Conecte-se agora

“Esse Wolvenar que foi preso é um dos homens mais honrados deste país, ninguém é mais honesto do que ele”

Publicado

em

O governador do Acre, Sebastião Viana (PT) foi o entrevistado do programa Roda Viva na noite de segunda-feira (12). Viana falou sobre a polêmica que se envolveu com o governador de são Paulo, Geraldo Alckimin (PSDB) na questão dos haitianos, das declarações do ex-governador Binho Marques (PT), da Operação G7, dos problemas que tem com a imprensa, da disputa eleitoral deste ano, dos projetos desenvolvidos no Estado e do governo Dilma.

Ao ser questionado sobre quem faria parte da “elite paulista” que de acordo com ele, teria raiva de negros pobres, Sebastião Viana, desconversou e disse que tinha consideração pelo povo de São Paulo, afirmando que sua filha teria nascido lá e que morou por um tempo no estado, onde fez pós-graduação. Sobre o envio de imigrantes, Viana explicou que “isso ocorre desde janeiro de 2011″, por que só agora que são haitianos negros o governo se manifestou?”

Sebastião_totalApesar de não criticar abertamente a presidenta Dilma Rousseff (PT), o governador do Acre acredita que falta organização na imigração que acontece pela fronteira do Acre. “Isso ainda vai dar problema. Nenhum país do mundo oferece abrigo e três refeições para um estrangeiro. Acho preciso ter visto obrigatório na saída de Porto Príncipe”, disse Viana que repetiu o mesmo argumento por diversas vezes durante a sabatina.

Sebastião Viana evitou polemizar na questão da enchente do Madeira. Questionado se a enchente teria sido causada pelos impactos das construção das hidrelétricas, ele remediu e disse que o que teria provado a enchente história seria as chuvas na Amazônia peruana. “Houve uma cheia que extrapolou todos os limites, por causa das precipitações de chuva e pela alta velocidade do Rio Madeira que é plano e demora a baixar o nível das águas”.

Questionado se subiria no palanque para apoiar Eduardo Campos, já que o seu vice, César Messias (PSB) iria pedir votos para o pernambucano, Viana foi enfático: “não me peçam para apoiar outro candidato, sou 100% Dilma”, disse o petista ao afirmar que a campanha volta Lula acontece apenas por uma parte da militância petista. Sebastião afirma que vai fazer todos os esforços para que a petista Dilma Ropusseff vença no primeiro turno.

O petista também falou que teria 90% de aceitação no Acre ao ser interrogado pelas declarações do ex-governador Binho Marques (PT), que em entrevista ao ac24horas teria dito que seu governo e o de Jorge Viana, teriam o DNA diferente da atual administração. Sebastião evitou polemizar, mas disse que é natural ter diferenças de um governo para o outro. Viana falou ainda que seu governo estaria pavimentando todas as ruas do estado.

O governador negou que tenha acontecido qualquer fato que ligue seu governo ao escândalo de corrupção investigado pela Polícia Federal na Operação G7. Sebastião afirma que depois de 28 meses nada foi provado e a PF teria pedido mais 90 dias. Ele destaca que realiza auditórias semestrais nas secretárias e defendeu Wolvernar Camargo, das acusações de corrupção ativa e passiva, fraude de licitação e desvio de verbas públicas.

“Esse Wolvenar Camargo que foi preso é um dos homens mais honrados deste país. Eu não escolho 10 – ninguém é mais honesto do que ele, mas prenderam um homem que há 32 anos mora na mesma casa, que dezenas vezes foi chamado para se envolver em privilégio de corrupção e se negou e rejeitou todos, um homem de dignidade única na vida”, disse Sebastião ao exaltar que seu governo defende intransigentemente a transparência.

O petista informou que Wolvenar vai entrar com uma ação de danos morais contra o Estado, caso seja provada sua inocência. “Se o governo for condenado vai tornar regressiva contra a magistrada que deu a sentença”. O caso da compra das cinco mil bicicletas elétricas, suspensa pela Justiça foi considerada como uma manobra da oposição pelo governador. “Isso foi uma ação de fato da oposição que não consegue desgastar o governo. Eles tentam mais não conseguem”.

Veja a íntegra da entrevista de Sebastião Viana ao programa Roda Viva da TV Cultura:

Propaganda

Destaque 5

Polícia Civil apreende mais de 33 kg de droga e dar prejuízo de R$ 200 mil a facção criminosa

Publicado

em

Visando o combate às organizações criminosas no Acre e retirando das ruas pessoas em conflito com a lei, a Polícia Civil por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) juntamente com o apoio da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (DCORE) deflagraram nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (25) a Operação Mirante, prenderam 16 pessoas e apreenderam mais 33 quilos de entorpecentes. A apresentação dos resultados aconteceu na Divisão de Investigações Criminais no bairro Cadeia Velha.

A Polícia deu cumprimento a 22 mandados de busca e apreensão na parte alta da cidade, na região dos bairros Tancredo Neves, Alto Alegre, Adalberto Sena, Defesa Civil, Xavier Maia, São Francisco e contou com mais de 90 policiais.

Dezesseis pessoas foram presas em flagrantes pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Durante a operação foram apreendidos: 30 quilos de maconha, 3 quilos de cocaína pura, 64 porções de Skank, 3 armas de fogo, várias munições e R$ 2.300 em espécie.

De acordo o Delegado Pedro Resende, coordenador da DRE, os resultados se deu devido um trabalho de 4 meses de investigação e o prejuízo estimado a organização criminosa é mais de R$ 200 mil.

“Foi mais uma ação integrada da Polícia Civil, DECO, DRE, DCORE e DHPP. Um trabalho em conjunto da Polícia Civil que conseguiu lograr êxito nesta operação. A operação Mirante vêm sendo trabalhada desde o início do ano, e que pese todas as dificuldades da Polícia Civil, e que pese o governo querer acabar com a nossa instituição, nós estamos trabalhando e mostrado pra sociedade do que nós somos capazes. São mais de 30 kg de drogas tirados de circulação, entorpecentes que iriam ser consumidos dentro da cidade, droga que iam afetar as famílias daquela região. Nós conseguimos desbaratar esta organização, era uma organização dentro de uma outra organização. Foi um trabalho de inteligência e um prejuízo de mais de R$ 200 mil a facção”, concluiu o Delegado.

Continuar lendo

Cidades

Sábado é dia de esquenta da terceira idade no município de Sena Madureira

Publicado

em

A prefeitura de Sena Madureira, confirmou para esse sábado (27), o tradicional “Esquenta da Terceira Idade”. O evento acontece no Centro do Idoso Alaíde Pinheiro, no bairro da Pista, a partir das 14 horas.

A programação, que já é tradição no município, vai contar com a presença da deputada federal Jéssica Sales (MDB/AC), que estará no município e foi convidada pelo prefeito Mazinho Serafim para participar da festa junto com os idosos.

A emedebista é autora da emenda parlamentar que vai garantir um novo prédio para abrigar o Centro do idoso. Um micro-ônibus que foi adquirido com recursos de emenda da parlamentar para realizar os passeios, visitas e viagens que o grupo costuma fazer, também vai está disponível.

O prefeito Mazinho falou da alegria em poder receber a emedebista novamente em Sena Madureira, tendo em vista o reconhecimento do compromisso com a cidade.

“É sempre um prazer poder receber a nossa deputada Jéssica Sales. Ela tem ajudado muito Sena Madureira com suas emendas, em diversas áreas. Tenho um reconhecimento grande por essa amiga, que sempre nos recebe bem em Brasília e está disposta a contribuir com o nosso município”, disse Mazinho.

A expectativa é que aproximadamente oitenta idosos participem das comemorações que leva alegria e diversão ao grupo da terceira idade do município.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.