Conecte-se agora

Rio Branco FC leva três gols do Ypiranga e é eliminado da Série D no Rio Grande do Sul

Publicado

em

O sonho do Rio Branco de retornar, a partir do próximo ano à disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, acabou interrompido na tarde de ontem (4), no estádio Colosso da Lagoa, na cidade de Erechim-RS, quando o bicampeão acreano caiu para o Ypiranga-RS por 3 a 0, no jogo da volta das oitavas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D.

O zagueiro Martinez divide lance com o atacante João Paulo. Foto: Edson Castro.

O zagueiro Martinez divide lance com o atacante João Paulo. Foto: Edson Castro.

Com a eliminação do torneio nacional, o departamento de futebol profissional do clube ganha férias. O retorno às atividades ocorre somente no mês de janeiro para o período de pré-temporada visando às disputas das copas Verde e Brasil, além do Campeonato Acreano. No entanto, antes, no mês de dezembro, ocorre a sucessão eleitoral no clube.

VEJA OS CONFRONTOS

São Caetano-SP x Botafogo-SP
Ypiranga-RS x Caldense-MG
Lajeadense-RS x River-PI
Remo-PA x Operário-PR

JOGO

Mesmo necessitando da vitória para avançar de fase, o Rio Branco fez pouco para merecer a classificação.

Nos primeiros minutos de partida, o Ypiranga foi o senhor das ações. Aos 4’, após cruzamento na área, Pedro Balú tira a bola em cima da linha e salva o Rio Branco.

O volante Joel tenta interromper avanço da equipe do Ypiranga-RS. Foto: Edson Castro.

O volante Joel tenta interromper avanço da equipe do Ypiranga-RS. Foto: Edson Castro.

Dez minutos depois, Jean Paulo desce em velocidade e finaliza a gol, mas o goleiro Ricardo Vilar salva o Rio Branco. Quatro minutos mais tarde, Jean Paulo passa pelo zagueiro Carciano e finaliza, mas o goleiro do Alvirrubro volta a salvar.

Aos 21’, o Rio Branco fica com um jogador a menos em campo. Felipe Recife acerta um pisão em seu adversário e é expulso de campo.

No jogo aéreo, o zagueiro Martinez corta mais uma investida do time canarinho. Foto: Edson Castro.

No jogo aéreo, o zagueiro Martinez corta mais uma investida do time canarinho. Foto: Edson Castro.

O Ypiranga, que já domina a partida, não demora em abrir o placar. Em jogada individual, João Paulo entra pelo meio e finaliza no canto do goleiro Ricardo Vilar. Gol!

Antes do final do primeiro tempo, Edson Júnior promoveu duas mudanças no Rio Branco. O treinador sacou Joel e Willian Saroa e colocou em campo Robinho e Charles Chenko, respectivamente, em campo.

O volante Joel tenta segurar avanço do ataque canarinho. Foto: Edson Castro

O volante Joel tenta segurar avanço do ataque canarinho. Foto: Edson Castro

Nos acréscimos, o Ypiranga amplia a vantagem. Saldanha cruza na área e Diego Miranda cabeceia para o fundo das redes.

No minuto seguinte, o Ypiranga teve a oportunidade de marcar o terceiro, desta vez com Saldanha, mas o zagueiro Carciano salva o Estrelão.

Ypiranga mata o jogo

Para a segunda etapa, o Rio Branco vai para o tudo ou nada e inicia oferecendo perigo a meta do goleiro Carlão. Aos nove minutos, Wellington Tindurim recebe dentro da área e finaliza, mas a bola vai para fora. Dois minutos mais tarde, Jean Carlos cruzou na área e Robinho chega atrasado no lance, perdendo a oportunidade de descontar para o Estrelão.

O lateral direito Pedro Balu marca de perto o ataque do time canarinho. Foto: Edson Castro

O lateral direito Pedro Balu marca de perto o ataque do time canarinho. Foto: Edson Castro

Após os sustos, o Ypiranga-RS resolve ir ao ataque. Aos 13’, o setor defensivo do Rio Branco falha e a bola sobra para Laerte, que desperdiça a chance de marcar o terceiro gol do time da casa. Três minutos depois, Diego Miranda lança Saldanha, que desperdiça nova oportunidade para o clube gaúcho. Aos 22’, João Paulo finaliza a gol, mas Martinez salva o Estrelão.

Aos 27’, o Ypiranga conseguiu chegar ao terceiro gol. Branquinho entrou na área e tocou para João Paulo, que driblou o goleiro Ricardo Vilar e tocou para o fundo das redes.

Apesar da vantagem em campo, o Ypiranga acaba perdendo um jogador. Robson faz falta dura em Charles Chenko e é expulso, aos 31’.

Ficha Técnica

Ypiranga-RS 3 x 0 Rio Branco

Local: Colosso da Lagoa (em Erechim-RS);

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ);

Assistentes: Wendel de Paiva Gouveia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ);

Gols: João Paulo aos 32’ e Diego Miranda aos 46’ do 1º; João Paulo aos 27’ do 2º

Cartões amarelos: Costa e Gustavo (Ypiranga-RS); Jean Carlos e Robinho (Rio Branco);

Expulsões: Robson (Ypiranga-RS); Felipe Recife (Rio Branco);

Ypiranga-RS

Carlão; Jucemar, Claudinho, Fernando e Laerte (Gustavo); Costa, Robson, Diego Miranda e João Paulo; Jean Paulo (Branquinho) e Saldanha. Técnico: Leocir Dall’Astra.

Rio Branco

Ricardo Vilar; Pedro Balú, Martinez, Carciano e Léo (Tharle); Felipe Recife, Joel (Robinho) e Jean Carlos; Wellington Tindurim, Dudu Mandai e Wilian Saroa (Charles Chenko). Técnico: Edson Júnior.

 

Propaganda

Destaque Direita 01

Nil se reúne com comunidades de Porto Acre e frisa investimentos

Publicado

em

Conhecido por seu potencial produtivo, o município de Porto Acre deve receber R$ 6 milhões de investimentos nas cadeias produtivas como a suinocultura, a bacia leiteira, a castanha, a borracha e a fruticultura. Foi o que explicou Nil Figueiredo, gestor da Seaprof, durante visitas às comunidades das vilas do V e Caquetá.

5f701be7-fffd-4ccf-9c02-dc62516339fc

“Além dos investimentos, um diferencial é a assistência técnica que vão receber. São recursos capazes de transformar a realidade dos produtores familiares aqui da Vila do V”, destaca Figueiredo.

Porto Acre tem no campo a principal fonte de geração de renda de sua economia. Estima-se que das mais de 16 mil pessoas que moram no município, 80% viva na zona rural.

Geraldo Amarante, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que representa mais de três mil produtores, afirma que saiu satisfeito do encontro. “Precisamos muito desse apoio do governo. Acredito que todos os produtores estão satisfeitos com o que ouviram aqui.”

Opinião compartilhada pelo presidente da Associação de Produtores São Francisco, Marlírio Magalhães. “Essa reunião é muito boa para que a gente conheça quais são os investimentos e possa decidir o que é melhor pra nossa comunidade.”

As principais culturas produtivas do município são o plantio de banana e mandioca.

Além da Vila do V, a comunidade do Caquetá e o escritório da Seaprof na cidade de Porto Acre também realizaram reunião com produtores familiares.

Continuar lendo

Destaque Direita 01

Gladson Cameli diz que calúnia e injúria são armas da ignorância

Publicado

em

O senador Gladson Cameli (PP-AC) repudiou através de sua página no facebook os ataques sofridos pela deputada estadual Eliane Sinhasique. Ele falou do respeito e admiração que tem pela mulher, mãe, amiga e guerreira Eliane Sinhasique.

“Sinto-me no direito e no dever de manifestar meu repúdio e solidarizar-me com a parlamentar e seus familiares devido a atitude do militante do Partido dos Trabalhadores, que de maneira sórdida e preconceituosa ofendeu sua dignidade e honra”, escreveu.

Ainda de acordo Cameli, “a calúnia e a injúria são armas da ignorância”, para ele, o ato do petista envergonha o estado de direito e as pessoas de bem do Acre.

Ao lembrar que sofreu ataques durante as eleições de 2014, Cameli disse que o debate acalorado faz parte da política partidária, desde que respeitem os limites ideológicos de cada um.

“Certamente, a sociedade, em especial as bravas mulheres que representam o poder público acriano, estão unidas com Eline Sinhasique, resguardando seus direito de liberdade e expressão, tão bem representados em sua bem sucedida trajetória de vida”, concluiu.

Continuar lendo

Destaque Direita 01

PSDB lança pré-candidatos em Assis Brasil e Brasiléia

Publicado

em

O auditório do Centro Cultural Sebastião Dantas, em Brasileia, ficou lotado para prestigiar o lançamento da pré-candidatura do empresário Manoel Prete, à prefeitura da cidade.

bb107cf0-750e-4ec1-a94d-c87a6792456e

O nome de Prete foi oficializado pelo presidente regional do PSDB, deputado federal Major Rocha, em evento realizado na sexta-feira, 20,  que contou ainda com a presença do presidente do Instituto Teotônio Vilela, Marcio Bittar, Regina Norma (PSDB Mulher), Renë Fontes (JPSDB) e Marfisa Galvão, representando o senador Sérgio Petecão.

Manoel Prete agradeceu aos políticos de Brasileia que referendaram seu nome como pré-candidato à Prefeitura , e fez um breve relato de como conduz suas empresas. “A transparência deve ser uma constante em nossa vida, seja empresarial ou política. Mas quando lidamos com o dinheiro público, fruto dos impostos pagos pelo cidadão, o trato com a coisa pública deve ser  potencializado, para garantir melhorias para a cidade”, destacou Prete.

AGENDA EM ASSIS BRASIL

O Clube do Miranda foi pequeno para acomodar o público que compareceu ao evento organizado pelo pré-candidato a prefeito Antonio Barbosa, o Zum, no sábado (21), em Assis Brasil.

9019b89e-1aa7-4e1f-ac8a-9d35b71f91a2

Em suas palavras, Zum destacou as diferenças da Administração Pública no final da década de 80, quando foi prefeito de Assis Brasil (de 89 a 92), e os dias atuais.

“Naquela época não havia BR asfaltada, internet, a telefonia era precária, a inflação era galopante, acumulando ao ano 2.750%, fazendo obrigatório reajustar salários dos servidores toda vez que chegasse a 40%. E trabalhamos, eu e minha equipe, buscando trazer melhorias para Assis Brasil. Hoje é inadmissível o assis-brasiliense ter que ir a Brasileira tirar um CPF e fazer exames laboratoriais em Rio Branco. Os avanços nestas duas décadas, iniciados com o Plano Real, exigem uma administração Pública eficiente e responsável’, destacou Zum.

“A escolha de Zum como pré-candidato à prefeitura de Assis Brasil só me trouxe mais disposição para trabalhar dobrado por esta cidade”, disse Major Rocha.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.