Conecte-se agora

“O voto comprado elege o safado, o voto vendido elege um bandido”, alerta Edvaldo Souza

Publicado

em

O deputado Edvaldo Souza (PSDC) denunciou na manhã desta terça-feira (30), na tribuna da Aleac, a organização de listas de compras de votos que estariam circulando nos bairros de Rio Branco. O parlamentar fez um verdadeiro desabafo, alertando o eleitor para importância do voto consciente.

“O que mais se ouve falar é sobre as listas de compra de votos que estão sendo organizadas nos bairros da cidade. É um absurdo que vai contra os princípios da moralidade. Tenho dito às pessoas que me ouvem: peguem o dinheiro dos milionários que querem virar autoridade, mas vote em quem presta”, diz Souza.

Segundo Edvaldo, é preciso alerta o eleitor, que o voto consciente não tem preço, mas o voto comprado tem consequências. “Poucos têm coragem de abordar esta situação. O povo acreano tem que tem consciência, juízo, sabedoria. O voto comprado elege o safado, o voto vendido elege um bandido”.

O parlamentar destaca que cabos eleitorais de postulantes a cargos públicos circulam com listas com nomes de eleitores. “Quem vende o voto não tem o que reclamar sobre a atuação do parlamentar. Seja onde for, o povo tem que ter consciência, fazendo o uso do voto com sabedoria”, enfatiza Edvaldo Souza.

Ele faz um alerta para os eleitores que são ameaçados por candidatos compradores de voto: “Estes candidatos não têm como saber em quem o eleitor votou. Na hora de votar é apenas o eleitor e a urna. Portanto, vote sem medo. A política tem que ser feita com grandeza, ética e sabedoria”.

O protesto de Edvaldo Souza foi seguindo por seus colegas de parlamento, Jamyl Asfury (PEN) e Astério Moreira (PEN), que pregam o voto ético, “que não seja uma moeda de troca, mas uma ferramenta para que os avanços sejam trabalhado com políticos comprometidos com o desenvolvimento do Acre”, enfatiza Asfury.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas