Conecte-se agora

MP do Estado do Acre concorre ao Prêmio CNMP 2014 com 27 projetos

Publicado

em

unnamed (1)

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) inscreveu 27 iniciativas bem-sucedidas no Banco Nacional de Projetos para concorrer ao Prêmio CNMP 2014, realizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O objetivo da premiação é prestigiar os programas e projetos do Ministério Público que mais se destacaram na concretização do Planejamento Estratégico Nacional e no alinhamento com os objetivos definidos. A premiação é anual e sua organização conta com Conselho Gestor, Comissão Julgadora e Secretaria Executiva.

Os projetos devem se enquadrar nas seguintes categorias: Combate à Criminalidade; Saúde, Idoso, Pessoa com Deficiência; Comunicação e Relacionamento; Eficiência Operacional; Governança do Planejamento Estratégico; Orçamentário e Financeiro; Profissionalização da Gestão; Tecnologia da Informação; Improbidade Administrativa e Corrupção; Infância e Juventude; e Meio Ambiente.

O MPAC participa da edição deste ano com os seguintes projetos: Assessoria Virtual, A paz começa em casa, Bichos na escola, Café com o PGJ, Cine Pipoca, Comunidade Segura-Pacto pela Segurança, Combate à poluição hídrica na bacia do Rio Acre, Conexão de Direitos, Fala Cidadão, Programa Educação de Gestão, Enfrentamento à violência doméstica e familiar conta a mulher, MP na Comunidade, Modelo de Governança Institucional, Mulheres em regime prisional, Implantação do Núcleo de Apoio Técnico-NAT, Implantação do Centro de Atendimento ao Cidadão-CAC, MP Itinerante, MPAC por processos, Matriz curricular para formação de analistas do MPAC, Núcleo de Atendimento Terapêutico-Natera, O que você tem a ver com a corrupção?, Prêmio de Jornalismo, Promotor por um dia, Ressocialização de Mulheres em regime prisional no município de Rio Branco, Revista MP, Serviço de email na nuvem e Viver para servir.

“É uma alegria muito grande ter essa enorme quantidade de projetos habilitada a participar de premiações nacionais. Isso demonstra a capacidade criativa e o comprometimento dos nossos membros e servidores porque são projetos que demandam dedicação e esforço visando atingir resultado institucional em prol da coletividade. Isso nos enche de orgulho e nos anima a seguir sempre em frente”, ressalta o procurador-geral Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto.

Com o Banco Nacional de Projetos, o CNMP visa possibilitar que cada unidade institucional possa demonstrar suas atividades de sucesso em todo o território nacional e ser fonte de memória desse trabalho amplo e eficaz dos Ministérios Públicos, além de estimular a ampla participação e reconhecer os esforços de membros e servidores.

As melhores práticas serão escolhidas por uma comissão julgadora e divulgadas durante solenidade a ser realizada durante o Congresso Brasileiro de Gestão, em novembro deste ano. Os ganhadores receberão troféu e certificado.

Prêmio CNMP

A proposta de Resolução que cria o Prêmio CNMP foi aprovada pelo Plenário no dia 22 de maio de 2013. De acordo com o texto, o objetivo é prestigiar os programas e projetos do Ministério Público que mais se destacaram na concretização do Planejamento Estratégico Nacional e no alinhamento com os objetivos definidos. A premiação é anual e sua organização conta com Conselho Gestor, Comissão Julgadora e Secretaria Executiva.

No ano passado, o Natera foi escolhido entre 407 projetos, e ficou em segundo lugar no Prêmio, do qual participaram unidades do MP de todo o Brasil. A criação de uma rede de parceiros internos e externos e o fluxo de atendimento implantado para acolher dependentes químicos foram fatores determinantes para que a iniciativa tenha obtido esse resultado na área de unidade e eficiência da atuação institucional e operacional.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas