Conecte-se agora

Rodrigues Alves comemora 22 anos de emancipação com avanços na saúde e na educação

Publicado

em

BURICA_08

Localizado às margens do Rio Juruá, Rodrigues Alves, tem sido um dos municípios que mais cresce da região. A antiga vila de Cruzeiro do Sul aos poucos vai se tornando um lugar bom para se viver. Nesta segunda, 28, com um show de Tom Cleber, às 22 horas, no Estádio José Agostinho de Melo a população vai celebrar os 22 anos de emancipação política do município. Antes acontece o desfile cívico no Centro Cultural.

O prefeito Francisco Ernílson de Freitas, o Burica (PT), como é conhecido administra o município há cinco anos e meio. Nessa entrevista ele fala dos avanços e das transformações que melhoraram a qualidade de vida dos cerca de 15 mil habitantes de Rodrigues Alves.

BURICA_04

Novos serviços que garantiram cidadania

Burica conta que uma das tarefas a qual mais se dedicou foi a organização do município.

“Quando assumi a prefeitura Rodrigues Alves ainda funcionava como uma vila. Não tinha uma agencia de banco, não tinha delegado e nem internet. Comecei a organizar tudo isso. Atualmente temos uma agencia da Caixa Econômica, uma delegacia de polícia e interliguei o município com o resto do mundo através da internet. A prefeitura não tinha almoxarifado e nem fazia licitações para as suas compras. Tinha só quatro secretarias. Criei mais quatro para suprir as nossas necessidades. Criei as pastas de Meio Ambiente, de Agricultura, porque 79% da nossa população é rural, a Secretaria de Obras e a de Administração. Aumentaram as despesas, mas podemos atender melhor as demandas da população,” relata Burica.

Outra conquista que o prefeito gosta de ressaltar foi a mudança de paradigma do trabalho de assistência à população.

“Criamos projetos para trabalhar pelo coletivo. Sofri muito para acostumar o pessoal de que é preciso trabalhar por causas maiores como uma boa educação e a qualidade de saúde, dando condições para o povo sobreviver, Na minha gestão a educação e a saúde sempre foram prioridades,” ressaltou.

BURICA_03

Avanços da educação

Mas o maior orgulho da atual gestão é a melhoria na educação.

“Ainda temos um IDEB (Índice de Educação Básica) baixo. Mas estamos conseguindo através do ensino infantil melhorar esse indicador. Levamos as creches para toda a zona rural porque sei que através da melhoria educacional das crianças vamos ter nova qualidade de aprendizado dos alunos quando chegarem ao ensino fundamental e ao ensino médio. Melhoramos os salários dos professores. Quando assumi em 2009 eles tinham um dos menores do Estado. Atualmente nós temos o melhor salário para professores municipais entre os 22 municípios do Acre porque fui o único prefeito que abonou o piso nacional,” revelou o prefeito.

“Estamos reformando as escolas que estavam pequenas e melhorando as suas estruturas com equipamentos novos. Informatizamos todas as escolas. Daqui para 2016 vou entregar o município com uma educação muito avançada,” garante Burica.

BURICA_05

Uma nova saúde pública

Outra área importante que Burica garante ter investido bastante foi na saúde pública municipal.

“Quando assumi encontrei apenas um pequeno posto de saúde funcionando, mas sem medicamentos. Tinha um dentista, mas sem material adequado para trabalhar. Mandei buscar novos equipamentos em São Paulo. Ampliei o posto de saúde que atualmente conta com sete médicos atendendo. Construímos o posto de saúde no bairro São Francisco e outro na Nova Cintra. E estamos com recursos para construir mais uma unidade na Foz do Paraná dos Mouras. Ampliamos o posto no Ramal da União,” explicou.

“Os atendimentos da Saúde Itinerante pelo ProAcre terminou o contrato com convênio do Estado, mas nós continuamos atendendo com recursos próprios. Todos os invernos fazemos atendimentos com médicos, enfermeiras, e remédios até a última comunidade do Paraná dos Mouras. No verão fazemos nos projetos de assentamentos. Isso significou um avanço muito grande. Tudo graças a nossa equipe e aos nossos parceiros os governos do Estado e Federal e os deputados e senadores que nos ajudaram com as emendas para a gente trabalhar e melhorar a saúde pública de Rodrigues Alves,” destacou.

BURICA_02

A conquista da adimplência do município

Segundo Burica um outro fator que atrapalhava muito o desenvolvimento social de Rodrigues Alves era a inadimplência da prefeitura.

“O município era inadimplente e perdeu recursos importantes. Como por exemplo, uma emenda do deputado federal Henrique Afonso (PV) para construir um porto e um mercado. Havia dívidas com o INSS e a Eletronorte que impediam o município de receber recursos. No meu primeiro mandato foi terrível porque encontrei Rodrigues Alves endividado. Não pagavam o INSS e nem a energia elétrica. Além de muitos convênios que não tinham sido prestadas as contas com ministérios e estavam pendentes. Passei quatro anos para colocar as dividas em dia. Agora, as dívidas estão parceladas e, desde março de 2013, estamos adimplentes e aptos novamente a receber recursos pelos ministérios e dos nossos parlamentares,” contou.

Graças a adimplência os deputados voltaram a destinar recursos para o município abrindo novas perspectivas de investimentos sociais.

“Temos emendas dos nossos deputados Taumaturgo Lima (PT), Henrique Afonso (PV), Gladson Cameli (PP), Flaviano Melo (PMDB) e Perpétua Almeida (PC do B) para serem executadas. Eles só alocam emendas nas prefeituras limpas para não perderem os recursos. Com uma parceria com o Governo do Estado asfaltamos 100% da zona urbana. E isso foi possível porque nos organizamos e fizemos projetos. Os benefícios só podem ser acessados através da organização que permite a parceria. Como foi o caso dos títulos definitivos de propriedade que garantem o financiamento e os investimentos para o município crescer tanto na área urbana quanto rural,” lembrou.

BURICA_06

Produção rural

Com a maioria da população na zona rural o setor produtivo de Rodrigues Alves está diretamente relacionado com a produção no campo. Burica fala do trabalho que vem realizando para ajudar os moradores do interior do município.

“Essa é uma preocupação porque tenho a minha origem no campo e na agricultura. Tive um irmão que foi sindicalista muitos anos defendendo os agricultores e seringueiros. Já dei uma melhorada, mas ainda falta muito para deixar no ponto ideal. Mas temos avançado. Quando assumi em 2009 não tinha uma máquina para raspar os ramais, as que tinham estavam quebradas. Consegui uma patrulha mecanizada nova e comecei a arrumar os ramais que estavam numa situação delicada. Temos agora dois caminhões para escoar o produto que ainda é pouco. Mas algumas emendas quando forem liberadas tornarão possível a aquisição de novos caminhões para ajudar os nossos agricultores. Fiz parceria com o Governo do Estado para construir tanques de piscicultura. Consegui tratores para mecanizar as terras,” ressaltou o prefeito.

BURICA_07

Parcerias importantes

A energia elétrica chegou a 80% da região rural do município graças ao programa do Governo Federal Luz para Todos.

“Tenho ainda levado cursos profissionalizantes para os nossos agricultores de horticultura e piscicultura. Construímos estufas para o plantio de verduras e compramos 30% da produção para a merenda escolar para gerar renda ao homem do campo. Os ramais estão sendo bem trabalhados com bueiras e camadas de vegetais. Pode ser que este ano não consiga fazer todos, mas os que forem feitos serão no capricho,” garantiu.

Novos projetos

Burica contou que quer fazer a produção de farinha, que é uma da maiores do Vale do Juruá, circular dentro do município.

“Tenho um projeto para fazer a venda direta dos produtores rurais para a população da cidade. Mas por conta das dificuldades do município e da inadimplência isso atrasou muito. Agora temos supermercados e agencia de banco. Quero melhorar a nossa feira livre e ampliar o mercado do produtor. Não temos arrecadado o dinheiro da farinha porque vai toda para a Cruzeiro do Sul e nós ficamos só com a obrigação de investir a infraestrutura. Temos que fazer a farinha circular a partir daqui para ficarmos com os impostos que serão utilizados em benefício dos próprios produtores rurais,” ressaltou.

BURICA_09

O sonho da população de Rodrigues Alves

Indagado sobre qual seria o maior presente desejado pelo povo de Rodrigues Alves nesse aniversário a resposta foi direta.

“Queremos a ponte sobre o rio Juruá para interligar Rodrigues Alves com Cruzeiro do Sul e com a BR 364 até Rio Branco. Quando isso acontecer teremos ainda transformações maiores na nossa economia e no nosso desenvolvimento social. É um sonho, mas acreditamos que ainda conseguiremos viabilizar com os nossos parceiros. No dia que isso acontecer teremos uma grande festa,” finalizou Burica.

 

Propaganda

Destaque Central 2

Servidores do Pró-Saúde fazem plantão nas galerias da Assembleia Legislativa do Acre

Publicado

em

Os servidores do Pró-Saúde ameaçados de demissão após uma decisão judicial ocupam as galerias da Aleac desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (12). Eles fazem plantão à espera da votação do projeto que tem como objetivo impedir as demissões e regulamentar os concursados.

O PL foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Durante a sessão ordinária da manhã de hoje, a maioria dos deputados hipotecou apoio à iniciativa de Raimundinho da Saúde (PODEMOS), apesar de o governo vir demonstrando que poderá recorrer a Justiça para barrar.

Sem citar nomes, o governador Sebastião Viana (PT) alfinetou o projeto de lei de Raimundinho da Saúde, durante o lançamento da continuidade das obras do Huerb. O petista disse que o PL dizia que a árvore voa, sinalizando claramente que é contra a manutenção dos servidores do Pró-Saúde.

O deputado que ouviu calado a fala do chefe do executivo, se pronunciou durante a sessão de hoje, e disse que o Poder Legislativo poderá fazer uma árvore voar, acreditando que os seus colegas de parlamento não se posicionarão contra o projeto para não sofrer desgaste junto aos servidores.

Continuar lendo

Acre

Receita disponibiliza formulário para compensar débitos de contribuição em site

Publicado

em

A Receita Federal disponibilizou formulário eletrônico para a compensação de débitos de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB) devidos pelas empresas.

De acordo com a Receita, os créditos previdenciários passíveis de restituição ou reembolso para as empresas são: contribuição previdenciária indevida ou maior que a devida; restituição de valores referentes à retenção de contribuições previdenciárias na cessão de mão de obra e na empreitada, o reembolso de salário-família e salário-maternidade e o pagamento indevido ou maior de CPRB.

O formulário permite ao contribuinte compensar débitos de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta, utilizando créditos de contribuições previdenciárias passíveis de restituição ou reembolso.

Para compensar débitos de CPRB é necessária a prévia transmissão de Pedido de Restituição ou de Reembolso por meio do programa PER/DCOMP.

É permitido compensar um débito de CPRB por formulário eletrônico, que está disponível nosite da Receita na Internet no seguinte caminho: Empresa / Restituição e Compensação/ Compensação de Débitos de CPRB.

Diferentemente das demais contribuições previdenciárias, que são recolhidas por meio de Guia da Previdência Social (GPS), a CPRB é recolhida por meio de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) e declarada na Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.