Conecte-se agora

Enchente nos rios do Amazonas acumula prejuízo de R$ 136 milhões

Publicado

em

Até esta segunda-feira (07), o prejuízo acumulado pelos produtores rurais em decorrência da enchente nos rios do Amazonas estava estimado em R$ 136,38 milhões, segundo cálculos feitos pelo Instituto Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

Amanhã, quando o governo do Estado, instituições financeiras e outros órgãos ligados ao setor primário se reunirem para discutir a possibilidade de perdoar a dívidas dos produtores, esses números serão levados em consideração.

O prejuízo até aqui registrado leva em conta o cultivo realizado por 5.694 famílias localizadas nas calhas dos rios Purus, Madeira, Juruá e Médio Amazonas.

De acordo o presidente do Idam, Edimar Vizolli, esses números serão levados para a reunião como forma de garantir o perdão das dívidas ou formatar o modelo de renegociação pelo governo estadual.

Segundo ele, anistias no âmbito do governo federal também estão sendo negociadas. “Ainda não temos o número fechado de trabalhadores com dívidas, mas devido ao prejuízo calculado até o momento, sabemos que a medida é necessária”, afirmou.

Crédito

Segundo Vizolli, além da renegociação serão ajustados na reunião, os últimos detalhes para o lançamento do programa de crédito especial para os produtores. Ele disse acreditar que um valor superior a R$ 100 milhões deva ser disponibilizado aos produtores este ano, somando concessões estaduais e federais. “Em 2012, quando tivemos a maior enchente já registrada, esse subsídio foi de R$ 200 milhões. Este ano, com o impacto para menos municípios, devemos ficar abaixo desse valor”, calculou.

A ideia, de acordo com o representante do órgão, é firmar algo a exemplo do formato oferecido em 2031, quando os produtores podiam solicitar empréstimos de até R$ 10 mil com 50% de subsídio estadual e carência de dois anos para começar a pagar. “Este ano, queremos propor uma linha de crédito de até R$ 15 mil”, apostou Vizolli.

Danos

De acordo com o levantamento do Idam, que levou em consideração as perdas dos agricultores e pecuaristas até o dia 3 de abril, treze municípios já acumulam prejuízos. Quatro localidades pertencem à calha do Rio Purus (Boca do Acre, Canutama, Lábrea e pauiní), três à do Rio Juruá (Envira, Ipixuna e Guajará), cinco à do Rio Madeira (Apuí, Borba, Humaitá, Manicoré e Novo Aripuanã) e um se situa no Médio Amazonas (Nova Olinda do Norte).

Mesmo faltando mais de dois meses para o fim do regime de cheia dos rios, 35 culturas, entre agricultura e pecuária já foram impactadas. Conforme o estudo, as plantações de banana foram as mais afetadas até o momento com perdas de 52,3 mil toneladas. Em seguida está a macaxeira, com 35,9 mil toneladas desperdiçadas até o início de abril e a mandioca, utilizada para o feito da farinha, com perdas de 8,3 mil toneladas. Na pecuária, já foram perdidas 4.004 cabeças de suínos, 7.164 aves além de 99 cabeças de gado.

Anúncios

Acre

Jamyl Asfury é o primeiro a homologar candidatura no TRE

Publicado

em

O policial federal e ex-deputado Jamyl Asfury (PSC) foi o primeiro entre os concorrentes à prefeitura de Rio Branco nas eleições municipais 2020 a homologar sua candidatura junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre TRE-AC na manhã desta quinta-feira (24).

Asfury é assessorado pelo escritório Nora Organização Contábil, que deu entrada no processo nesta quarta-feira, 23. O partido alega que o cuidado com a documentação e a agilidade da Justiça proporcionou ao candidato conhecer através o Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (Cand), bem como o número do CNPJ que vai usar durante a campanha deste ano.

O Cand é o sistema que presta informações importantes os candidatos que estão registrados, assim como seus gastos. Já consta no sistema também o CNPJ da vice de Jamyl Asfury, Vanda de Paula.

O escritório está cuidando também do registro das candidaturas aos cargos proporcionais pelo PSC. “Estou muito feliz porque Deus tem nos proporcionado muitas bênçãos já nesse processo eleitoral e temos a fé de que Ele ainda tem muito mais para nós. Estamos documentados e agora vou continuar aquilo que venho fazendo desde 2018, visitando os bairros ouvindo as comunidades e fazendo novos amigos. Deus nos deu uma missão, farei a minha parte” disse Jamyl Asfury.

Continuar lendo

Acre

Acre é o Estado que mais solicitou seguro-desemprego via web

Publicado

em

Caiu de 629 para 441 o número de solicitações de seguro-desemprego no Acre na primeira quinzena de setembro, em comparação à quinzena anterior, em agosto. A redução é de quase 30%. O Acre foi a localidade com maior percentual de requisições via web, 96,4% do total. Em contrapartida, Mato Grosso do Sul teve apenas 34,5% das solicitações on-line.

As superintendências regionais do Trabalho reforçaram as ações para garantir o atendimento não presencial aos cidadãos durante o período da pandemia da covid-19. Estão disponíveis canais adicionais de atendimento remoto.

Em nível de Brasil, nos primeiros 15 dias de setembro, a modalidade trabalhador formal registrou 218.679 requerimentos ao seguro-desemprego em todo o país. O número representa uma queda de 11,6% na comparação com a última quinzena de agosto, quando houve 247.445 requerimentos. Houve, portanto, neste comparativo, uma diferença de 28.766 requerimentos. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (24) pelo Ministério da Economia.

As três unidades da federação com maior número de requerimentos foram São Paulo (65.358), Minas Gerais (24.129) e Rio de Janeiro (17.420). As que tiverem menor número de solicitações foram Roraima (348), Acre e Amapá (476).

No acumulado de janeiro até 15 de setembro, foram contabilizados 5.203.736 pedidos de seguro-desemprego. O número representa um aumento de 6,7% em comparação com o acumulado no mesmo período de 2019 (4.876.556).

Do total de requerimentos em 2020, 55,9% (2.909.114) foram realizados pela internet. No mesmo período de 2019, apenas 1,6% dos pedidos (80.325) foram on-line. Do total de pedidos feitos na primeira quinzena do mês, 137.530 (62,9%) foram realizados via web, seja por meio do portal gov.br ou pela Carteira de Trabalho Digital.

Continuar lendo

Acre

Nicolau visita obras de espaços culturais em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), realizou nesta quinta-feira (24), uma visita aos três espaços culturais de Cruzeiro do Sul que atualmente estão passando por reforma, o Teatro dos Nauas, o Salão Cultural Cordélia Lima e o Ginásio Poliesportivo Alailton Negreiros.

No Teatro dos Nauas, o parlamentar pôde verificar o avanço das obras. No principal palco teatral e de grandes eventos culturais do Vale do Juruá, os trabalhos estão a todo vapor. O espaço está passando por ampla reforma e revitalização nos ambientes interno e externo. Construído na gestão do ex-governador Orleir Cameli, esta é a primeira vez que o Teatro dos Náuas passa por uma reforma geral.

Ao destacar a importância dos espaços de esporte, cultura e lazer, Nicolau Júnior frisou que a recuperação viabilizada pelo governo do Estado, por meio do governador Gladson Cameli, terá uma importância significativa na vida da população cruzeirense.

“São espaços que já tiveram utilização e que sediaram campeonatos esportivos, grandes eventos, shows e que estavam abandonados. Em breve, a população poderá retornar a esses espaços que após a reforma, estarão mais modernos e aconchegantes. Para a população em geral e os artistas da terra, essa é mais uma prova da valorização e respeito do governo Gladson Cameli com a cultura cruzeirense”, enfatizou o presidente da Aleac.

O progressista destacou ainda a sensibilidade do governo no que diz respeito às questões culturais e ao cuidado com os espaços voltados a essa área. “Tudo está sendo preparado para que a sociedade de Cruzeiro do Sul possa ser contemplada com os ambientes como se deve. Além do cuidado com o patrimônio público e benefício em prol da sociedade, o governo também está contribuindo positivamente, na geração de novos postos de trabalho com as obras e aquecimento da economia local”, complementou.

Nicolau Júnior salientou ainda que mesmo com a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, o governo do Estado segue com seu cronograma de investimentos para alcançar todos os municípios acreanos.

“O governador tem trabalhado incansavelmente pelo desenvolvimento do nosso estado e essa é mais uma prova de sua seriedade com o povo. Há muito tempo a população cruzeirense esperava pela reforma desses espaços, e saber que em breve eles serão entregues totalmente revitalizados me deixa muito feliz”, frisou.

Continuar lendo

Acre

Acre tem mais uma morte e 159 novos casos de Covid-19

Publicado

em

O Estado do Acre segue registrando alto número de novos casos diários por contaminação do novo coronavírus. Nesta quinta-feira, 24, a secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou a confirmação de 159 novos infectados. Assim, o número de contaminados subiu de 27.397 para 27.556, nas últimas 24 horas.

Conforme o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), ,ais 1 óbito foi registrado nesta quinta-feira, sendo o de um homem de 72 anos. A.M.S., morador de Rio Branco, que deu entrada no dia 23 de setembro, no Centro Médico Unimed, faleceu no mesmo dia, fazendo com que o número oficial de mortos pela doença suba para 653 em todo o Acre.

Até o momento, o Estado registra 70.616 notificações de contaminação pela doença, sendo que 42.982 casos foram descartados. Ainda, 78 testes de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 24.671 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 75 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas