Conecte-se agora

Comando de greve reapresenta pauta ao governo para negociar

Publicado

em

Professores e funcionários das escolas mantidas pelo Governo do Acre podem não estar na escola quando as aulas forem retomadas, na data provável de 15 de fevereiro. Na antevéspera do ano letivo, a categoria irá votar o indicativo de greve geral,

O Comando de Greve, juntamente com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteac), decidiu retomar as mobilizações em todas as instituições de ensino e fortalecer os conselhos escolares para acompanhar a funcionalidade da educação pública.

A pauta de reivindicações é a mesma que resultou na greve de 65 dias em 2015, com alguns acréscimos (veja abaixo). O Sinteac informou à Secretaria Estadual de Educação (SEE) sobre a necessidade de o governo apresentar soluções que atendam as cláusulas financeiras e sociais da pauta de negociações. A equipe econômica do governador Tião Viana mantém a promessa de conceder reajustes apenas em 2017. A proposta será debatida na assembléia geral.

“Chegamos à metade de janeiro e temos mais quinze dias de fevereiro para ouvirmos o governo. Queremos mais transparência nessas medidas duras para fechar escolas e a substituição dos vigias por computadores. Nossa pauta atende toda a categoria nas demandas mais urgentes e estamos cobrando a correção das perdas salariais e o reenquadramento escalonado dos servidores da educação”, destacou a presidente do Sinteac, Rosana Nascimento.
Veja a pauta de reivindicações dos trabalhadores em educação.

1 – VDP de 2015 dos professores

2 – Aposentadoria das professoras na última referência (conforme já conversado anteriormente e acordado com o governo em dezembro de 2014)

3 – Piso dos funcionários profissionalizados (equivalente ao piso do Magistério)

4 – Equiparação de provisórios e efetivos

5 – Carreira dos técnicos concursados

6 – Lei de Gestão Democrática

· O SINTEAC está desde 2013 buscando a reformulação da Lei de Gestão e a inclusão dos funcionários de escola e outros postos fundamentais já apresentados anteriormente

7 – Licença-prêmio
· Construir um calendário de liberação das licenças por município

8 – Reordenamento e fechamento de escolas
· O Sinteac tem interesse em discutir esse assunto de forma que não ocasione danos aos direitos dos trabalhadores, tampouco ao rendimento dos alunos.

9 – Terceirização
· O Sinteac está preocupado com a situação dos terceirizados e o atraso constante de salários. Queremos construir mecanismos que obriguem as empresas a pagar em dia os direitos dos trabalhadores.

10 – Segurança nas escolas
· A SEE criou o sistema de vigilância eletrônica nas escolas . Os vigias foram prejudicados com a substituição por máquinas. Além disso, o novo método não tem intimidado os bandidos e a onda de violência permanece preocupante.

11 – Vigias
· Esses trabalhadores têm sido prejudicados ao serem retirados de suas funções, perdendo a sua carga horária de 36 horas, inclusive para efeito de aposentadoria.

12 – 50% da VDP sem utilizar os critérios de pagamento em março

13 – Saúde do trabalhador
· Iniciar o atendimento nas especialidades de Fonoaudiologia, Psicologia, Psiquiatria e Oftalmologia (conforme acertado na data-base de 2014)

14 – Reenquadramento de professores e funcionários (considerando que o reenquadramento no ato da aposentadoria tem causado prejuízo ao Acre Previdência, por não haver contribuição. Além disso, o reconhecimento desse direito irá auxiliar na valorização profissional)
A – Reenquadrar os professores e funcionários que foram prejudicados na implantação do PCCR (lembrando que até há trabalhadores sendo prejudicados em suas referências por conta de um erro na implantação do PCCR, uma vez que eles já estavam na carreira)
B – Reenquadrar os professores que formaram após a implantação do PCCR

15- Criar a tabela dos técnicos profissionalizados
· Na reformulação do PCRR em 2014 faltou a tabela desses profissionais, prejudicando os concursados de 2005

16 – Piso dos profissionalizados (Esses trabalhadores já são considerados profissionais da educação, conforme artigo 61 da LDB. Sendo, assim, devem ser contemplados com o piso equivalente ao do Magistério)
17 – Resolver o problema dos coordenadores administrativos e secretários escolares
A – Pagamento da sexta-parte e retroativo
B – Desconto da contribuição sindical
C – Pagar a diferença do décimo-terceiro salário

18 – Correção da tabela dos administrativos (lembrando que em 2009 houve uma junção das letras “a” com a “B” e da “C” com a “D”, o que resultou no encolhimento da tabela em oito referências. Isto está ocasionando prejuízo aos funcionários.

19 – Provisórios
Equiparação dos salários dos provisórios com os dos efetivos, sendo esta uma reivindicação bastante antiga
20 – Concurso para efetivar professores e funcionários profissionalizados (técnicos em processos escolares).
· Importante ressaltar que muitos desses trabalhadores já faleceram e outros passaram à inatividade e novas vagas são abertas em consequência da construção de novas escolas na rede estadual

21 – 30% da receita própria do estado para a Educação
· Ressalte-se a necessidade de esses recursos serem exclusivamente destinados aos investimentos na rede pública de ensino

22 – Criar Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAS) nas escolas
23 – Reordenamento escolar
· É urgente que a comunidade escolar seja ouvida antes de medidas como, por exemplo, o fechamento de escolas

24 – Correção dos pisos na carreira, tendo como base de cálculo o piso do Magistério
· Professores de nível superior (acréscimo de 50% do piso do Magistério no atual piso de carreira)

· Professores de licenciatura curta (85% do licenciado)

· Professores P S com bachalerado (90% do licenciado)

· Professores P S sem magistério (70% do magistério)

· Funcionários com nível superior (90% do nível superior de professor)

· Funcionários com nível médio regular (90% do piso do Magistério)

· Funcionário de Ensino Fundamental (70% do piso do Magistério)

Anúncios

Cotidiano

Encontro virtual da Embrapa e Ufac debate plantas alimentícias não convencionais no Acre

Publicado

em

Discutir e apresentar as últimas novidades de estudos e pesquisas em botânica, etnobotânica e agrobiodiversidade no Acre são os objetivos da live promovida pela Embrapa Acre e a Universidade Federal do Acre (Ufac).

O evento, ao vivo, acontece na próxima segunda-feira, dia 28, às 21 horas (horário de Brasília), no canal da Embrapa no Youtube.

Segundo Amauri Siviero, pesquisador da Embrapa Acre, a ideia é debater os conceitos de etnobotânica, o estado da arte em botânica com destaque para as coletas, recursos humanos, publicações e a riqueza em agrobiodiversidade no Acre, incluindo as Plantas Alimentícias Não Convencionais, as famosas Panc.

Além de Siviero, estarão presentes Almecina Balbino e Marcos Silveira, docentes da Ufac, Édson Furtado e Lin Chau Ming, docentes da Unesp, e Moacir Haverroth, pesquisador da Embrapa Acre.

O evento faz parte das ações do projeto ‘Conhecimento Compartilhado para Gestão Territorial Local na Amazônia – TERRAMZ’, componente do Projeto Integrado da Amazônia, financiado pelo Fundo Amazônia e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em cooperação com o Ministério do Meio Ambiente.

Durante a live, será lançada a versão impressa do livro “Etnobotânica e Botânica Econômica do Acre”, fruto da parceria entre entre a Editora da Ufac (Edufac) e a Embrapa Acre.

Destinado a pesquisadores, técnicos e administradores de projetos que trabalham com povos tradicionais e gestão ambiental, a obra pretende fomentar debates técnicos e subsidiar políticas públicas regionais com foco na valorização do conhecimento tradicional e desenvolvimento local.

Continuar lendo

Cotidiano

Operação Verde Brasil prendeu 4 pessoas e autuou 17 no Acre, Amazônas e Rondônia

Publicado

em

Em apoio às ações do Comando Conjunto Amazônia, o 9º Distrito Naval realizou ações de inspeção e patrulha naval em diversos rios dos estados do Amazonas, Acre e Rondônia, em apoio a agentes.

Simultaneamente, diz o Ministério da Defesa, ocorreram ações preventivas de combate a incêndios florestais e queimadas, abrangendo várias localidades dos estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia.

Nesse contexto, inspecionaram e vistoriam 94 embarcações, das quais quatro foram apreendidas e 17 autuadas, além da revista de 1.147 veículos.

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pelo Ministério da Defesa. Está no escopo do Conselho Nacional da Amazônia (CNA), conselho regulado pela Vice-Presidência da República em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal.

A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020. Em 9 de julho, a GLO foi renovada até 6 de novembro, por meio do decreto presidencial 10.421.

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Branco e Atlético entram em campo neste sábado pelo Brasileirão da Série D

Publicado

em

Dois dos três clubes que representam o Acre no Campeonato Brasileiro da Série D estarão em campo neste sábado, 25. Em casa, na Arena Acreana, às 17 horas, o Atlético vai enfrentar o Bragantino (PA), após empatar fora de casa com o Ji-Paraná (RO) em 1 a 1.

A partida vai marcar a estreia do treinador Everton Goiano como comandante do banco de reservas do Galo Carijó, Everton conhece bem o futebol acreano, já que treinou o Rio Branco no ano de 2013.

Falando em Estrelão, neste sábado, o Rio Branco encara o Fast Clube, em Manaus, pela segunda rodada. As duas equipes venceram na estreia da competição.

Apesar da diretoria do Rio Branco ter anunciado a chegada de cinco reforços para a equipe, os jogadores não foram regularizados e ainda não estarão disponíveis para serem usados pelo técnico Celso Teixeira.

A partida, que será disputada no estádio da Colina, em Manaus, acontece a partir das 17 horas.

O Galvez, atual campeão acreano, e terceiro representante do Acre na competição, entra em campo neste domingo, 27, contra o Independente do Pará. A partida será disputada no estádio Navegantão, em Tucuruí, interior paraense.

Continuar lendo

Cotidiano

Um dos carros roubados de família em chácara é encontrado abandonado no Bujari

Publicado

em

Um dos veículos roubados durante assalto ocorrido a uma família que estava numa chácara na região do Calafate, na noite dessa quinta-feira, 24, em Rio Branco, foi localizado pela polícia. O carro, modelo Fiat Palio de cor prata, placa QLU-8910, foi encontrado abandonado no município do Bujari na manhã desta sexta-feira (25).

A área onde o carro estava foi isolada para os trabalhos de perícia e em seguida o veículo foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para ser restituído ao proprietário.

A polícia acredita que os outros dois veículos podem ter passado a fronteira e podem está na Bolívia por se tratar de carros de luxo, pois a última vez que os veículos Hilux de cor preta de Placa NAA-5000 foi visto foi por volta das 22h53min na Via Verde e o veículo modelo Corolla de cor prata QLY-9749, por volta das 23h53min, na Avenida Amadeo Barbosa.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas