Conecte-se agora

Sebastião Viana resolve cortar o ponto de professores em greve

Publicado

em

O secretário de Educação do Estado, Marcos Brandão, anunciou na manhã desta segunda-feira, 27, em coletiva na Casa Rosada, que a partir de agora os professores que continuarem em greve terão seus salários cortados.

Brandão disse ainda que em todo momento o governo buscou dialogar com a categoria, ao contrário do que diz o comando da greve, que reclama da falta de diálogo.

O secretário informou ainda que a decisão foi tomada por “via legal”, apesar da greve não ter sido declarada ilegal pela Justiça, como tenta fazer parecer o governo.

“Nós decidimos por via legal que a partir de agora a Secretária de Educação estará suspendendo os vencimentos dos professores em greve. Nós lembramos que em todos os momentos nós buscamos o diálogo para não chegar a esse ponto.”

O secretário ainda acrescentou que “a greve é legítima, mas também é legítimo pensar que quem trabalha recebe e quem não trabalha não recebe”.

Ao comentar sobre a manifestação dos professores, ontem na cavalgada, Brandão considerou o ato desrespeitoso e disse ainda que a greve passou a ser politizada.

Propaganda

Cotidiano

Fenômeno: clima muda radicalmente em Porto Walter e temperatura cai 11 graus em uma hora

Publicado

em

FO clima mudou radicalmente nesta sexta-feira (17) em algumas regiões do Acre com as chuvas intensas ocorreram na maior parte do Estado.

Os acumulados de chuva foram, na opinão do estudioso do clima Davi Friale, “significativos”, precipitando volumes entre 35mm e 70mm.

O grande fenômeno ocorreu em Porto Walter, onde foram registradas rajadas de vento com velocidade de 54 quilômetros por hora e a temperatura, no início da tarde, despencou de 33ºC para 22ºC em apenas 60 minutos.

“O nível dos rios acreanos volta a subir rapidamente neste fim de semana”, prevê o estudioso.

Continuar lendo

Acre

Mara realiza audiência para criação do Batalhão de Polícia Rural no Acre

Publicado

em

A deputada Mara Rocha tem autorização da Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal para promover audiência pública visando a criação do Batalhão de Polícia Rural no Estado do Acre. A audiência deve ocorrer em março.

Mara baseia-se na experiência do Estado de Goiás, que segundo ela tornou-se é referência em todo o Brasil no combate a criminalidade na zona rural. Lá, esse batalhão conta com Centro de Comando e Controle Rural que monitora em tempo real as fazendas e viaturas da patrulha, possibilitando maior agilidade no trabalho através de georreferenciamento.

Regularmente, as propriedades recebem a visita de policiais para cadastramento dos produtores, trabalhadores, maquinário, marca de gado e para apresentar o Disk Denúncia Rural.

“Nessa audiência pública vamos mostrar a importância da implantação da Polícia Rural no Acre para desarticular as quadrilhas que agem no campo. Temos que pensar em uma rede de segurança inteligente e eficaz. Chamaremos para participar dessa audiência pública, produtores rurais e as entidades ligadas ao agronegócio, como Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária no Acre (Fundepec) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Acre que poderão entrar como parceiros do Estado na implantação da Polícia Rural, da mesma forma como aconteceu no Estado de Goiás”, disse Mara Rocha.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas