estas obras de última hora do governo no Acre, que utiliza a estrutura de uma autarquia federal para fazer palanque político. Por que a administração estadual não fez nenhuma intervenção nos três primeiros anos da atual gestão municipal? Será que o povo de Brasileia só merece ser lembrando em ano eleitoral?

 

Espaço do leitor

atraso_01Bom dia, recentemente foi publicada matéria no ac24horas, sobre atraso no pagamento das bolsas para colaboradores do Instituto Dom Moacy, ainda continua do mesmo jeito!

Há bolsista que não recebem há 2 meses! Só recebeu quem é da folha de pagamento, (comissionado e funcionários efetivos) quem recebe do Pronatec ainda na recebeu!

Em janeiro recebemos novembro e dezembro de 2015!!

Há mediadores que recebem do programa PEP (convênio com o Estado) que estão há cinco meses sem receber! A desculpa é que a Sesacre não repassou o recurso!

Esses profissionais foram preceptores nos estágios em cursos na área de saúde.

Os funcionários da terceirizada Mastrer, que assumiu quem saiu da Teixeira, estão há 2 meses sem receber! Talvez recebam essa semana com recursos próprios da empresa, pois não houve repasse do IDM. Essa empresa é paga com recursos do Pronatec!

O convênio é PEP/PROFAP, com a Secretaria de Saúde estadual. (O nome do leitor será preservado para evitar qualquer tipo de represália)

zap_00

 

 

 

Mais Informações

Blog do Ray

“Quem é o Acre na fila do pão quando o assunto é a redução da emissão de carbono?”

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Prefeito duro: PF faz busca e apreensão na casa de Marcus Viana e encontra apenas R$ 9,00

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Líderes de oposição brigam pelo chapéu e esquecem de lutar pelo guarda-chuva

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.