Conecte-se agora

Período eleitoral aumenta em 150% produção musical em Rio Branco

Publicado

em

De dois em dois anos é assim. Candidatos usam propagandas sonoras para chamar a atenção dos eleitores, época propícia para produtores de jingles ganharem um dinheiro extra com a gravação de jingles e spots. Em Rio Branco, mais de dez estúdios disputam a preferência de assessores e dos candidatos a deputado estadual e federal.

“O aumento de produção nesta época chega a 150%, desde que foi liberada a propaganda volante que a gente não para” disse o tenente coronel João Rocha, que é músico profissional e responsável por grande parte dos jingles que estão rodando em Rio Branco.

JINGLE

Ainda de acordo Rocha, os ritmos mais procurados pelos candidatos são o axé, o xote e o pop rock. De acordo com pesquisa feita nos estúdios de Rio Branco, em média um jingle pronto está custando entre 500 a 1000 reais e a gravação de um spot varia entre 30 e 50 reais.

“Depende muito da produção, dos instrumentos exigidos, do número de vozes que precisa gravar, por isso a variação dos preços”, disse Willamis que entrou este ano no ramo de produção musical.

Tanto agito assim exige a contratação de bons cantores e músicos, outra classe que fatura bem nesse período. Locutores de rádio também são bem requisitados para a produção de spots.

João Rocha explica que para criar um jingle, compositores precisam compor uma canção que expresse as propostas dos candidatos. A produção exige ainda uma harmonia alegre que vai chamar a atenção do público.

“Então, gravamos a voz, mixamos e martirizamos e o trabalho fica pronto”, comentou o produtor.

Ainda de acordo Rocha, a produção de jingles em Rio Branco não deixa a desejar em nada da contratação que ocorre fora do Estado. “Temos profissionais habilitados, bons músicos e bons compositores, perde quem prefere contratar esses serviços fora, além de não valorizar a prata da casa, ainda paga mais caro”, concluiu Rocha.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas