Conecte-se agora

Aliança por um Acre Melhor divulga perfil de candidatos da chapa majoritária

Publicado

em

Está quase tudo pronto para o grande duelo entre as três chapas que disputam o comando do governo do Acre, nas eleições deste ano. Depois de Tião Bocalom (DEM) definir o seu time, homologando sua chapa em convenção, nesta sexta-feira (27) é a vez das coligações Frente Popular do Acre, de Sebastião Viana (PT) e Aliança por um Acre Melhor, de Márcio Bittar (PSDB) oficializar a escalação de seus times para disputa eleitoral deste ano.

A aliança, coligação partidária composta por 11 legendas, é a maior união de partidos de oposição formada nos últimos 16 anos. Dos seis maiores partidos do Congresso Nacional, cinco estão no grupo. São eles: PMDB, PSDB, PP, PSD e PR; ainda compõem a coligação o PSC, Solidariedade, PTC, PRTB, PTdoB e o PPS. Esta uniãodos partidos é resultado daquilo que a sociedade tem pedido a cada eleição aos líderes da oposição: a unidade para assegurar uma alternância de poder capaz de realizar uma transição segura para um Acre melhor. Para que o eleitor tenha esta confiança, a aliançaescolheu, de forma unânime, seus candidatos majoritários nesta eleição 2014. Para o governo foi definido o nome do primeiro-secretário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Márcio Bittar (PSDB). A disputa pelo governo tinha ainda como postulantes o senador Sérgio Petecão (PSD) e o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB). Mas a partir dos resultados das pesquisas e em busca da união, ambos retiraram seus nomes. Bittar terá como candidata a vice-governadora a deputa estadual Antonia Sales (PMDB). Já para o senado está definido o deputado federal Gladson Cameli (PP), que vai para a disputa após dois sucessivos e bem avaliados mandatos na Câmara.

A seguir, o perfil dos três candidatos:

MÁRCIO MIGUEL BITTAR, 51 anos, nascido em Franca (SP)

Bittar_45Marcio Miguel Bittar nasceu em Franca, cidade do interior paulista, em 28 de junho de 1963. Ele é casado com Marcia Espíndola Bittar, com quem tem três filhos: Júlia, João Paulo, Paula e Pedro Márcio Bittar. É deputado federal em seu segundo mandato (não sucessivo) e hoje ocupa o segundo cargo mais importante dentro do Congresso Nacional: a primeira-secretaria da Câmara. A função é conhecida como “prefeito da Câmara” por tratar do correto funcionamento da Casa e executar um Orçamento anual de mais de R$ 5 bilhões.

Vindo para o Acre ainda na década de 1970, construiu sua vida no município de Sena Madureira, onde sua família investia na produção rural. Sua entrada na política se deu ainda na juventude, quando participava dos movimentos estudantis em Mato Grosso do Sul, onde morou para completar os estudos.

Sua carreira pública começou na década de 1990, quando foi eleito deputado estadual no ACRE. Durante sua passagem pela Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC), entre 1995 e 1999, se destacou como autor de projetos importantes. Em destaque estava o fim do pagamento de pensão para ex-governador. O projeto foi sancionado pelo então governador Orleir Cameli. O benefício, contudo, voltou durante o governo do PT.

Outro projeto estava o fim do voto secreto na ALEAC, oque contribuiu para uma maior transparência no exercício da atividade parlamentar. Esta atuação lhe rendeu aprovação popular e um mandato na Câmara dos Deputados entre 1999 e 2002. Em 2006 concorreu pela primeira vez ao governo, ficando em segundo lugar. Quatro anos depois foi eleito deputado federal com a maior votação já recebida para o cargo. Márcio Bittar é graduado em História pela Faculdade Claretiano, de Brasília (DF).

ANTONIA ROJAS SALES, 58 anos, nascida em Pucallpa, no Peru

sales_15A deputada estadual Antonia Sales (PMDB) tem a sua trajetória de vida como a de milhares de pessoas que deixaram sua terra natal para serem acreanas por opção. Nasceu em 13 de junho de 1956, no vilarejo de Masiseia, no Estado peruano de Pucallpa, na fronteira com o Acre. Veio para o Brasil acompanhada do pai, em 1977, em visita ao Seringal Grajaú, em Cruzeiro do Sul. Lá, teve que ficar quando o pai precisou fazer um regresso de emergência para o Peru ao ser informado sobre o estado delicado de saúde de uma outra filha.

Prometendo voltar em poucos dias para lhe buscar, o pai de Antonia retornou quase um ano depois. Foi neste período que ela conheceu o jovem Vagner Sales, como quem veio a se casar e ter seus três filhos: Fagner, Jéssica e Emerson. Vocacionado para a política, Vagner Sales começou sua trajetória como vereador de Cruzeiro do Sul ainda no Movimento Democrático Brasileiro (MDB), o único partido de oposição autorizado a funcionar no regime militar (1964-1985).

Depois da Câmara Municipal foi para a Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC). Após alguns mandatos, se afastou do cargo e trabalhou para eleger a mulher Antônia Sales, que está em seu terceiro mandato. Vagner Sales é hoje prefeito de Cruzeiro do Sul em seu segundo mandato e sendo o mais bem avaliado entre os 22 gestores municipais.

Nestes 12 anos como deputada, Antonia tem atuado como uma das principais vozes de oposição ao governo do PT, denunciando e fiscalizando as ações do Executivo. Sua atuação a gabaritou para ser uma grande liderança no Vale do Juruá. Antonia Sales é graduada em Administração pela Faculdade de Desenvolvimento Sustentável de Cruzeiro do Sul (Ieval).

GLADSON DE LIMA CAMELI, 36 anos, nascido em Cruzeiro do Sul (AC)

cameli_11Gladson de Lima Cameli é engenheiro civil e nasceu em 26 de março de 1978. Foi eleito deputado federal para o segundo mandato consecutivo em 2010 representando o Acre. Casado com Ana Paula Correia Cameli, é pai de Guilherme Correia Cameli. Sua primeira eleição foi em 2006, ainda quando tinha 27 anos. A juventude, porém, não foi empecilho para se tornar um dos parlamentares mais atuantes do Congresso nacional.

Sobrinho do ex-governador Orleir Cameli (1995-1999), que, entre outras obras, iniciou a ligação terrestre entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Durante seus quase oito anos na Câmara dos Deputados, foi eleito por sites especializados como um dos mais atuantes do seu Estado, figurando como o campeão em liberação de emendas e indicações para todas as cidades acreanas.

Tem atuação voltada para os setores de infraestrutura, econômico, educação e produção agrícola. Hoje exerce a vice-presidência da Comissão de Minas e Energia, já tendo ocupado outros cargos de destaque como a presidência da Comissão da Amazônia, e integrar a CPI do Tráfico de Pessoas; é relator do projeto que regulamenta a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) em todo o Brasil.

Anúncios

Cotidiano

Uber é sequestrado por criminosos que colidem carro e acabam presos pela PM

Publicado

em

Uma ação rápida dos Policiais Militares do 1° Batalhão resultou na prisão de três assaltantes: dois jovens maiores de idade e um adolescente de 16 anos. Os militares ainda resgataram um motorista de aplicativo Uber que havia sido sequestrado na tarde desta terça-feira, 29.

A prisão dos jovens criminosos acusados de cometer o sequestro aconteceu na Travessa da Hosana Carneiro, situada no bairro João Eduardo II, na Baixada da Sobral, em Rio Branco.

O motorista Uber relatou ao ac24horas que recebeu a chamada pelo aplicativo para a rua Ary Rodrigues, no bairro Aeroporto Velho. Segundo ele, ao chegar no local, dois homens entraram no carro e pediram que ele fosse até ao bairro Bahia Nova. Lá, mais um homem entrou no veículo e anunciou o assalto. E m seguida, colocaram o trabalhador no porta-mala do carro e saíram rodando pelas ruas da Baixada da Sobral.

A Polícia Militar foi acionada via Ciosp e foi informada que um motorista de aplicativo havia sido sequestrado em seu veículo de cor branca. Várias guarnições da Polícia Militar começaram a procurar pelo trabalhador na região e os Policiais do Tático do 1° Batalhão conseguiram avistar o veículo saindo de um posto de combustível.

Foi feito um acompanhamento e quando os criminosos chegaram na região do bairro João Eduardo II, saíram em fuga entrando na rua Hosana Carneiro. Em seguida, os criminosos colidiram contra um muro de uma residência.

O trio foi abordado e o motorista Uber que estava no porta-malas foi resgatado. Em posse dos assaltantes, os policiais encontraram uma escopeta calibre 16 com um cartucho intacto e um simulacro.

Segundo a polícia, os criminosos são membros da facção Bonde dos 13 (B13) e teriam roubado o veículo para cometer roubos e executar os seus rivais.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e os membros da facção foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Acre

Eufórico, Tião Bocalom afirma que a vitória vai ser no 1° turno

Publicado

em

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

Em evento que teve a presença de várias lideranças da política acreana, apoiadores e militantes, o Progressistas e o PSD oficializou na noite desta terça-feira, 29, a candidatura de Tião Bocalom como candidato a prefeito de Rio Branco e de Marfisa Galvão, candidata a vice.

O evento ocorreu na sede do Progressistas, na rua Major Ladislau Ferreira, 892, bairro Abraão Alab, próximo ao Colégio Meta.

Animado, Bocalom agradeceu o apoio de todos em sua candidatura e teceu elogios ao pastor Reginaldo Barros e a senadora Mailza Gomes por bancar a sua candidatura.

“Se não tivessem pulso, esse povo não estaria aqui hoje. Vamos juntos! Bestene, Petecão e Reginaldo. Nós temos que ser otimista e é positivo que estamos pensando agora, a vitória é no 1°turno”, afirmou.

Bocalom ironizou às pesquisas que o colocaram em 4° lugar e relembrou às pesquisas de eleições anteriores que colocavam ele perdendo por muitos votos, 2012 e 2010, respectivamente.

Bocalom destacou que ao contrário de Gladson irá valorizar os aliados que estão em sua campanha, caso seja eleito.

“Tantos que lutaram e que se dedicaram e hoje quem está se dando bem é a turma do PT e do PCdoB, isso não vai acontecer com a gente não”, afirmou.

Bocalom afirmou que os vereadores de todos os partidos tem dito que ele vai ganhar no 1° turno.

“Eles vieram falar comigo porque as coisas estão diferentes. Queremos cuidar do povo de Rio Branco, das crianças, da juventude, das idosas e das pessoas que estão trabalhando.

Bocalom destacou que os ramais e o homem do campo serão prioridades.

“A gente quer trabalhar. Queremos comer o arroz do Acre, chega de comer comida de fora! O nosso povo merece respeito! Chega! Nós vamos cuidar dos ramais e é de lá que vem a riqueza. Vamos cuidar da nossa gente”, afirmou.

“Tem que falar de Acrelândia sim Petecão. Quando implantamos o programa de saúde lá, foi por três o melhor do Acre. É só não roubar que o dinheiro dá. Vamos colocar a área da saúde pra trabalhar a noite e quem não quiser é só pedir pra sair”, afirmou.

Em sua fala, o senador Sérgio Petecão (PSD), ficou emocionado com o discurso de Bestene e ironizou os resultados que colocam Bocalom em 4° lugar.

“É a vez de Bocalom. Ele sempre esteve na trincheira com a gente e tem uma coisa que eu não sou é ingrato. Por isso, meus amigos, estou com o Bocalom”, afirmou.

“Não temos dinheiro para comprar pesquisas. Vamos conversar com o povo, e vamos levar o nome de Bocalom aos quatro cantos da cidade. Precisamos de alguém que trate os presidentes de bairro bem. Bocalom é experiente, trabalhador e de bem”, encerrou Petecão.

Em sua fala, Marfisa Galvão, agradeceu o apoio da militância e disse que a juventude está fechada com Bocalom.

“Esse homem merece todo o reconhecimento. Bocalom é um cara que fala a verdade e é trabalhador. Vamos ganhar essa eleição”, afirmou.

Continuar lendo

Acre

Bestene diz para Gladson: “o povo dará a resposta em 2022”

Publicado

em

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

Em evento que teve a presença de várias lideranças da política acreana, apoiadores e militantes, o Progressistas e o PSD oficializaram na noite desta terça-feira, 29, a candidatura de Tião Bocalom como candidato a prefeito de Rio Branco e de Marfisa Galvão, candidata a vice, mas quem roubou a cena foi o deputado estadual José Bestene.

Entusiasmado, Bestene parabenizou a militância pela presença e deu um recado nas entrelinhas a Cameli pela falta de apoio a chapa do Progressistas.

“Eu tenho certeza de que o nosso governador e todos os deputados estarão com o Bocalom. E se não estiver, o povo dará a resposta em 2022. O povo saberá dar a resposta em 2022”, afirmou Bestene.

O deputado estadual teceu elogios a chapa Bocalom/Marfisa e afirmou que decidiu apoiar Bocalom por ele ter palavra. “Nós vamos sofrer muito e já estamos sofrendo com mentiras. Nenhuma outra chapa é melhor que esses dois. Ele tem palavra e é por isso que eu resolvi apoiar o Tião Bocalom. O que vale na vida é a palavra. Rio Branco merece alguém na cadeira de prefeito que trabalhe toda hora e não apenas um prefeito que só trabalha em época de eleição”, afirmou.

Bastene ironizou às pesquisas que colocam Bocalom em 4° lugar e disse que Bocalom está em 1° lugar e que ganhará no 1° turno.

“Hoje já soltaram uma mentira e eu tenho certeza que o Bocalom já está em 1°lugar nas pesquisas, e iremos lutar pra ganhar no 1°turno, mas se não der vamos ganhar no 2° turno”, encerrou.

Continuar lendo

ALEX THOMAS

Separação de casais maromba por traição dá o que falar

Publicado

em

A Venenosa do Acre está pulando de alegria essa semana, tudo porque essa história já foi falada aqui e, na época, os envolvidos negaram tudo. Enfim, a verdade apareceu. Nós avisamos sempre para vocês, nosso colunista Alex Thomas pode aumentar, mas nunca inventar. Hoje o mundo fitness está em pauta, vamos conferir? Porque nós temos certeza que vocês vão recordar essa história.

Assista ao vídeo:

video

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas