Conecte-se agora

Na superação, Tigre vence o Azulão

Publicado

em

O Plácido de Castro mostrou superação e, com dois jogadores a menos em relação ao time da Amax, conseguiu arrancar na noite de ontem, no estádio Arena da Floresta, uma vitória heroica por 2 a 1 na estreia do Campeonato Acreano 2016. Ismael e Uilian fizeram os gols do Tigre e Quatorze descontou para o Azulão de Xapuri.

Próximos jogos

O meia placidiano Uilian marcou o gol da vitória do Tigre do Abunã. Foto: Manoel Façanha.

O meia placidiano Uilian marcou o gol da vitória do Tigre do Abunã. Foto: Manoel Façanha.

O Plácido de Castro retorna a campo no próximo sábado (27) para medir forças contra o Vasco da Gama, às 15h45, no estádio Arena da Floresta. Um dia depois (28), às 16h, o Amax recebe o Rio Branco, em partida marcada para o estádio Álvaro Felício Abrahão, na cidade de Xapuri.

Jogo

O lateral Jonildo busca se livrar da marcação do atacante placidiano Ismael. Foto: Manoel Façanha

O lateral Jonildo busca se livrar da marcação do atacante placidiano Ismael. Foto: Manoel Façanha

Os times fizeram um início de jogo alucinante e movimentado. A primeira grande chance de gol foi da equipe do Tigre, mas Tiago salvou a finalização do atacante placidiano Ismael, aos 15 minutos.

O Azulão respondeu numa bola parada. A zaga placidiana sofreu apagão geral e a redondinha sobrou livre para o zagueiro Quatorze abrir o placar, aos 22 minutos.

O técnico placidiano Helinho aproveita uma parada no jogo para orientar seus jogadores. Foto: Manoel Façanha

O técnico placidiano Helinho aproveita uma parada no jogo para orientar seus jogadores. Foto: Manoel Façanha

A vantagem não fez bem ao time azulina, que recuou bastante e passou a levar sufoco do time adversário. O empate do Tigre era questão de tempo e ocorreu aos 34 minutos, após cobrança de penalidade de Ismael. O goleiro Tiago ainda salvou parcialmente o lance, mas o próprio Ismael se recuperou do erro e mandou a bola para a rede.

O Tigre poderia levar a vantagem no placar para o intervalo, mas Geovani, após assistência de Uilian, perdeu grande chance da virada na frente do goleiro Tiago.

Vira virou

O técnico do Azulão, Paulo Capão, orienta o goleiro Tiago durante parada no jogo. Foto: Manoel Façanha

O técnico do Azulão, Paulo Capão, orienta o goleiro Tiago durante parada no jogo. Foto: Manoel Façanha

No segundo tempo, o técnico Paulo Capão conseguiu reorganizar sua equipe nos vestiário. O resultado foi um Azulão com mais posse de bola e agressivo contra um Plácido de Castro apático.

Nos 20 minutos da etapa complementar o Tigre do Abunã perdeu o atacante Alan, expulso. Com isso, o Azulão manteve ainda mais a posse de bola, mas abusava da falta de experiência e tranquilidade no último passe.

Nos minutos finais a Amax ficou com dois jogadores a mais em relação ao Plácido de Castro, após expulsão de Geovani. Porém, para a surpresa dos 310 pagantes, foi Tigre do Abunã mostrou superação para arrancar uma vitória heroica após bela jogada individual de Uiliam, aos 37 minutos.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas