Conecte-se agora

Ministro Paim autoriza construção de escolas de tempo integral a Marcus Alexandre Viana

Publicado

em

Marcus2222

O prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre Viana (PT) dedicou praticamente toda a sua agenda do dia para acompanhar o ministro da educação Henrique Paim. O ministro veio para proferir uma palestra no SBPC, na UFAC e, aproveitou para visitar as algumas creches e escolas em construção e a Biblioteca Pública. O encontro rendeu ainda a garantia de investimentos que podem garantir avanços na educação de Rio Branco. Além das 10 creches em construção, mais quatro serão licitadas. Mas o presente maior dado pelo ministro Paim foi a autorização ao prefeito Marcus para iniciar o processo de construção de duas escolas municipais de tempo integral.

O ministro Paim elogiou os investimentos em educação feitos na Capital. “Nós temos feito um investimento na educação infantil em todo país. Isso está associado a um conceito de que a educação infantil pode aparar a raiz da desigualdade educacional. Se nós conseguirmos garantir escolas públicas para as crianças nós vamos quebrar uma lógica da desigualdade. Independente da origem da criança ela terá a mesma oportunidade. Quem cursa a educação infantil tem mais chance de concluir a educação básica e ter um melhor desempenho educacional e, quem sabe, chegar a educação profissional e o ensino superior,” disse Paim.

Marcus  não escondeu a sua satisfação com a visita do ministro. “A educação é a mais importante das políticas. O ministro Paim está nos ajudando a enfrentar o desafio de melhorar o ensino. Só em Rio Branco estamos construindo dez novas creches que ficarão prontas no final do ano. Sem falar na reforma de mais oito escolas. Agora, tivemos uma ótima notícia. Fomos autorizados pelo ministro a licitarmos duas escolas de tempo integral além da construção de mais quatro creches na Cidade do Povo,” ressaltou Marcus.

O governador Sebastião Viana também elogiou a visita de Paim. “O ministro Paim é um homem de extrema dedicação e zelo. Ele deu uma belíssima palestra hoje na universidade encantando a academia e mostrando que a SBPC está vinculada com uma agenda de compromisso com um Brasil de justiça, de democracia e que reduz as desigualdades para a gente alcançar o desenvolvimento esperado no Século XXI. Só tenho a agradecer ao Estado Brasileiro e a academia porque o SBPC marcou definitivamente a agenda de conhecimento no Acre,” destacou Viana.

O ex-governador acreano e secretário do MEC, Binho Marques, também ressaltou a importância da visita de Paim ao Acre. “Fui secretário de educação no Acre por 12 anos e acompanhei a trajetória de muitos ministros. E normalmente os ministros têm medo de participarem de atividades abertas como essas do SBPC. Mas o ministro Paim não só fez a palestra como abriu para o debate sem medo e com muita objetividade,” disse Binho.

Marcus1111

Um evento para entrar na história

O ministro Paim saiu bem impressionado com Rio Branco e a organização do SBPC. “O Acre está bem gerido do ponto de vista educacional porque conseguiu construir uma história nessa área. O SBPC está sendo um sucesso. A universidade se preparou com um investimento do poder público na sua infraestrutura deixando um legado não só para toda a comunidade acadêmica, mas principalmente porque a SBPC traz uma reflexão em torno do projeto da universidade que vai tirar proveito desse momento que é sediar os principais encontros dos cientistas brasileiros aqui no Acre,” lembrou o ministro.

Como o SBPC foi bem sucedido, Marcus Alexandre Viana, ressaltou que Rio Branco poderá entrar na agenda nacional dos grandes eventos. “Quero lembrar que há menos de quatro meses a nossa cidade sofreu uma das maiores alagações da sua história. Mas nós conseguimos superar esses problemas e nos preparamos para receber um evento tão importante quanto o SBPC com mais de seis mil pessoas vindas das mais diferentes regiões do Brasil. A nossa cidade se prepara com investimentos na rede hoteleira, o sistema viário melhorando com a duplicação das principais avenidas da cidade. Por isso, Rio Branco tem condições de entrar na agenda nacional de grandes eventos como o SBPC,” disse ele.

Para o governador esse tipo de acontecimento melhora a auto estima da população. “ O SBPC mostrou que talvez não haja um lugar mais acolhedor e hospitaleiro no mundo do que aqui. Tivemos a possibilidade de dizer ao Brasil que nós vivemos nas cabeceiras dos rios num lugar distante, mas estamos preparados para constituir um relacionamento com a sociedade brasileira do tamanho dos desafios que o país está vivendo,” ressaltou.

Para Binho que se formou na UFAC o SBPC foi uma vitória de todos os acreanos. “Esse SBPC teve um vínculo com a justiça social e os traços de uma política ambiental desenvolvida no Acre. Conversei com muitas pessoas que vieram de fora para que participaram do SBPC e todas estavam encantadas com o Acre. O balanço é positivo porque temos um ministro envolvido e, na universidade, o reitor Minoru Kimpara está fazendo um grande trabalho. Poucos conhecem o Acre porque infelizmente a mídia nacional não repercute o que acontece aqui. Mas quando o visitante chega ao Acre fica surpreso e muito bem impressionado com a nossa terra,” elogiou.

Marcus3333

Debate entre educação básica e universitária

O ministro Paim não se furtou de falar sobre um tema que deverá permear os debates eleitorais na área da educação entre a educação básica e a superior.

“Esse é um falso dilema porque temos que ter uma visão sistêmica da educação. Apostar num determinado nível a história já demonstrou ser um equivoco, um caminho errado. Na verdade a formação dos professores que é um aspecto fundamental para a qualidade da educação se dá no ensino superior. Então temos que ter uma aposta forte na educação básica para construir um projeto educacional para um país desenvolvido. Mas ao mesmo tempo temos que ter um ensino superior forte que vá garantir uma boa formação para os professores construindo uma relação com o mundo produtivo. Isso poderá garantir uma competitividade para se construir uma nação desenvolvida,” finalizou Paim.

Propaganda

Destaque Central 2

Servidores do Pró-Saúde fazem plantão nas galerias da Assembleia Legislativa do Acre

Publicado

em

Os servidores do Pró-Saúde ameaçados de demissão após uma decisão judicial ocupam as galerias da Aleac desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (12). Eles fazem plantão à espera da votação do projeto que tem como objetivo impedir as demissões e regulamentar os concursados.

O PL foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Durante a sessão ordinária da manhã de hoje, a maioria dos deputados hipotecou apoio à iniciativa de Raimundinho da Saúde (PODEMOS), apesar de o governo vir demonstrando que poderá recorrer a Justiça para barrar.

Sem citar nomes, o governador Sebastião Viana (PT) alfinetou o projeto de lei de Raimundinho da Saúde, durante o lançamento da continuidade das obras do Huerb. O petista disse que o PL dizia que a árvore voa, sinalizando claramente que é contra a manutenção dos servidores do Pró-Saúde.

O deputado que ouviu calado a fala do chefe do executivo, se pronunciou durante a sessão de hoje, e disse que o Poder Legislativo poderá fazer uma árvore voar, acreditando que os seus colegas de parlamento não se posicionarão contra o projeto para não sofrer desgaste junto aos servidores.

Continuar lendo

Acre

Receita disponibiliza formulário para compensar débitos de contribuição em site

Publicado

em

A Receita Federal disponibilizou formulário eletrônico para a compensação de débitos de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB) devidos pelas empresas.

De acordo com a Receita, os créditos previdenciários passíveis de restituição ou reembolso para as empresas são: contribuição previdenciária indevida ou maior que a devida; restituição de valores referentes à retenção de contribuições previdenciárias na cessão de mão de obra e na empreitada, o reembolso de salário-família e salário-maternidade e o pagamento indevido ou maior de CPRB.

O formulário permite ao contribuinte compensar débitos de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta, utilizando créditos de contribuições previdenciárias passíveis de restituição ou reembolso.

Para compensar débitos de CPRB é necessária a prévia transmissão de Pedido de Restituição ou de Reembolso por meio do programa PER/DCOMP.

É permitido compensar um débito de CPRB por formulário eletrônico, que está disponível nosite da Receita na Internet no seguinte caminho: Empresa / Restituição e Compensação/ Compensação de Débitos de CPRB.

Diferentemente das demais contribuições previdenciárias, que são recolhidas por meio de Guia da Previdência Social (GPS), a CPRB é recolhida por meio de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) e declarada na Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.