Conecte-se agora

Governo diz não, mas o povo diz sim à Marcha contra o Crack

Publicado

em

Aos gritos de “sim pela vida, não às drogas, mais de 5 mil pessoas marcharam pelas ruas centrais da capital manifestando apoio em favor da família

marcha_05

A 10ª Marcha contra o Crack e outras Drogas levou pelo menos 5 mil pessoas às ruas de Rio Branco na tarde deste sábado. O movimento é promovido pelo Centro Terapêutico Lucimar Lucena Ramos. A festa que começou às 15 horas entrou pela noite com a apresentação do Cantor André Valadão e Banda, no palco montado em frente à Assembleia Legislativa do Acre. A deputada federal Antônia Lúcia (PSC), os deputados federais: Silas Câmara (PSC-AM), Márcio Bittar (PSDB) e Gladson Cameli (PP) prestigiaram o evento.

Representantes de entidades e membros de diferentes segmentos da sociedade civil, além de religiosos – a maioria evangélicos – participaram da marcha que percorreu as ruas centrais da capital. O objetivo, segundo a deputada federal Antônia Lúcia, é de chamar a atenção para o combate ao uso de entorpecentes e pretende ser uma grande mobilização pela vida.

Marcha_02

Para o advogado Valdir Perazzo, “o evento já entrou para o calendário cultural de Rio Branco”. Falando sobre o primeiro ano de existência do Centro Terapêutico Lucimar Lucena Ramos, Gabriela Câmara agradeceu aos profissionais voluntários e lamentou a não participação de autoridades do estado na festa.

“O governador Sebastião Viana disse não desde o momento que negou a frente do Palácio Rio Branco para realização dessa festa em favor da vida, mas o povo do Acre de forma sábia ocupou as escadarias da Assembleia Legislativa e disse sim à família”, acrescentou Gabriela.

marcha_03

Emocionada, Gabriela destacou o esforço da deputada federal Antônia Lúcia e do deputado federal Silas Câmara. “A droga é o grande malefício da sociedade contemporânea, requer a conscientização de todos por que não tem receita fácil para a recuperação é preciso o esforço conjunto de toda sociedade, de todas as famílias, de todas as esferas de governo, das igrejas e instituições”, reforçou Gabriela.

De acordo com dados do II Levantamento Nacional de Álcool (II Lenad) e outras drogas, o Brasil tem cerca de 1 milhão de dependentes de cocaína ou crack e a reabilitação dos usuários é em torno de 30%. O centro Lucimar Lucena Ramos já recuperou centenas de viciados no Estado do Acre.

marcha_04

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas