Conecte-se agora

Não se animem com a vitória do Flamengo na Copinha

Publicado

em

Há muito tempo que a Copa São Paulo de Futebol Júnior deixou de ser apenas reveladora de jogadores para os profissionais de seus clubes, para tornar-se um grande balcão de oferta de atletas.

Com vários jogadores nas mãos de empresários (ou em busca deles), os clubes grandes não têm mais controle do futuro da garotada da base. Atualmente, é mais fácil o agente empurrá-lo para outro time, se possível no exterior, para lucrar com a venda, do que mantê-lo na equipe de formação.

No Flamengo até que isso não ocorreu de forma tão escabrosa, pelo menos com a equipe campeã da Copinha de 2011. A penúltima vez que o rubro-negro conquistou este campeonato, os destaques titulares se mantiveram no clube, mas também não avançaram muito no profissional.

O goleiro César chegou a atuar como titular. O zagueiro Frauches não deu certo na elite rubro-negra, assim como o volante Muralha.

Rafinha e Adryan talvez tenham sido as apostas mais altas entre os que venceram a Copinha de 2011 e foram parar no time profissional do Flamengo. A insistência foi grande nestes dois jogadores, até caírem no esquecimento. Negueba foi outro que não se firmou – depois de tirar a paciência da torcida.

Nenhum deles integra hoje o plantel do Flamengo, com exceção do goleiro César, mas que não é titular da equipe – foram buscar um atleta de fora para a posição.

Pode se pensar que já se passou cinco anos daquela conquista de 2011, e seria natural não contar mais com esses atletas vitoriosos em meio ao troca-troca permanente de jogadores vivido pelo futebol brasileiro – mas todos eles eram jovens promessas à época e espanta a debandada geral.

Parte deles atuou na seleção brasileira de base, que é muito mais interessante como experiência do que a Copinha. O problema é que não ganharam nada de significativo pelo Brasil – aliás, as seleções de base não conquistam algo de relevante há anos (excetuando torneios e competições de segundo escalão), revelando o fracasso do modelo atual de formação de atletas no País.

A torcida do Flamengo faz votos que os campeões da Copinha 2016, incluindo as revelações Léo Duarte (zagueiro), Ronaldo (volante), Lucas Paquetá (meia), Felipe Vizeu (atacante) e Matheus Sávio (atacante), se sobressaiam mais na Gávea do que os campeões anteriores da Copinha.

O rubro-negro investiu pesado nos atletas vencedores da Copinha 2011, essencialmente por conta da política do clube de conter gastos na contratação de atletas para o profissional, aproveitando-se de talentos da base.

Deve tentar adotar a mesma política agora, se a paciência do técnico Muricy Ramalho deixar.

Mas é bom lembrar que no passado recente, a prática apresentou resultados aquém do esperado.

 

 

Propaganda

Cotidiano

Federação e clubes definem tabela do segundo turno do Campeonato Acreano 2019

Publicado

em

FOTO: MANOEL FAÇANHA

Na próxima quinta-feira, 21, na Arena da Floresta, às 19 horas, Galvez e Atlético Acreano entram em campo em busca do título do primeiro turno do Campeonato Acreano 2019. Como não há vantagens e a decisão é em jogo único, terminando empatada a partida, a decisão vai para os pênaltis.

E o torcedor não vai ter nem tempo de perder o campeonato de vista. No sábado, já começa o segundo turno da competição com a realização de dois jogos no Florestão. Um dia depois, já acontece, na Arena da Floresta, o fechamento da primeira rodada.

Após a rodada inicial, a tabela do campeonato apresenta novidades nesse segundo turno. Para cumprir com o calendário e liberar os represantes acreanos para as competições nacionais em tempo hábil, acontecerão três rodadas ao longo da semana. A final do segundo turno está marcada para o dia 16 de abril.

Uma outra novidade na tabela são os dias da decisão do campeonato. Para fugir da concorrência do futebol na televisão, as finais do Campeonato Acreano 2019 serão disputadas nos dias 19 e 22 de abril, uma sexta e uma segunda-feira, respectivamente.

Confira a tabela:

FOTO DA TABELA: DUAINE RODRIGUES

Continuar lendo

Cotidiano

Atlético e Galvez vão fazer a final do 1° turno do Campeonato Acreano 2019

Publicado

em

FOTO: MANOEL FAÇANHA

Depois do Atlético Acreano ter conseguido a vaga para final, Galvez e Plácido de Castro entraram em campo na Arena da Floresta em busca do outro lugar na decisão.

Em um primeiro tempo bastante disputado, a emoção ficou para o final. Em dois minutos, aos 45 e aos 46, Ciel e Adriano marcaram e o Imperador foi para o intervalo vencendo por 2 a 0.

Na segunda etapa, Plácido de Castro correu atrás do prejuízo e diminuiu, aos sete minutos, com Ismael em cobrança de pênalti. Leandro, aos 22, deixou tudo igual.

Só que três minutos depois, Adriano fez o segundo dele e deu números finais à partida. Vitória e classificação do Imperador.

A final do primeiro turno do Campeonato Acreano 2019 acontece na próxima quinta-feira, às 19 horas, na Arena da Floresta entre Atlético Acreano e Galvez.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.