Conecte-se agora

Campanha do PT no Acre arrecadou mais de R$ 14 milhões, mas terminou eleições devendo R$ 1,7 milhão

Publicado

em

Bocalom registrou prejuízos de R$ 255 mil no primeiro turno e prestação de contas do PSDB de Márcio Bittar está incompleta. Antonio Rocha, do PSOL, deve ser o único que registrou sobras na campanha: R$ 31

Há pouco mais de um mês o Acre vivia pela primeira vez a histórica disputa de um segundo turno ao cargo de governador nas eleições de 2014. Candidato a reeleição, Sebastião Viana (PT) se sagrou vitorioso em relação ao candidato do PSDB, Márcio Bittar, com 196.509 votos (51,29% dos votos válidos). O tucano obteve 186.658 (48,71%).

Passada a euforia dos vitoriosos e o choro dos derrotados que fizeram um tour por Manacapuru, o Tribunal Superior Eleitoral divulgou nesta semana  as prestações de contas dos candidatos que disputaram o segundo turno. Os participantes do pleito do dia 26 de outubro, no entanto, tiveram até a última terça-feira (25) para apresentar à Justiça Eleitoral as prestações de contas.

Com os dados disponibilizados, ac24horas fez uma pesquisa minuciosa e revela números astronômicos  para viabilizar uma campanha no Estado.

A campanha do médico Sebastião Viana evidenciou a força do Partido dos Trabalhadores e o poder da “máquina” na captação de recursos. De acordo com o TSE, a Frente Popular do Acre, que comanda o Estado há 16 anos, contou com cinco comitês de arrecadação e obteve, somados todos os valores, R$ 14,6 milhões em doações, cerca de R$ 6,8 milhões a mais  do que as previsões de gastos divulgadas em julho, que eram de R$ 7,8 milhões.

Apesar do número surpreendente, que poderia evidenciar um superávit, a prestação de contas revela que as despesas foram maiores do que a receitas.  Após o segundo turno, a FPA registrou uma despesa de R$ 16,2 milhões e ficou devendo aos seus fornecedores cerca de R$ 1,7 milhão.

Parte considerável da arrecadação foi oriunda de empreiteiras que mantem contratos com o governo e repasses do Diretório Nacional de campanha. As principais empresas financiadoras do PT foram a Albuquerque Engenharia, responsável por injetar R$ 750 mil na campanha, e a JBS, dona da marca Friboi, que depositou na campanha R$ 580 mil.

A Ábaco Engenharia, de propriedade de Sergio Nakamura,  e a MAV Construtora, do empresário José Adriano, presos durante o desdobramentos da Operação G7 no ano passado, também figuram como doadoras da campanha do petista.

O presidente do PT no Acre, Ermicio Sena, confirmou as receitas e despesas pesquisadas por ac24horas e explicou que o Partido tem até o próximo pleito de governo para quitar a divida de R$ 1,7 milhão, mas segundo o dirigente, existe um plano para quitar os débitos até julho do ano que vem.

SEM CONTROLE – Já o candidato derrotado no segundo turno, Marcio Bittar, segundo dados disponibilizados no sistema de prestação de contas, teve uma arrecadação de pouco mais de R$ 1 milhão e despesas na casa dos R$ 960 mil, registrando um superávit de pouco mais de R$ 130 mil.  Em julho, o tucano registrou a previsão de gastos na casa de R$ 5 milhões.

A principal empresa doadora de Bittar foi o Grupo Andrade Gutierrez, uma dos principais financiadores de campanha no país. A empresa desembolsou R$ 240 mil . O restante dos valores são originários de repasses da executiva nacional do PSDB.

Procurado para explicar o caso, Bittar enfatizou que o superávit nas contas tucanas era praticamente impossível. “Olha, eu vou torcer para você está certo, mas que eu saiba não sobrou nada, mas vou te passar o contato do coordenador de campanha para confirmar isso”, disse o deputado federal que está em Brasília cumprindo agenda de primeiro secretário da Câmara.

De acordo com o coordenador da campanha tucana, Marcelli Tomé, os dados disponibilizados pelo TSE estão incompletos.  Segundo ele, o contador do PSDB registrou a prestação de contas na tarde desta quarta-feira, 26, e a coligação não teve sobras de campanha, mas sim um déficit que ele disse não saber o valor exato.

FICOU DEVENDO – Terceiro colocado nas eleições do primeiro turno, o professor Tião Bocalom (DEM) arrecadou durante a campanha cerca de R$ 569 mil, mas teve despesas de R$ 863 mil, ficando com um buraco nas contas de R$ 255 mil. A campanha de Bocalom contou com doações de pessoas físicas e da direção Nacional do DEM.

Ao ac24horas,  Bocalom reconheceu os valores e disse que divida será assumida pelo DEM e os credores já estão cientes disso. “O partido assumiu a divida e já começamos a fazer pagamentos. Ela será quitada de acordo com o que vamos conseguir via nacional”, explicou.

NADA A TEMER: Quem arrecadou menos nas eleições 2014, é o servidor Publico Antonio Rocha (PSOL).  O candidato ao governo que obteve pouco mais de 2 mil votos, arrecadou R$ 8.550,00 e teve despesas de R$ 8.518,40, registrando sobras de campanha de R$ 31,60.

Parte das doações obtidas por Rocha partiu de seu próprio bolso e da Direção Nacional do PSOL.

Para o ac24horas , Rocha disse que o valor que sobrou foi entregue para a executiva nacional do partido. “Eu nunca tive intenção de me endividar. Não sou como os outros, só gastei o que tinha e o dinheiro que sobrou eu devolvi”.

 

Propaganda

Cotidiano

Não há mais vagas em hotéis de Xapuri; romeiros e turistas improvisam estadia

Publicado

em

A quatro dias do ponto alto da Festa de São Sebastião, a cidade de Xapuri já tem grande movimentação de pessoas e os poucos hotéis e pousadas já se encontram sem vagas para atender a enorme procura.

O empresário João Lopes Mendes Filho, o João Garrinha, proprietário da pousada Chapurys, diz que fez pacotes fechados para o período de 18 a 21 de janeiro. No começo do mês já não havia apartamentos disponíveis.

“Já tivemos muitos problemas com desistências de última hora, então resolvemos adotar essa medida para evitar prejuízos. Tem dado certo, mas acima da questão do lucro nós também ganhamos com o sucesso do evento e com a presença das pessoas na cidade fortalecendo a nossa festa”, disse.

Como alternativa, a prefeitura criou uma espécie de agenciamento e fez levantamento de pessoas na cidade que desejassem alugar casas nesse período. A medida é um dos meios buscados para resolver a falta de oferta de hospedagem.

Muita gente lança mão de medidas mais simples e adotam as barracas de acampamento para se acomodar na cidade que deve receber um número entre 15 e 20 mil pessoas nesses dias de comemoração e celebrações religiosas.

As praças Barão do Rio Branco e São Gabriel, que se localizam no entorno da igreja de São Sebastião, já estão completamente lotadas. Ali se concentram a praça de alimentação e os parques infantis. Naquela área também estão os espaços da feira de economia solidária.

Nesta sexta-feira, 18, a prefeitura entrega o espaço conhecido como “Shopping Popular”, que reúne os tradicionais marreteiros – comerciantes que chegam dos mais diversos lugares do Acre e de outros estados para comercializar todos os tipos de produtos, principalmente roupas e confecções em geral a preço baixo.

Neste ano, a prefeitura disponibilizou 250 boxes de 4×4 metros ao valor de R$ 430 cada um. Os marreteiros apostam tanto no sucesso das vendas durante o Novenário que alguns chegam a adquirir até cinco espaços. É o caso do policial militar Francisco das Chagas Severino Neves, que veio de Rio Branco em busca de faturar com a festa.

“Vim com um companheiro para dividir os lucros meio a meio. Mesmo antes de montarmos as barracas já estávamos vendendo. Viemos para ganhar dinheiro e acho que vamos conseguir, mas vamos aproveitar a festa também, pois já fazia alguns anos que eu não vinha”.

Como o dia 20 de janeiro vai cair na próxima segunda-feira, este fim de semana promete ser um dos mais movimentados dos últimos anos. As duas programações, da igreja e da prefeitura, terão seus pontos fortes no sábado e no domingo, antecedendo o grande dia, em que o padroeiro de Xapuri será celebrado pela 118ª vez.

Continuar lendo

Cotidiano

Após homicídio em frente a UPA, Sesacre limita atendimento na Cidade do Povo

Publicado

em

FOTO: G1/ACRE

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou nesta sexta-feira, 17, que após o registro de um homicídio ocorrido em frente à Unidade de Pronto Atendimento do bairro Cidade do Povo, em Rio Branco, resolveu limitar os atendimentos da unidade de saúde apenas aos pacientes em situação de urgência e emergência.

Isso porque, segundo a Sesacre, devido aos danos ocasionados na unidade durante o ocorrido. “Obrigando aos profissionais a isolar parte de suas dependências. Essa condição acarretou na interrupção do atendimento a pacientes em situação de menor risco”, diz a nota da Saúde.

A orientação é que os pacientes que não estejam em situação de urgência e emergência procurem as Unidades Básicas de Saúde. “A Sesacre informa ainda que, tão logo os reparos sejam feitos, os atendimentos ambulatoriais retornarão”, finaliza.

Entenda o caso

O Conselheiro do Bonde dos 13, Antônio José de Oliveira, vulgo “Japonês” foi executado com 15 tiros na noite desta quinta-feira (16) na porta de entrada da UPA da Cidade do Povo, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, “Japonês” teria ido deixar um amigo para receber atendimento na UPA, ao chegar à frente da unidade de saúde, membros da própria facção Bonde dos 13, o abordaram e de posse de armas de fogo efetuaram vários tiros. Antônio foi atingido pelo projeteis na região do peito, abdômen, braço e nas costas. No momento da ação dos criminosos a porta da unidade de saúde foi quebrada e várias pessoas que estavam na recepção do hospital entraram em desespero e correram ao escutar os tiros. Nenhum paciente saiu ferido no ataque dos faccionários.

Segundo informações repassadas a reportagem do ac24horas, “Japonês” era conselheiro da facção responsável de recolher as taxas que os comerciantes pagam a organização criminosa, ele teria se apropriado do dinheiro e não repassou aos outros líderes da facção.

Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações em busca de identificar os autores do crime.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas