Conecte-se agora

Milhares de peregrinos participam do Novenário de Nossa Senhora da Glória em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A devoção à Nossa Senhora da Glória atraí todos os anos milhares de pessoas a Cruzeiro do Sul durante o mês de agosto. Desde 1917 que as nove noites da Novena se tornaram uma referência de fé e devoção na região Norte do Brasil. A afluência de fiéis ao Vale do Juruá, que terá seu ápice na noite da próxima sexta, dia 15, com uma gigantesca procissão pelas ladeiras da cidade, só perde em número de pessoas pra o Círio de Nazaré de Belém. Na noite deste domingo, dia 10, cerca de quatro mil pessoas participavam da novena e da missa na Catedral de Nossa Senhora da Glória.

Segundo o organizador do Novenário Cruzeirense, o jovem empresário Francisco Castro, este ano estão sendo esperadas mais de 50 mil pessoas na procissão. “No ano passado tivemos pelo calculo da Polícia Militar cerca de 45 mil. Mas pelo movimento que estamos sentindo nessas primeiras noites acreditamos num aumento considerável de peregrinos ao Novenário de Nossa Senhora da Glória,” afirmou.

Praticamente todos os hotéis da cidade estão lotados. E os restaurantes estão com um movimento acima do normal. “Além de ser uma festa religiosa o nosso Novenário representa também um impulso para economia do município através do turismo religioso,” conta o empresário Emerson Barbary, do ECC (Encontro de Casais com Cristo).

Igreja_01

Já o advogado paraibano José Augusto que participa da festa religiosa, desde 1985, o lado espiritual é o quê mais atraí os peregrinos para Cruzeiro do Sul. “A fé opera milagres. E a procissão de Nossa Senhora da Glória é uma oportunidade para os católicos renovarem a sua devoção pela Mãe de Jesus. São muitos os que vem pagar promessas e pedir graças para a Santa Padroeira,” ressaltou.

Vale lembrar que todos os anos são milhares de devotos participam do Novenário pedindo algum tipo de milagre. E outros tantos costumam vir para Cruzeiro do Sul agradecer a graça recebida da Santa.

A festa do espírito versus a matéria

novena_02Até há quatro anos, nas barracas do Novenário, se podia encontrar todo o tipo de bebidas. Mas por uma determinação da organização do evento isso foi proibido. “Depois que proibimos a venda do álcool nos espaços do Novenário o número de pessoas que participam da novena e da missa aumentou consideravelmente. Essa é uma celebração espiritual. E, desde que parou a venda de bebida nunca mais tivemos uma ocorrências policiais no evento,” informou Francisco Castro.

Atualmente continuam a existir o espaço comercial com barracas alugadas pela diocese. E a Barraca do Padre transformou-se numa super-praça de alimentação. Castro informa que tudo que é arrecadado é investido para manutenção das creches infantis, Pastoral da Criança e outras obras da Igreja Católica.

Outro meio de arrecadar fundos é o leilão que acontece todas as noites depois da missa. Na véspera da procissão, na quinta, dia 14, os empresários fazem doações mais vultuosas. São leiloados bois, motos, televisões e outras prendas de valor. Quando ainda era vivo, o empresário e ex-governador Orleir Cameli costumava colocar várias cabeças de gado no leilão. Depois ele mesmo arrematava as prendas por um preço alto para ajudar nas obras da diocese.

Peregrinação de políticos

Principalmente em ano eleitoral as ladeiras de Cruzeiro do Sul ficam repletas de candidatos no dia 15 de agosto durante a procissão de Nossa Senhora da Glória. Como praticamente os políticos de todos os lados vêm participar da devoção fica difícil imaginar quem a Santa irá beneficiar. Mas existe uma lenda que aqueles que levam as velas que queimam mais rápido é porque estão cheios de pecados. E, evidentemente, com menos chances de receberem a graça da padroeira, ou seja, a eleição.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas