Conecte-se agora

Gladson Cameli garante R$ 1,5 milhão para obras de mobilidade urbana no Quinari

Publicado

em

Trabalhar a liberação de recursos para os 22 municípios acreanos tem sido a prioridade do mandato do deputado federal Gladson Cameli (PP). Nesta quinta-feira, 03, o deputado acreano recebeu mais uma boa notícia do resultado desse trabalho: o empenho de R$ 1,5 milhão para o município de Senador Guiomard. Os recursos fruto de uma emenda individual do deputado, são oriundos do Ministério das Cidades e serão destinados a recuperação e recapeamento de ruas da cidade.

O empenho foi feito junto à Caixa Econômica Federal, o que permite que a prefeitura possa aproveitar o chamado verão amazônico para a realização das obras fundamentais para o desenvolvimento do município não só no aspecto da infraestrutura urbana, como também na geração de emprego, renda e circulação de recursos no mercado local.

“Nossas cidades precisam de obras de infraestrutura para seguir crescendo e me sinto honrado por garantir, através de emenda individual, os recursos necessários para que a prefeitura de Senador Guiomard possa investir, no verão deste ano, um milhão e meio de reais e assim para garantir melhorias na mobilidade urbana do município”, disse Gladson Cameli.

O deputado acreano reafirmou ainda seu compromisso de seguir trabalhando a liberação de recursos para os municípios acreanos, independente de cores partidárias, compromisso este que vem cumprindo desde o seu primeiro mandato.

“Além de trabalhar em Brasília buscando recursos para o nosso estado, faço questão de estar presente em todos os municípios para conhecer a realidade de cada um. Como tenho dito, a mobilidade urbana é um dos graves problemas das nossas cidades, por isso continuarei lutando pela tão sonhada qualidade de vida por nós cidadãos”, disse Gladson Cameli.

 

Anúncios

Destaque 3

Rio Branco concentra mais de 45% do eleitorado acreano e Santa Rosa o menor número

Publicado

em

A campanha eleitoral 2020 começou oficialmente e a partir de agora está liberada a caça aos votos. Com dados da justiça eleitoral, o ac24horas fez um levantamento do número de eleitores aptos a votar nas eleições deste ano em todo o Acre. Os 88 candidatos que disputam o cargo de prefeito nas 22 cidades Estado e os 2.782 candidatos à vereador vão “brigar” pelo voto de 561.261 eleitores.

A capital acreana continua, de longe, o maior colégio eleitoral do estado. Aliás, é a única que ultrapassa os 200 mil eleitores, o que a credencia ter segundo turno, caso nenhum dos candidatos alcance a maioria absoluta dos votos válidos. Com 256.673 eleitores, Rio Branco concentra 45,73% dos eleitores de todo o estado.

A diferença de Rio Branco para os demais municípios é tão grande, que o segundo lugar no número de eleitores não tem nem metade do eleitorado da capital. Cruzeiro do Sul, de acordo com a justiça eleitoral, tem 55.749 eleitores aptos a participar da eleição deste ano.

Na casa dos 20 mil eleitores, o Acre tem quatro cidades. Sena Madureira, que é o terceiro maior colégio eleitoral com 28.985 eleitores, Tarauacá com 26.354 e a vizinha Feijó, com 21.551 eleitores.

Na faixa das localidades que estão abaixo de 20 mil e acima dos 10 mil eleitores é que se concentra a maior quantidade de municípios acreanos. São eles: Senador Guiomard com 17.552 eleitores, Brasileia, com 16.884, Mâncio Lima, que tem 13.141, Porto Acre com 12.639 eleitores, Plácido de Castro, com 11.964, Epitaciolândia, com 11.732, Xapuri, 11.399, Rodrigues Alves, com 11.388 e Marechal Thaumaturgo, com 10.491 eleitores.

Outros 8 municípios possuem um colégio eleitoral abaixo de 10 mil eleitores. O menor deles, é Santa Rosa do Purus, onde, de acordo com a justiça eleitoral, existem apenas 3.566 pessoas aptas a votar em novembro. No município, existem 5 candidatos a prefeito e 65 postulantes a uma das 9 vagas de vereador. Em Bujari, são 9.613 eleitores, Acrelândia, são 9.169 eleitores, Capixaba, possui 7.540, Manoel Urbano tem 7.209, em Porto Walter são 6.570 eleitores, Assis Brasil tem 5.913 eleitores e Jordão, fecha a lista com 5.209 pessoas aptas a votar.

Continuar lendo

Acre 01

Taxa de ocupação em leitos de UTI para Covid-19 volta a subir e atinge 35,6% no Acre

Publicado

em

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 35,6%. Os dados são do boletim deste domingo (27). Os dados são do Boletim de Assistência ao Enfrentamento da Covid-19, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O boletim mostra a ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), por especialidade do leito e por regional.

Segundo dados oficiais, das 130 internações em leitos do SUS, 88 testaram positivo para Covid-19, ou seja, a maioria das pessoas que buscam atendimento médico foram infectadas pelo vírus. Em comparação com o boletim do último domingo, 20, houve um acréscimo de sete internações nos leitos de UTI, passando de 25 no domingo 20, para 32 neste domingo (27).

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 70 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 29 estão ocupadas registrando uma taxa de ocupação de 41,4%.

Já região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, três estão ocupados, registrando 15% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 19 estão ocupados, registrando 20% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, apenas um leito de enfermaria está ocupado, num total de 19 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continuar lendo

Notícias

Jovem Talento CIEE oferece capacitação a alunos dos ensinos médio e técnico

Publicado

em

A expectativa do programa é que ocorra 500 contratos mensais de estágios

Conhecido por intermediar contratos de estágio entre empresas e estudantes, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) vai oferecer capacitação por meio de cursos a distância, divididos por áreas como Administração, Comércio e Varejo, Contabilidade e Finanças e Tecnologia através do programa Jovem Talento CIEE. O programa tem foco em jovens que estejam no Ensino Médio e Técnico.  

A expectativa do programa, batizado de Jovem Talento CIEE, é que ocorra 500 contratos mensais de estágios. Segundo dados do banco de cadastro do CIEE, há cerca de 524 mil jovens no ensino médio e técnico elegíveis para o programa.

O estágio dos estudantes terá carga horária diária de seis horas, das quais uma será reservada para as aulas nos cursos oferecidos pelo programa. Para o diretor-presidente do CIEE, Humberto Casagrande, o programa tem como objetivo auxiliar jovens que estejam vulneráveis ao desemprego provocado pela pandemia de Covid-19.

“Capacitação e oportunidades no mundo do trabalho são fatores que assombram há muitos anos os jovens brasileiros. Essa iniciativa é uma maneira de minimizar números de desalentados no nosso país, e, não só isso, será possível também combater a evasão escolar”, afirmou.

O programa é válido para os estados da Região Norte, Nordeste (exceto Pernambuco), Centro-Oeste e São Paulo. As empresas interessadas em ofertar vagas nesta modalidade podem fazer contato diretamente com um consultor do CIEE nestes locais. Já os estudantes devem realizar um cadastro no próprio site da plataforma. O endereço é https://portal.ciee.org.br/.

As empresas podem tirar dúvidas a respeito de vagas e como aderir ao programa por meio do número 3003-2433, ligação local, sem necessidade do DDD.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Continuar lendo

Destaque 3

66% dos eleitores de Cruzeiro do Sul aprovam e 29% reprovam governo de Jair Bolsonaro

Publicado

em

A satisfação dos eleitores de Cruzeiro do Sul com o mandato do presidente Jair Bolsonaro também foi avaliada pela pesquisa de opinião pública registrada AC 09491/2020, realizada pela Real Time Big Data, encomendada e divulgada nesta segunda-feira, 28, pela TV Gazeta/ac24horas.

De acordo com o cenário das eleições municipais 2020 na cidade, 66% dos eleitores entrevistados se dizem satisfeitos com o mandado do presidente Jair Bolsonaro. No entanto, 29% dos entrevistados desaprovam a gestão de Bolsonaro. 5% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

A pesquisa de opinião pública de avaliação do cenário municipal na cidade de Cruzeiro do Sul foi realizada no período de 21 e 22 de Setembro de 2020 e tem amostra de 600 entrevistas. A margem de erro é de 4,0 pontos, com nível de confiança de 95%.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas