Conecte-se agora

Arena da Floresta passa por processo de popularização

Publicado

em

arena da floresta

A ideia era futurista, visionária como se costuma dizer na gíria política. A confirmação do Acre como uma das sedes da Copa do Mundo colocaria o Estado na rota das maiores obras de mobilidade e desenvolvimento urbano do país, os investimentos seriam fantásticos. Seriam, porque tudo não passou de um sonho.

O projeto apresentado pelos gestores acreanos ainda conseguiu passar em duas peneiras feitas pela FIFA. 22 duas cidades concorriam o acolhimento dos jogos: as capitais Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife/Olinda (candidatura conjunta), Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Teresina, além da cidade de Campinas no interior do estado de São Paulo.

Em janeiro de 2009 a cidade de Maceió desistiu, restavam dezessete cidades. A FIFA limita o número de cidades-sedes entre oito e dez, entretanto a organização cedeu aos pedidos da CBF e concedeu permissão para que se utilizem doze sedes no mundial. No dia 31 de maio de 2009, veio a frustração: Belém, Campo Grande, Florianópolis, Goiânia e Rio Branco, estavam eliminadas.

Sem desistir do sonho, o ex-governador Binho Marques ainda tentou junto a CBF, que o Acre fosse subsede da Copa do Mundo. O encontro ocorreu na sede da CBF, no Rio de Janeiro, e contou com a presença do então senador á época Tião Viana e de Sibá Machado, do secretário de Planejamento, Gilberto Siqueira, e do presidente da Federação Acreana de Futebol, Antônio Aquino. Todos saíram jurando que Ricardo Teixeira tinha ficado empolgado com o projeto.

Os gestores apresentaram ao Brasil um modelo ousado de investimento no esporte, com apoio a escolinhas de futebol, a injeção de recursos sistemáticos nos clubes de primeira divisão, além é claro, da Arena da Floresta, que era na época, um dos mais modernos estádios de futebol do Brasil.

Inaugurado em 2006, no final da gestão do ex-governador Jorge Viana, o Arena tinha amplas condições de ser emprestado para que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) pudesse disponibilizá-lo para que seleções de qualquer parte do mundo utilizassem suas adaptações em um espaço moderno e confortável. Mas a tentativa foi novamente frustrada.

DIAGNÓSTICO

Quatro anos depois, a Arena da Floresta perdeu mais um título: o de estádio mais moderno da região Amazônica. Inaugurada em janeiro, a Arena da Amazônia ganhou essa referência.

Péssimo clima – A notícia de rebaixamento do maior templo do futebol acreano se assemelha ao desempenho dos principais representantes do esporte do estado em competições nacionais. O Rio Branco Futebol Clube foi uma das primeiras equipes da série C a ter o rebaixamento confirmado para a Série D. O time foi derrotado por 2 x 1 pelo Brasiliense, dentro da Arena da Floresta.

O Plácido de Castro, campeão acreano de 2013, no Campeonato Brasileiro Série D do ano passado chegou a surpreender quase conseguindo uma vaga na Série C. Jogando o primeiro jogo em casa, empatou em 1 a 1. Mas, infelizmente perdendo o jogo de volta para o Salgueiro de Pernambuco por 3 a 1, ficou pelo caminho. Com isso terminou a competição com a 8ª colocação, a melhor participação da História de um time acreano na 4ª Divisão.

Diagnóstico – O subsecretário de esportes, Petronilo Lopes, conhecido como Pelezinho, falou para o ac24horas do esforço que vem pelezinhorealizando para não deixar que um dos maiores patrimônios do futebol acreano, vire um elefante branco, no período em que não são disputados jogos pelo campeonato profissional.

O que Pelezinho chamou de popularização do estádio é, na verdade, a abertura dos seus portões para a camada mais pobre. “O Gari voltou a jogar aqui de novo. Está participando todo mundo com suas atividades, acho que é uma forma da gente agradecer o povo pelo que eles fazem por nossa cidade”, disse Pelezinho.

As atividades de Taekwondo, Jiu Jitsu, danças e Bombeiro Mirim, realizadas dentro da Arena, justificam, segundo Pelezinho, os investimentos de 18 milhões feitos pelo governo do Acre, que marcou um novo conceito de arquitetura na região. Ainda de acordo o subsecretário, o estádio passou a cumprir com seu dever social ajudando os filhos daqueles que realmente contribuem através dos impostos arrecadados para a manutenção do espaço e que contribuíram para a sua construção.

“Isso aqui é uma casa, o esporte se movimenta, assim estamos contribuindo com o desenvolvimento sustentável, afastando nossa juventude das drogas”, acrescentou.

Com relação a atuação dos times acreanos em competições nacionais, Pelezinho afirma que é preciso que o atleta acreano volte a competir com “amor pela camisa”. O gestor não esconde a frustação e fala até em consultar os universitários para saber, através de uma ampla pesquisa, qual é a verdadeira vocação do esporte acreano.

“Vamos fazer uma pesquisa com universitários para identificar qual é a verdadeira vocação dos nossos atletas”, concluiu.

Anúncios

Destaques Esporte

Vasco e Plácido empatam sem gols na Arena da Floresta

Publicado

em

Num jogo de poucas emoções e sem gols, Vasco da Gama e Plácido de Castro empataram neste sábado (27), na Arena da Floresta. O confronto foi válido pela segunda rodada do Campeonato Acreano 2016.

Os goleiros André (Vasco) e Robson (Plácido) foram os responsáveis pelo grito de gol guardado, pois ambos tiveram atuações de destaque.

Com o empate, o Plácido de Castro chegou a vice-liderança, com quatro pontos ganhos, dois a menos que o líder Atlético Acreano. Por outro lado, o Vasco da Gama, com o ponto conquistado, assumiu a quinta posição na tabela de classificação.

Próximos jogos

As duas equipes retornam a campo no próximo domingo (6). O Plácido enfrenta o Andirá, às 16h.  Em seguida, às 18h, o Vasco-AC terá pela frente o Galvez. Os dois jogos serão disputados no estádio Arena da Floresta.

 

Continuar lendo

Destaques Esporte

Mirando a ponta da tabela, Galvez pega o Andirá

Publicado

em

Na briga pela liderança do Campeonato Acreano 2016, o Galvez retorna a campo na tarde de hoje, às 16h, para medir forças contra o Andirá EC. O técnico Paulo Roberto deve fazer três medicações na equipe que estreou com vitória frente ao Alto Acre por 2 a 0. O zagueiro Reginaldo Júnior pode ceder lugar para o estreante Victor Hugo, enquanto volante Araújo Goiano ganha uma chance entre os titulares na vaga de Thiago. Outra mudança planejada será a saída do meia Zagalo para a entrada do rápido Léo. O meia Douglas, recuperado de forte gripe, participou do coletivo-apronto da última sexta-feira (26) e pode ficar como opção do técnico Paulo Roberto Oliveira.
 
A boa novidade no clube no coletivo-apronto foi a presença do volante Kássio na equipe reservas, após um bom tempo no departamento médico. Porém, o jogador deve seguir fora da equipe para o compromisso da tarde de hoje.
 
 Para o confronto contra o Morcego, o Imperador não poderá contar com o atacante Renan Plácido, que sofreu uma lesão muscular durante a semana e faz tratamento médico para voltar aos treinos. O provável time do Imperador para enfrentar o Morcego será o seguinte: Máximo, Layo, Victor Hugo, Gato, Antônio Marcos; Araújo Goiano, Wilson, Olliver (Douglas), Léo, Careca; Tonho Cabañas.
Continuar lendo

Destaques Esporte

Testinha deve desfalcar o Rio Branco contra a Amax

Publicado

em

Na busca da segunda vitória consecutiva no início do Campeonato Acreano 2016, o Rio Branco tem compromisso agendado para a tarde de hoje, às 16h, no estádio Álvaro Felício Abrahão, em Xapuri, a 188 km da capital, contra a Amax. O maestro alvirrubro Testinha continua sendo dúvida para a partida e a expectativa é que seja poupado do compromisso.

No meio da semana e até véspera do confronto contra o Azulão xapuriense, o meia foi poupado das atividades, mas irá seguir com a delegação alvirrubra para a cidade de Xapuri. De acordo com fisioterapeuta do Estrelão, Leandro Brasil, a decisão da participação do meia na partida da tarde de hoje será da comissão técnica.

Mesmo querendo contar com o meia para o segundo compromisso do clube na disputa do estadual, o técnico João Carlos Cavalo vai avaliar as condições do gramado do estádio Álvaro Felício Abrahão, assim evitando que a recuperação total do atacante seja prejudicada.

Nas próximas cinco semanas, o Rio Branco terá cinco compromissos pelo estadual e outros dois pela Copa Verde. Com isso, a comissão técnica estuda a possibilidade de não arriscar na escalação do meia, mas sim poupá-lo para outros jogos mais importantes da temporada.

Caso o maestro Testinha seja vetado para o compromisso de hoje, Cavalo deverá optar pela escalação de Wagner Libano. Outra novidade na equipe estrelada para o confronto contra o Azulão xapuriense será a estreia do lateral esquerdo Cristian, após situação regularizada na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O provável time estrelado para hoje será: Fernando Pompéu; Ley, Tiago Índio, Cácio e Cristian; Roberto Dinamite, Tárta, Wagner Libano e Neném; Romarinho e Lucas Goiano.

 
Continuar lendo

Destaques Esporte

Blog aponta Rei Artur como o maior ídolo do Clube do Remo

Publicado

em

O atacante acreano Artur, 46 anos, popularmente conhecido pela torcida azulina como Rei Artur, foi eleito na enquete promovida pelo blog campeão como o maior ídolo da história do Clube do Remo. O acreano recebeu 82 votos (33.47%), posicionando-se à frente de outros nove jogadores de grande relevância na vida do clube. O gigante Alcino foi o segundo colocado, com 77 votos (31.43%) dos votos. O “azougue” Mesquita recebeu 25 votos (10.2%), ficando em terceiro lugar. Bira, grande artilheiro do clube, é o 4º, com 19 votos (7.75%).

Agnaldo, que hoje integra a comissão técnica do Leão, foi o quinto colocado, com 15 votos (6.12%). Ageu Sabiá é o sexto mais votado, com 11 votos (4.49%). Amoroso, ídolo nos anos 60, foi lembrado com 5 votos (2.04%). O goleiro Dico teve também 5 votos (2,04%). Gian vem a seguir com 3 menções (1.22%), mesma votação recebida pelo artilheiro Dadinho. Ao todo, 245 internautas participaram da enquete, realizada entre 13 e 21 de fevereiro.

Hoje, o ex-jogador residente em Rio Branco, onde além de funcionário da Secretária de Esporte e convidado especial da TV Gazeta (Record) para comentar os jogos do Campeonato Acreano. No ano passado, Artur de Oliveira, após começa o ano dirigindo o Vasco da Gama-AC, levou o Galvez ao vice-campeonato estadual.

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas