Conecte-se agora

Romário: de independente a rabo preso

Publicado

em

Em meio à citação de possível conta bancária de Romário no exterior, nas conversas gravadas que levaram Delcídio Amaral à prisão, a pergunta que fica é quem vazou à Veja um extrato mostrando suposta manutenção de dinheiro do Baixinho na Suíça.

Uma comprovação do BSI da inexistência da conta foi a salvaguarda para Romário fazer uma foto a beira de um lago naquele país, debochando da revista. Mas o documento pode ser falso.

Pelas gravações do áudio feitas pelo filho de Nestor Cerveró, o delator-mor da Lava jato, o senador cita suposto acordo de Romário com Eduardo Paes para apoiar o seu secretário Pedro Paulo de Carvalho, à prefeitura do Rio, na eleição do ano que vem.

O banco suíço BSI é desde 2014 do BTG Pactual, do André Esteves, preso no mesmo dia em que Delcídio e por motivo semelhante: obstrução às investigações da Lava Jato. O irmão do prefeito do Rio, Guilherme Paes, é sócio do BTG Pactual.

Romário seria preservado da denúncia da Veja com uma comprovação do BSI negando a conta na Suíça. Em troca, se afastaria da candidatura à prefeitura.

Na época da matéria da Veja sobre o extrato de Romário (julho), a maior suspeita de ter vazado a conta no exterior do ex-craque era a CBF, inimiga número um do senador que preside uma CPI no Senado contra a entidade (e criada pouco antes da matéria da revista).

Romário agora afirma que manteve conta no BSI, mas foi no período que atuava como jogador.

O Baixinho ficou conhecido pela postura independente no Senado, nem sempre seguindo posição de seu partido, PSB, sobre temas relevantes.

A CPI do Futebol foi o caminho encontrado por ele para tentar derrubar cartolas da CBF – a criação veio logo após a prisão do ex-presidente da entidade, José Maria Marin, no caso FIFA investigado pela FBI.

Agora, a comissão investiga a fundo contratos com patrocinador para saber se o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, se beneficiou dele.

Isso é uma ponta. A outra é dos acordos de transmissão da TV Globo com a entidade que, curiosamente, ainda não saiu uma mísera divulgação, investigação ou requerimento.

A CPI do Futebol, prorrogada até o meio do ano que vem, por certo não sobreviverá aos solavancos de seu presidente Romário – e o seu resultado será mais uma peça incompleta do Congresso.

Com tudo isso, Romário vai aos poucos ficando de rabo preso aqui e acolá. Até que um dia cai na vala comum, como tanto outros colegas parlamentares.

 

Propaganda

Destaque 6

No centenário do RBFC, diretoria diz que entra em 2020 sem dívidas

Publicado

em

O aniversário de 100 anos do Rio Branco praticamente não teve esta nem evento marcante neste sábado, 8 de junho, mas a diretoria publicou nota em que afirma que o clube começará o ano de 2020 sem dívidas. A nota reconhece o momento difícil, mas projeta futuro melhor. “Uma nova era se inicia, com um Rio Branco mais organizado e com mais investimentos. Retomaremos, enfim, o caminho das glórias do nosso passado, olhando para um glorioso futuro que nos espera”, diz a diretoria do Estrelão.

Leia:

CENTENÁRIO: UMA NOVA ERA!

Na noite do dia 8 de junho de 1919, dezesseis nobres senhores da sociedade acreana se reuniam no antigo Eden Cine Theatro, atual Cine Teatro Recreio, na Gameleira, sob organização do advogado Luiz Mestrinho Filho, para fundar aquele que se tornaria o maior clube do Estado do Acre. Nascia o Rio Branco Football Club.

Nesses 100 anos de história, muitas glórias. 46 estaduais, 3 Copas da Amazônia e o primeiro campeão do Norte. O primeiro clube da região Norte a disputar uma competição sulamericana e o clube da região com a segunda melhor campanha na Copa do Brasil.

Mas nos últimos anos, uma crise que parecia infinita se instalou. Sofremos. E como sofremos. Não era assim que queríamos comemorar esta data. Mas nesse Centenário, tivemos de cometer sacrifícios para chegar neste dia especial e informar que, finalmente, conseguimos sair dessa crise e equilibrar nossas contas. Começaremos 2020 sem dívidas! Uma nova era se inicia, com um Rio Branco mais organizado e com mais investimentos. Retomaremos, enfim, o caminho das glórias do nosso passado, olhando para um glorioso futuro que nos espera.

Viva o passado! Viva o futuro!

Viva o Rio Branco Football Club!

Continuar lendo

Destaque 3

Atlético só empata e volta a decepcionar seu torcedor no campeonato brasileiro

Publicado

em

O Atlético Acreano empatou pela terceira vez jogando em casa na série C do Brasileirão. Na tarde deste sábado, 9, no Estádio Florestão, o Galo Carijó não saiu de um empate contra o Paysandu.

Mesmo com um jogador a mais desde os 10 minutos do primeiro tempo após a expulsão de Marco Antonio, e saído na frente com gol de Joel, o time acreano não teve competência para segurar a vitória.

O empate em 1 a 1 mantem o Atlético na ultima colocação de seu grupo com apenas 4 pontos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.