Conecte-se agora

No rádio, Márcio Bittar questiona gastos do governo com cargos

Publicado

em

O pré-candidato a governador do Acre, deputado federal Márcio Bittar (PSDB), fez duras críticas aos gastos do governo do PT com cargos comissionados. Segundo Bittar, por ano, o governo de Sebastião Viana gasta quase R$ 100 milhões com salários de assessores especiais e secretários de Estado. As declarações do pré-candidato tucano foram dadas em entrevista neste domingo à Rádio Boas Novas.

“O governo não pode gastar quase R$ 100 milhões por ano com um monte de bacana engravatado que não faz nada. Qual é o trabalho que o Osmir Lima faz, qual é o trabalho que o ex-prefeito Nilson Areal faz, qual é o trabalho que o ex-prefeito Deda faz, qual é o trabalho que o ex-prefeito Itamar faz, qual é o trabalho que o ex-deputado Fernando Melo faz para o Estado? Eles estão envolvidos em algum projeto da produção rural? Ou seja, eles não estão envolvidos em nenhum projeto de desenvolvimento para o Estado.

Márcio Bittar criticou ainda o corporativismo partidário do PT. Ele disse que para os petistas a sigla partidária vale mais que a família e as “amizades” e citou o exemplo do secretário de Direitos Humanos, Nilson Mourão, que numa TV local criticou ele e sua esposa Márcia Bittar.

“Jamais eu vou criticar alguém envolvendo a mulher dele, jamais, como fez o Nilson Mourão outro dia numa rede de televisão. Tenho todas as razões para não fazer isso. Primeiro porque não vou atacar a esposa e a pessoa por tabela. Segundo que as nossas filhas são muito amigas. Mas para o PT não importa as amizades. Para o PT não importa as famílias. O partido está acima de tudo. Para eles, essa coisa de amizades não importa nada. Família não importa nada. O que importa é o tal do partido”, acrescentou.

Bittar também criticou o Ruas do Povo chamando o principal programa do atual governo de “uma porcaria” e fez referência a mais um empréstimo que o Estado fez no valor de R$ 240 milhões.

“O governo pega R$240 milhões, que nós vamos ter que pagar, e quem garante que a obra vai mal feita ou bem feita. Porque a Ruas do Povo é uma porcaria. É denúncia em tudo quanto é lugar. Se a obra for mal feita você vai pagar sempre e não vai ter o serviço”, finalizou.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas