Conecte-se agora

Publicado

em

Somadas todas a previsões de gastos de candidatos ao governo e ao senado pelo Acre, valores ultrapassam a casa dos R$ 27 milhões nas eleições de 2014

ricos_03

Passado o período de registros dos quatro candidatos postulantes ao cargo de governador do Acre e sua chapas, as planilhas de previsões de gastos e declaração de bens foram tornadas públicas no site do Tribunal Regional Eleitoral do Acre.  De acordo com o primeiro levantamento disponibilizado pela corte, a previsão de gastos da campanha do governador Sebastião Viana, da Coligação Frente Popular,  a reeleição é de R$ 7,8 milhões, R$ 2 milhões a mais em relação a 2010. Já o tucano Márcio Bittar, da coligação Por Um Acre Melhor, estimou os gastos em R$ 5 milhões.

Outro candidato que vai gastar milhões é Tião Bocalom (DEM). Segundo a estimativa disponibilizada pelo TRE, a coligação Produzir Para Empregar tem estimativa de gastos de R$ 3 milhões.  Na quarta posição, bem mais modesto que os demais, aparece Antônio Rocha (PSOL) com estimativa de gastos na casa dos R$ 100 mil.

GASTOS PARA O SENADO

Na disputa para o senado, os candidatos Gladson Cameli (PP) e Perpétua Almeida (PCdoB) lideram as estimativas de gastos.  Segundo os dados disponibilizados, Cameli prevê gastos de R$ 5 milhões em sua campanha. Já Perpétua, cerca de R$ 4,2 milhões.

O advogado Roberto Duarte Jr, também candidato ao senador, orçou sua campanha em R$ 1,5 milhão.  Abaixo dos sete dígitos, somente o candidato pelo PSOL, o professor Fortunato Martins. Ele declarou gastos de R$ 100 mil par a campanha.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas