Conecte-se agora

Sebastião Viana pode ser denunciado em Corte Internacional por deportação forçada de uma população

Publicado

em

O colunista do Portal UOL, Leandro Mazzini, titular do Blog Esplanada, afirmou que a migração de haitianos pode render um processo internacional ao governador do Acre, Sebastião Viana. Cerca de 2.500 imigrantes – a maioria – haitianos, foram transferidos do abrigo de Brasileia, na fronteira do Acre, para São Paulo após a cheia do Rio Madeira e o fechamento total do fluxo pela BR 364.

A situação criou uma crise institucional entre os governos do Acre e do São Paulo. Segundo o jornalista, ao bancar a migração de 900 haitianos ilegais do Acre para São Paulo, sem acordo com o governo paulista, o governador do Acre, Sebastião Viana (PT), deixou um pepino eleitoral para o aliado partidário Alexandre Padilha, o futuro candidato ao governo. Nas hostes tucanas, prepara-se um contra-ataque para a campanha: o governador Geraldo Alckmin (PSDB) pode acusar Padilha de cumplicidade com Sebastião.

Ainda de acordo com Mazzini, para piorar a situação do governador do Acre, há tese de juristas em São Paulo de que Viana pode ser denunciado no Senado à Procuradoria do Tribunal Penal Internacional, por ‘Deportação ou transferência forçada de uma população’ (artigo 7º, d, do Estatuto do TPI) . Para isso, um senador teria de protocolar a denúncia.

Pelo artigo do Tribunal, houve ‘o deslocamento forçado de pessoas, através da expulsão ou outro ato coercivo, da zona em que se encontram legalmente, sem qualquer motivo reconhecido no direito internacional’.

O tema rendeu o adjetivo ao governador Sebastião Viana de “coiote”. As declarações foram da secretária de direitos humanos paulista, Eloísa Arruda. Em contrapartida, o governador do Acre protocolou uma ação de indenização por danos morais contra Eloísa.

O secretário de direitos humanos do Acre, ex-deputado federal, Nilson Mourão, admitiu em entrevista para o ac24horas que se deparou com uma situação de incapacidade técnica junto com sua equipe. “Trabalhamos por intuição, nenhum de nós tem experiência migratória,” confessou o secretário acreano.

A declaração do experiente secretário foi dada no campo de refugiados montado no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, em Rio Branco, no Acre. Ainda de acordo Nilson Mourão, ainda existiu a proposta de fechamento da fronteira através de um plano chamado de “safona”.

Ao justificar a atitude do governador Sebastião Viana de ajudar no envio dos haitianos para as regiões sul e sudeste, aproveitando a logística montada para a cheia do Rio Madeira, com a utilização de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), Mourão revelou que teve medo de brigas, de incêndio, da transmissão de doenças e outros problemas com tanta gente circulando nas cidades de Brasileia e Epitaciolândia.

Nesta segunda-feira, 12, o governador Sebastião Viana será o entrevista do Programa Roda Viva, da TV Cultura. A pauta abordada será as cheias que vêm assolando a região norte do País e a polêmica que provocou ao transferir para São Paulo centenas de haitianos em ônibus fretados. O Roda Viva é apresentado pelo jornalista Augusto Nunes e vai ao ar às 20h (Hora do Acre), na TV Cultura, canal 2.

Propaganda

Destaque 5

Polícia Civil apreende mais de 33 kg de droga e dar prejuízo de R$ 200 mil a facção criminosa

Publicado

em

Visando o combate às organizações criminosas no Acre e retirando das ruas pessoas em conflito com a lei, a Polícia Civil por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) juntamente com o apoio da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (DCORE) deflagraram nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (25) a Operação Mirante, prenderam 16 pessoas e apreenderam mais 33 quilos de entorpecentes. A apresentação dos resultados aconteceu na Divisão de Investigações Criminais no bairro Cadeia Velha.

A Polícia deu cumprimento a 22 mandados de busca e apreensão na parte alta da cidade, na região dos bairros Tancredo Neves, Alto Alegre, Adalberto Sena, Defesa Civil, Xavier Maia, São Francisco e contou com mais de 90 policiais.

Dezesseis pessoas foram presas em flagrantes pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Durante a operação foram apreendidos: 30 quilos de maconha, 3 quilos de cocaína pura, 64 porções de Skank, 3 armas de fogo, várias munições e R$ 2.300 em espécie.

De acordo o Delegado Pedro Resende, coordenador da DRE, os resultados se deu devido um trabalho de 4 meses de investigação e o prejuízo estimado a organização criminosa é mais de R$ 200 mil.

“Foi mais uma ação integrada da Polícia Civil, DECO, DRE, DCORE e DHPP. Um trabalho em conjunto da Polícia Civil que conseguiu lograr êxito nesta operação. A operação Mirante vêm sendo trabalhada desde o início do ano, e que pese todas as dificuldades da Polícia Civil, e que pese o governo querer acabar com a nossa instituição, nós estamos trabalhando e mostrado pra sociedade do que nós somos capazes. São mais de 30 kg de drogas tirados de circulação, entorpecentes que iriam ser consumidos dentro da cidade, droga que iam afetar as famílias daquela região. Nós conseguimos desbaratar esta organização, era uma organização dentro de uma outra organização. Foi um trabalho de inteligência e um prejuízo de mais de R$ 200 mil a facção”, concluiu o Delegado.

Continuar lendo

Cidades

Sábado é dia de esquenta da terceira idade no município de Sena Madureira

Publicado

em

A prefeitura de Sena Madureira, confirmou para esse sábado (27), o tradicional “Esquenta da Terceira Idade”. O evento acontece no Centro do Idoso Alaíde Pinheiro, no bairro da Pista, a partir das 14 horas.

A programação, que já é tradição no município, vai contar com a presença da deputada federal Jéssica Sales (MDB/AC), que estará no município e foi convidada pelo prefeito Mazinho Serafim para participar da festa junto com os idosos.

A emedebista é autora da emenda parlamentar que vai garantir um novo prédio para abrigar o Centro do idoso. Um micro-ônibus que foi adquirido com recursos de emenda da parlamentar para realizar os passeios, visitas e viagens que o grupo costuma fazer, também vai está disponível.

O prefeito Mazinho falou da alegria em poder receber a emedebista novamente em Sena Madureira, tendo em vista o reconhecimento do compromisso com a cidade.

“É sempre um prazer poder receber a nossa deputada Jéssica Sales. Ela tem ajudado muito Sena Madureira com suas emendas, em diversas áreas. Tenho um reconhecimento grande por essa amiga, que sempre nos recebe bem em Brasília e está disposta a contribuir com o nosso município”, disse Mazinho.

A expectativa é que aproximadamente oitenta idosos participem das comemorações que leva alegria e diversão ao grupo da terceira idade do município.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.