Conecte-se agora

Cesta Básica em todo o Acre compromete 38% do salário mínimo de um trabalhador

Publicado

em

 

Foi divulgado nessa semana o relatório mensal dos preços de produtos que compõem as cestas básicas de alimentação, higiene pessoal e limpeza doméstica. Nessa edição, o documento faz um paralelo entre os custo de dezembro de 2015 e janeiro de 2016. Houve elevação de 5%, quando comparados os dois meses. O levantamento foi feito pela Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan).

No mês de janeiro, o custo total da cesta básica alimentar para um indivíduo foi de R$ 273,91. No mês anterior, era possível comprar todos os itens da cesta pelo custo de R$ 260, 87. Um aumento real de R$ 13,04. De todos os produtos, apenas o leite e a farinha de mandioca registraram recuou em seus preços médios [na comparação com dezembro]. As reduções foram de -0,29% e -4,92%, respectivamente.

Para se ter uma ideia todos os outros produtos da cesta sofreram acréscimos. Entre eles, destacam-se: tomate (16,17%), banana (10,44%) e feijão (9,44%). Com destaque, o tomate voltou a subir após quatro meses de queda. Já o feijão, que desde outubro não para de apresentar elevações, voltou a apresentar significativo aumento na média de preços, o que chega a 25%.

TEMPO = DINHEIRO

Em janeiro de 2016, o número de horas de trabalho necessário para um trabalhador adquirir os produtos da cesta básica alimentar foi de aproximadamente 68h28min. Comparando os resultados com mês de dezembro do ano passado, constatou-se que o trabalhador precisou de aproximadamente 4h21min a menos de jornada de trabalho para adquirir os produtos da cesta.

É necessário entender que o salário mínimo aumentou desde o dia 1º de janeiro. Para tanto, levou-se em conta que um trabalhador recebe um salário de R$ 880,00, e trabalha 220h/mês. Antes, em dezembro, eram necessários 76 horas para a aquisição dos itens da cesta.

CESTA BÁSICA DE LIMPEZA

O custo total da cesta básica de limpeza doméstica foi de R$ 47,01. O levantamento apontou que, em janeiro/2016, foi registrada uma elevação de alta de 0,97% no custo total, isso quando comparado aos preços do mês anterior. Para a compra, foi necessário trabalhar 11h45min, pouco mais de trabalho. Em dezembro, o tempo médio foi de 12h59min. A redução foi de 01h14min.

Dados apontam que dos nove produtos da cesta, somente o “detergente” e o “sabão em pó” registraram decréscimo no preço médio, com retração de -0,23% e -0,64%, respectivamente. Os demais produtos da cesta tiveram acréscimo, sendo que os mais expressivos foram: vassoura piaçava (2,15%), sabão em barra (1,97%) e esponja de aço (1,34%).

HIGIENE PESSOAL

Em janeiro de 2016, o custo total da cesta básica de higiene pessoal foi de R$ 15,73. Comparado com mês de dezembro de 2015, a cesta de Higiene Pessoal registrou acréscimo de 0,96%, conforme levantamento da Seplan. Três produtos da cesta tiveram alta de preço em relação ao mês anterior, sendo que o mais expressivo foi o barbeador descartável (2,34%), e do creme dental (2,30%). Por outro lado, sabonete e absorvente foram os únicos produtos da cesta que apresentaram queda de preço, registrando variação negativa de -0,32% e -1,02, respectivamente.

CUSTO FAMÍLIA

A família padrão considerada nesta pesquisa é composta por dois adultos e três crianças, tendo como pressuposto que uma criança consome a metade da provisão de um adulto. Estima-se que o gasto mensal em janeiro de 2016 para uma família padrão com as cestas básicas de alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal foi de R$ 1.178,27.

Revertendo esse valor em quantidade de salário mínimo necessário para a subsistência dessa família, o custo estimado para aquisição dos três tipos de cestas, foi de aproximadamente 1,34. Baseado no salário mínimo vigente do mês de dezembro/2015 (R$ 788,00), para uma família com as mesmas características adquirir as três cestas básicas, o custo estimado aumentaria para 1,50 salários mínimos.

Anúncios

Acre

Duarte reforça PL que garante fisioterapeuta por 24h nas UTIs

Publicado

em

O deputado estadual Roberto Duarte se reuniu nesta quinta-feira, 26, com o presidente e vice-presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 18ª Região, Rodrigo Campos e Alessandro Souza, respectivamente a fim de reforçar o pedido de apoio ao Projeto de Lei que garante a assistência do fisioterapeuta, de maneira integral, por 24h, nas unidades de terapia intensiva.

O parlamentar apresentou o PL em maio deste ano e o mesmo encontra-se em tramitação na Aleac. “Em Rondônia, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Piauí já é lei. Por conta da pandemia do novo coronavírus, todos puderam perceber a importância da profissão do fisioterapeuta. Estamos no Acre fazendo visitas de fiscalização e orientação nas instituições públicas e privadas e fizemos questão de conversar com o deputado Roberto Duarte para agradecê-lo por propor projeto que valoriza a nossa profissão”, disse Rodrigo Campos – presidente do Crefito 18ª região.

Na visão do deputado estadual Roberto Duarte, os fisioterapeutas desempenham um papel fundamental na sociedade. “Como parlamentar, é meu dever apresentar propostas que melhorem a vida da nossa população. Sabemos da importância destes profissionais e precisamos valorizá-los”, destacou.

Continuar lendo

Acre

Bittar defende diminuir isenção tributária para bancar Renda Brasil

Publicado

em

O senador Márcio Bittar (MDB), que é o relator do Orçamento Geral da União (OGU), falou na tarde desta quinta-feira, 26, no Gazeta Entrevista, acerca do programa Renda Brasil, que será o programa social que deverá substituir o Bolsa Família.

Bittar destacou a dificuldade enfrentada pelos países devido à pandemia da Covid-19 e pontuou que terá que enfrentar interesses de poderosos para conseguir dinheiro para bancar o programa.

Ele citou como proposta a diminuição de isenções tributárias e o fim dos supersalários no setor judiciário.

“Eu vou assumir o ônus. Alguém ou algum setor do Brasil vai ficar contrariado. Por exemplo, temos como proposta diminuir as isenções tributárias, o setor automobilístico com a Dilma recebeu grandes isenções e eu não estou criticando, já que foi para manter empregos e etc. Hoje os incentivos tributários que o Brasil concede são de R$ 380 bilhões ao ano que o governo deixa de arrecadar. Então vamos ter que mexer nisso, mas é claro que quando você mexe nisso, você mexe em interesses. Quando você propõe uma série de normas para acabar com o servidor público ganhando R$ 100 mil de salário por mês, não vai ser fácil, porque ninguém quer perder. Qualquer que seja a solução, vai ter que tirar dinheiro de algum lugar”, destacou.

Bittar afirmou que não é possível falar sobre o valor do benefício, mas garantiu que será acima do valor do Bolsa Família.

“O que não pode é o Brasil deixar 7 milhões de pessoas sem saber como vão se alimentar em janeiro. Queremos 300 reais, mas uma coisa é o que queremos e a outra é a possibilidade. Uma coisa que eu posso dizer é que vai começar com o valor acima do Bolsa Família”, encerrou.

Continuar lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco autoriza uso de provadores em lojas

Publicado

em

A prefeita Socorro Neri (PSB) publicou Decreto nesta quinta-feira, 26, no Diário Oficial do Estado (DOE) liberando o uso de provadores em lojas na capital.

No decreto, a Prefeitura destaca que o uso de provadores deverá seguir alguns protocolos sanitários para evitar contaminação, por exemplo, a disponibilização de álcool gel 70%, logo na entrada do vestuário.

As cabines devem ainda ser organizadas de forma a evitar aglomerações. Após cada prova, os artigos que o cliente não for comprar devem ser separados em arara identificada e devem ser utilizados ferros a vapor ou vaporizadores antes de voltarem para o estoque.

Em outro trecho, os provadores deverão ser higienizados, após o cliente fazer a prova, principalmente os puxadores, maçanetas das portas e cabideiros. Os lojistas devem ainda garantir boa ventilação na área das cabines e, quando possível, evitar o uso de ar-condicionado.

Outra medida determinada no protocolo é que, quando a loja receber devoluções de produtos, deve mantê-los em quarentena por, pelo menos, 72 horas. O decreto coloca como opção passar os itens com ferro a vapor ou usar vaporizadores, caso seja adequado ao tipo de produto, antes de disponibilizá-los aos clientes.

Por fim, as lojas terão que fixar cartazes com as seguintes orientações aos clientes:

– Respeitem a entrada de um cliente por cabine;

– Fiquem todo o tempo com a máscara;

– Separem os produtos que não forem comprar deixando em área devidamente identificada ou entregar para o vendedor;

– Higienizar as mãos com álcool a 70% de maneira adequada antes de fazer a prova das roupas.

Continuar lendo

Acre

Pacientes de Covid-19 voltam a esperar vaga para internação

Publicado

em

Foto: Júnior Aguiar 

Chegando a marcar 35.188 infectados pelo novo coronavírus, a capital acreana já sente a alta no número de novos casos em meio a uma possível segunda onda de contaminação da Covid-19 no estado. O médico Thor Dantas, que integra o Comitê de Acompanhamento Especial da doença no Acre, divulgou nesta quinta-feira, 26, dados preocupantes da pandemia.

O médico observou durante visita em quatro hospitais de Rio Branco durante a manhã um grande número de casos. “Pacientes aguardando vaga para internar”, alertou. O especialista em infectologia destacou as medidas importantes que devem ser tomadas neste momento, como: uso de máscara, evitar aglomeração e ter nojo das mãos.

“Lave sempre [as mãos] antes de levar ao rosto. Tenha “nojo das mãos” significa dizer que as mãos devem sempre ser consideradas potencialmente sujas… até serem lavadas ou passado álcool, não leve-as ao rosto”, afirma Dantas.

O Acre, até o momento, registra 97.476 notificações de contaminação pela doença, sendo que 61.927 casos foram descartados. Atualmente, 361 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.179 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 124 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas