Conecte-se agora

Del Nero e Cunha: dois moribundos no poder

Publicado

em

Marco Polo Del Nero e Eduardo Cunha, sem que quisessem, deram esses dias passos rápidos rumo ao cadafalso. Com a credibilidade de uma nota de três reais, eles se tornaram dois moribundos no poder.

Del Nero, presidente da CBF, teve negado pelo STF habeas corpus preventivo para que se mantivesse calado ou não fosse preso, caso comparecesse à CPI do Futebol. Detalhe: ele ainda não foi convocado oficialmente pelo colegiado, devendo ocorrer só em 2016.

Tamanha prudência do cartola expõe as reduzidas probabilidades da bancada da bola do Congresso lhe salvar e impedir seu indiciamento ao final dos trabalhos da comissão – ou mesmo antes.

Não é a primeira vez que Del Nero tenta no STF barrar ação da CPI. Em agosto, entrou com um pedido no Supremo para evitar a quebra de seus sigilos fiscal e bancário, mas não deu certo – a comissão já pode ter esses dados em mãos.

A manobra de Cunha, presidente da Câmara, de abrir sessão no plenário para esvaziar o Conselho de Ética da casa que, no mesmo instante, analisava processo contra ele, foi seguido de manifestações indignadas de parlamentares – as mais contundentes contra Cunha desde que foram encontradas contas na Suíça não declaradas do nobre deputado (ou geridas por ele).

Sustentado por um persistente grupo de deputados eleitos sob seu guarda-chuva, Cunha se movimenta para ganhar tempo, mas foi abandonado por uma parcela que queria usá-lo como escada para derrubar Dilma – e que poderia ser fração importante de sustentação de seu mandato, neste momento.

Em meio ao jogo de interesses na Câmara, o grande problema de Cunha está no STF, onde poderá passar de acusado à condição de réu, até o final do ano, por ter recebido propina de US$ 5 milhões – e é nessa instância que sua agonia parece mortal, pois inviabiliza sua permanência na presidência da casa.

O presidente da CBF, nem em jogos da seleção no Brasil aparece mais. Nesta semana, contra o Peru, em Salvador (BA), pelas Eliminatórias da Copa, não deu as caras. Ele era onipresente em festas e eventos do futebol, aqui e no exterior, onde a mordomia corria solta. Agora vive quase recluso.

Não viaja para fora desde maio, quando antes fazia isso pelo menos uma vez ao mês, por medo de ser preso e extraditado.

Nas investigações que o FBI vem conduzindo sobre propinas em diversos contratos de direitos de transmissão (Alô TV Globo, quando virá satisfação à sociedade sobre seus acordos investigados) e patrocinadores no futebol – e que acabou levando à prisão e depois à detenção domiciliar, o ex-presidente da CBF José Maria Marin -, Del Nero é tido como nome certo na lista de envolvidos no chamado “caso FIFA”, elaborada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Aos poucos, vão se cristalizando as denúncias contra Eduardo Cunha e Marco Polo Del Nero. Com seus parceiros de ocasião e grupos de interesse os abandonando, restarão a ambos descer do trono onde se consideravam inalcançáveis.

Propaganda

Cotidiano

Campeonato Acreano: Rio Branco e Galvez vencem os primeiros jogos de abertura

Publicado

em

O Campeonato Acreano 2019 começou neste domingo (20), com dois jogos no Estádio Florestão. O Rio Branco derrotou o Nauas, de Cruzeiro do Sul, por 2 a 1, e o Galvez venceu o Independência por 2 a 0.

São dez times na série principal do Estadual. Eles estão divididos em dois grupos de cinco. No primeiro turno, os clubes jogam contra adversários da outra chave; os dois melhores de cada um deles avançam para as semifinais; depois, final. No segundo turno, as equipes atuam dentro do grupo; depois, o regulamento se repete. Ao final dos turnos, quem somar menos pontos estará rebaixado.

Continuar lendo

Cotidiano

Cronista de São Paulo chama de “esculhambação” drama do Galvez na Copinha

Publicado

em

O cronista Marcio Bernardes, do portal Cidade On, de Ribeirão Preto, fez duras críticas ao que chamou de “esculhambação” a ida do Galvez à Copa São Paulo de Futebol Júnior sem o dinheiro das passagens de volta. “Essa esculhambação de uma equipe vir do norte do país sem a garantia das passagens de volta tem de ser melhor administrada. E esse não foi um caso isolado. O Vasco da Gama socorreu alguns meninos do Carajás, do Pará, que não tinham nem chuteiras para enfrentar o próprio Vasco”, relata Bernardes. Ele responsabiliza a Confederação Brasileira de Futebol por esses problemas.

Veja a coluna de Marcio Bernardes na Cidade ON:

Não ter dinheiro para voltar ao Acre mostra irresponsabilidade

A história envolvendo os garotos do Galvez, que vieram para São Paulo disputar a Copinha, pode ser reverenciada e oferece razões para algumas reflexões.

Não ter dinheiro para pagar as passagens de volta para o Acre mostra a irresponsabilidade dos dirigentes e autoridades de Rio Branco. Afinal, a equipe veio representar o estado do norte.

A interferência do Palmeiras foi humana e elogiável. O Verdão podia ajudar, tinha condições para isso e fez a sua parte em gesto de fraternidade. O episódio poderia terminar tragicamente. E a história acabou alegremente com a visita dos garotos ao CT do Palmeiras e ao Allianz Parque.

A Copa São Paulo é uma competição singular e aproveita as férias do futebol profissional brasileiro para colocar na vitrine futuras estrelas. Tá certo que antigamente, valorizava-se muito mais a Copinha, muitas televisões transmitiam as partidas e dezenas de craques eram revelados.

Essa esculhambação de uma equipe vir do norte do país sem a garantia das passagens de volta tem de ser melhor administrada. E esse não foi um caso isolado. O Vasco da Gama socorreu alguns meninos do Carajás, do Pará, que não tinham nem chuteiras para enfrentar o próprio Vasco.

No passado muitos fatos terríveis foram relatados. Isso mostra que o futebol brasileiro não é exatamente essa festa que pretendem aparentar a CBF e algumas federações estaduais. Tire o glamour da Série A do Brasileiro e algumas outras competições. A sobra, isso mesmo, sobra, vai nos mostrar que milhares de jogadores não tem nenhuma infraestrutura para jogar. Os salários são caloteados e as condições expõem o ser humano e atleta.

O torcedor dos grandes centros precisa se conscientizar que há muitos problemas além do horizonte. E as discussões entre governo, dirigentes, sindicatos de jogadores, técnicos e árbitros, precisam apresentar sugestões para uma melhora desse quadro.

Temporada 2019

Algumas equipes estão se reforçando e animando seus torcedores. Flamengo, São Paulo e Palmeiras querem o protagonismo em 2019. Tomara que seja mesmo uma boa temporada.

Continuar lendo

Cotidiano

Galvez perde por 3 a 0 do Palmeiras e está eliminado da Copa São Paulo de Futebol Júnior

Publicado

em

O Galvez perdeu neste domingo (13) para o Palmeiras por 3 a 0 e está fora da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Todos os gols foram marcados no primeiro tempo. Nos 45 minutos finais, o Palmeiras apenas administrou a vantagem diante de um Galvez que se esforçou, mas não exigiu muito do time paulista.

A campanha do time acreano é considerada histórica para as categorias de base do futebol local. De outro lado, o técnico Oziel reclamou em rede nacional de televisão da falta de dinheiro para o time retornar a Rio Branco.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.