Conecte-se agora

Senador Jorge Viana (PT) insinua que dinheiro de Tião Bocalom e Márcio Bittar declarados ao TRE têm origem duvidosa

Publicado

em

O discurso de paz e amor ensaiado há duas semanas atrás pelos petistas sumiu. Bastou a confirmação das candidaturas no último dia 30 para alguns voltarem ao velho estilo agressivo daqueles que ousam desafiá-los.

Nesta sexta feira, 18, o senador Jorge Viana (PT) partiu para o ataque aos candidatos da oposição ao governo do Acre, Márcio Bittar (PSDB), e Tião Bocalom (DEM), durante evento de inauguração do comitê central da campanha do seu irmão, Sebastião Viana (PT).

Ele primeiro destilou seu veneno sobre o democrata Bocalom e na sequência também questionou a fortuna declarada do candidato tucano Márcio Bittar ao Tribunal Regional Eleitoral.

“O Bocalom não trabalha e tá ficando rico a cada eleição. O outro candidato guarda em casa 600 mil. Alguém aqui guarda 200 mil em casa? Há alguma coisa muito estranha nisso. A política é um negócio pra eles”, disparou.

Jorge_in

Pela tom da conversa demonstrada por Viana, a campanha deste ano tende a ser de nível baixo.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas