Conecte-se agora

Com Fies programado para 2015, proprietário da Uninorte diz que “até quem ganha salário minimo poderá estudar medicina”

Publicado

em

Depois da grande repercussão a cerca dos R$7.790,00, valor da mensalidade do curso de medicina da Uninorte, que abriu nesta semana as inscrições para um vestibular exclusivo no mês de outubro com 81 vagas, o sócio-proprietário da Instituição de Ensino Superior, Ricardo Leite, recebeu a reportagem do ac24horas para destacar os investimentos feitos nos últimos dois anos, na implementação do segundo curso de medicina do Acre.

Considerado o terceiro curso de medicina mais caro do país, de acordo com o Portal Escolas Médicas, o empresário justifica o valor devido os investimentos realizados na parte estrutural e pedagógica do curso. “Nós estamos trabalhando há dois anos. É um curso que tem um investimento muito alto. A metodologia que será aplicada nesse curso é diferenciada  das demais instituições, na verdade inovadora.  Para aprovar esse curso, tivemos que preencher uma série de requisitos do Ministério da Educação. A metodologia de Aprendizagem Baseada em Problemas, possibilita o acadêmico desde os primeiros períodos,  melhor aprendizado com atividades práticas  em  pequenos grupos”, ressalta Leite.

Uninorte_interno

Nessa primeira parte de implementação do curso, Ricardo revela investimentos na casa dos R$ 40 milhões na construção de um prédio exclusivo para a atividades acadêmicas e aquisição de mais de 7 mil livros com ênfase em medicina. “Tivemos que ampliar nossa biblioteca e catalogar todos esses títulos. Tudo isso sob supervisão do MEC.  Desembolsamos mais de R$ 2 milhões somente com a compra de livros que serão utilizados do primeiro ao quarto período do curso.”, disse o empresário, enfatizando ainda que os títulos disponíveis não servem apenas para os estudantes da Uninorte. “Muitos estudantes de medicina da Universidade Federal do Acre vem até a nossa biblioteca para estudar também”.

Uninorte_abre

Sobre a não implementação do financiamento estudantil para os alunos que ingressarem no curso por meio do primeiro vestibular de medicina, Leite enfatiza que o Fies e Prouni estarão disponíveis  a partir do inicio de 2015. “A portaria de autorização do curso de medicina saiu no meio do semestre e você só credencia o curso no Programa de Financiamento Estudantil (Fies) no inicio de cada semestre, ou no começo de janeiro ou no começo de julho. Não tem como credenciar um curso no meio do semestre, por que o governo federal, de acordo com o contrato, ele paga para o aluno o semestre. É importante destacar que vai ter Fies e Prouni no inidio de 2015. O curso foi aprovado com conceito 4, onde a nota máxima é 5. Todos os cursos aprovados com conceito acima de três tem Fies. O aluno deve se informar sobre as regras previstas em lei para se credenciar no Fies”, explica.

LEIA MAIS:
Mensalidade do curso de medicina da Uninorte custará R$ 7.790,00 e será a terceira mais cara do país

Questionado pela reportagem sobre os comentários que circulam nas redes socais criticando o alto valor da mensalidade, Ricardo foi enfático mostrando alguns números. “Até o momento tivemos mais de mil inscrições, sendo de 450 já pagaram a taxa. Nosso portal registrou desde a segunda-feira, 15, mais de 130 mil acessos oriundo da divulgação do vestibular. O primeiro inscrito do vestibular foi um rapaz do Rio de Janeiro, mas até o momento, a maior parte são de estudantes do Acre. Rondônia e Mato Grosso vem logo em seguida. Então não existe essa que o curso não vai dá certo, ele já deu”, disse o empresário projetando ainda que a maioria dos alunos que iniciarão curso serão do Estado do Acre.

O empresário revela que os valores divulgados pela Escola Médica sofrerão reajuste no próximo ano e a maioria dos cursos de medicina ficarão na casa dos R$ 6 ou R$ 7 mil reais. Ele diz ainda que em locais onde o curso é mais barato, é devido muitos dessas instituições serem Fundações, que recebem recursos de parceiros e dos governo estaduais e federais. “Elas não são totalmente particulares. Elas são subsidiadas e por isso o valor é mais em conta”, disse Ricardo Leite, enfatizando que o valor da mensalidade da Uninorte não sofrerá reajuste em 2015.

Sobre a questão da possibilidade de um concorrente sem recursos financeiros cursar medicina, a diretor da Uninorte enfatiza “que até mesmo quem ganha um salário minimo poderá cursar medicina na Uninorte”.  “Para muitas pessoas faltam oportunidade. As pessoas questionam que mesmo financiado, o curso fica caro para quem paga depois.  Veja bem, o curso de medicina tem duração de seis anos e para o bacharel começar a pagar ele terá um prazo inicial de quase dois anos. O prazo para pagamento do curso é multiplicado por três, ou seja, seis vezes três é igual a 18, mais o tempo de carência que o governo concede, ele sobe para 19 anos. O aluno pagará mais ou menos cerca de R$ 4 mil sem nenhuma reajuste durante o período, mas se você pensar que o valor, a importância desse dinheiro, até o dia que ele começar a pagar, o valor real vai ficar em cerca de R$ 2 mil. Um médico concursado ganha hoje cerca de 12 ou 14 mil no Estado, isso só um contrato. Se ele tiver uma consultório ou trabalhar por fora, consegue muito mais. É viável sim. A pessoa mais humildade, tendo capacidade, poderá  ter oportunidade de cursar medicina”, explicou.

Além do curso em si, Ricardo enfatizou os benefícios sociais com a implantação do novo curso de medicina no Acre. “Se você imaginar que muitas pessoas vão vir de fora, vão alugar casas, apartamentos, vão investir aqui para estudar, isso vai gerar emprego e renda. O dinheiro não está saindo do Acre para fora, mas sim estará entrando, vamos aquecer a nossa economia com a ampliação desse serviço”, disse o empresário destacando que a Uninorte oferece outros cursos na área de saúde como Fisioterapia, Enfermagem, Ondontologia, dentre outros, que já dispõe  de  clínicas  escolas  que  oferecem  serviços gratuitos à comunidade em geral, atendendo mais de 9.000 pacientes por semestre.

Vestibular: As inscrições para o curso de medicina, que custam R$ 350,00, poderão ser feitas até o dia 30 de setembro. As provas serão aplicadas nos dias 11 e 12 de outubro e a Strix – Educação, Avaliação e Projetos, será a empresa responsável pelo certame. A primeira turma deve começar a estudar ainda no mês de novembro.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas