Conecte-se agora

Justiça penhora 10% do faturamento da Igreja Mundial do Poder de Deus

Publicado

em

A Justiça de São Paulo determinou a penhora de 10% do faturamento bruto da Igreja Mundial do Poder de Deus. No hall, é incluso a penhora de dízimos, doações e quaisquer outras fontes de arrecadação. A decisão do juiz Carlos Eduardo Borges Fantacini, da 26ª Vara Cível, atende ao pedido do Grupo Bandeirantes, que cobra a igreja por ter deixado de pagar pelo espaço utilizado para veicular programas no Canal 21. A igreja é comandada pelo apóstolo Valdemiro Santiago.

Em março e maio deste ano, já foram penhoradas das contas da Igreja Mundial cerca de 25% dos R$ 8,9 milhões devidos. Um administrador judicial deve fazer diligências para verificar se, a cada culto, por exemplo, parte do dinheiro entregue por fiéis será repassada à Band. A Justiça ainda neste ano considerou improcedente a ação por danos morais da revista IstoÉ sobre a crise financeira da igreja.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas