Conecte-se agora

“Vou continuar trabalhando para o povo do Acre”, diz Antônia Lúcia

Publicado

em

Derrotada nas eleições deste ano, a deputada federal Antônia Lúcia (PSC-AC), disse na manhã desta segunda-feira (13), que as empresas de sua família continuarão funcionando normalmente e manterá o trabalho de recuperação de dependentes químicos, na Comunidade Terapêutica Lucimar Lucena Ramos, criada em 2012, atendendo atualmente 59 pacientes.

LUCIA_02Antônia Lúcia refuta ainda os boatos de demissão de funcionários das emissoras de rádio e TV de sua família. “Não há procedência nestes boatos. As empresas existem antes mesmo de eu chegar a um mandato político. A Rádio Boas Novas é a maior igreja sem paredes do Acre. Eu não poderia de forma alguma intervir numa empresa que retransmite a palavra de Deus”.

“Vou continuar trabalhando para o povo do Acre. Nunca precisei do mandato para cumprir o voto que fiz para cuidar da recuperação de dependentes químicos. Respeito a decisão do eleitor que de forma democrática foi às urnas e decidiu renovar seus representantes. A alternância de poder é salutar, o povo tem o direito de testar novos projetos”, diz Antônia Lúcia.

A parlamentar disse que nunca precisou usar seus projetos assistenciais de forma política. Ela relata que 30 dias, antes das eleições poderia reivindicar uma urna para que os internos da CT votassem, “mas não fiz este requerimento nem autorizei que os internos saíssem para votar em suas sessões. O voto tem que ser consciente, muitos não teriam discernimento para escolher”.

Sobre o afastamento de alguns pastores de programas diários na grade da RBN, Antônia Lúcia afirma que se trata de questões contratuais. “Algumas parcerias estavam vencidas. Portanto, a direção da emissora cumpriu as obrigações contratuais. Não se trata de caça às bruxas ou coisa parecida. Não misturamos atividade empresarial com atividade política”, enfatiza.

A deputada finaliza informando que continua exercendo suas atividades parlamentares normalmente. “Um dias após a divulgação dos resultados das eleições, eu já estava na Suframa, trabalhando para liberar recursos para as prefeituras do Acre. Faço política para beneficiar o povo, não como forma de alcançar objetivos pessoais ou de grupos políticos”.

 

Propaganda

Destaque Central 2

Servidores do Pró-Saúde fazem plantão nas galerias da Assembleia Legislativa do Acre

Publicado

em

Os servidores do Pró-Saúde ameaçados de demissão após uma decisão judicial ocupam as galerias da Aleac desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (12). Eles fazem plantão à espera da votação do projeto que tem como objetivo impedir as demissões e regulamentar os concursados.

O PL foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Durante a sessão ordinária da manhã de hoje, a maioria dos deputados hipotecou apoio à iniciativa de Raimundinho da Saúde (PODEMOS), apesar de o governo vir demonstrando que poderá recorrer a Justiça para barrar.

Sem citar nomes, o governador Sebastião Viana (PT) alfinetou o projeto de lei de Raimundinho da Saúde, durante o lançamento da continuidade das obras do Huerb. O petista disse que o PL dizia que a árvore voa, sinalizando claramente que é contra a manutenção dos servidores do Pró-Saúde.

O deputado que ouviu calado a fala do chefe do executivo, se pronunciou durante a sessão de hoje, e disse que o Poder Legislativo poderá fazer uma árvore voar, acreditando que os seus colegas de parlamento não se posicionarão contra o projeto para não sofrer desgaste junto aos servidores.

Continuar lendo

Acre

Receita disponibiliza formulário para compensar débitos de contribuição em site

Publicado

em

A Receita Federal disponibilizou formulário eletrônico para a compensação de débitos de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB) devidos pelas empresas.

De acordo com a Receita, os créditos previdenciários passíveis de restituição ou reembolso para as empresas são: contribuição previdenciária indevida ou maior que a devida; restituição de valores referentes à retenção de contribuições previdenciárias na cessão de mão de obra e na empreitada, o reembolso de salário-família e salário-maternidade e o pagamento indevido ou maior de CPRB.

O formulário permite ao contribuinte compensar débitos de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta, utilizando créditos de contribuições previdenciárias passíveis de restituição ou reembolso.

Para compensar débitos de CPRB é necessária a prévia transmissão de Pedido de Restituição ou de Reembolso por meio do programa PER/DCOMP.

É permitido compensar um débito de CPRB por formulário eletrônico, que está disponível nosite da Receita na Internet no seguinte caminho: Empresa / Restituição e Compensação/ Compensação de Débitos de CPRB.

Diferentemente das demais contribuições previdenciárias, que são recolhidas por meio de Guia da Previdência Social (GPS), a CPRB é recolhida por meio de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) e declarada na Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.