Conecte-se agora

Vagner Sales anuncia que permanecerá como prefeito de Cruzeiro do Sul até o final do mandato

Publicado

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB) anunciou na noite de sexta-feira (4), em evento no Teatro dos Nauás, que permanecerá no cargo de gestor da segunda maior cidade do Acre até o final de seu mandato.

O peemedebista era pré-candidato ao  governo do Acre, mas abriu mão de suas pretensões e declarou recentemente que apoiará Márcio Bittar (PSDB), pré-candidato da aliança de 11 partidos encabeçada por PMDB, PSDB e PP.

Vagner Sales justificou a decisão com o compromisso assumido com a população, quando foi reeleito prefeito, nas eleições 2012. “Depois da perseguição que enfrentei e venci, eu não poderia quebrar a palavra com meu povo”.

Ele diz que não abandonou o sonho de ser governador, estaria adiando para terminar a reconstrução de Cruzeiro do Sul. “Acalento como muito carinho, este sonho de governar o Acre, mas não vou deixar um trabalho pela metade”.

Especulações de bastidores apontavam que Vagner Sales poderia disputar uma vaga na Câmara Federal, com apoio total da executiva nacional do PMDB. Ele descarta e diz que a decisão de ficar no cargo é irreversível.

sales_02

“Estamos edificando um novo município, nada mais justo que levar o projeto até sua conclusão. Recebi convites para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, mas preferi continuar cuidando do povo do Vale do Juruá”.

O prefeito falou ainda dos processos movidos pelo Partido dos Trabalhadores (PT), contra sua diplomação. “Perdi quase um ano de mandato, travando uma verdadeira batalha judicial contra a perseguição do PT”.

Vagner Sales acrescenta que “muitas vezes pensei em desistir, mas encontrei forças em Deus, que manteve minhas esperanças na vitória sobre a ditadura e o clima de medo que se instalou no Acre, depois que o PT chegou ao poder”.

Segundo Sales, a cúpula do PT, seria responsável por todas as ações que ele responde. “Eles não conseguiram ganhar nas urnas e recorreram ao tapetão, numa forma rasteira de fazer a política da perseguição”, enfatiza.

Sobre a eleições deste ano, Vagner Sales diz que trabalhará ativamente pela alternância de poder. “Darei minha última gota de sangue se for preciso. Vou alertar o povo do meu Estado sobre a importância da alternância de poder”, finaliza.

 

 

Propaganda

Destaque

MPAC fará mutirões em delegacias do interior para dar andamento a inquéritos parados

Publicado

em

unnamed

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) promoverá, a partir do dia 4 de agosto, mutirões nas delegacias de polícia do interior do estado. Os trabalhos começarão pelo município de Sena Madureira, onde, atualmente, encontram-se paralisados 500 inquéritos.

A intenção é dar celeridade aos inquéritos parados nas unidades policiais, efetivando as conclusões das investigações. A medida integra uma série de encaminhamentos efetuados após deliberações feitas durante a 1ª Reunião Setorial de Trabalho nas áreas criminal e de execuções penais, realizada no dia 27 de junho desse ano.

“Com a deliberação, estão sendo adotadas providências concretas para solucionar os problemas”, esclarece o procurador-geral de Justiça Oswaldo D’Albuquerque.

O mutirão será institucionalizado no âmbito do Ministério Público Estadual, por meio de um Ato expedido pelo procurador-geral, visando à implementação de um projeto estratégico.

“Será como se tivéssemos a nossa própria Meta da Enasp; porém, abrangendo todas os atos infracionais e não apenas os crimes tentados e consumados contra a vida”, destaca a coordenadora criminal do MP Estadual, procuradora Patrícia Rêgo, ao fazer referência à Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública, que promove a articulação dos órgãos responsáveis pela segurança pública e coordena ações de combate à violência com a implementação de políticas nacionais de segurança.

Continuar lendo

Destaque

Nota de pesar

Publicado

em

Sindmed_ac_logo_D

A diretoria do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) lamenta a morte da servidora Ivanilde Costa Rodrigues, 63 anos, ocorrida dentro do Hospital de Sena Madureira, durante uma tentativa de assalto.

A classe médica se solidariza com a família da vítima, uma servidora pública que estava exercendo seu trabalho até a hora da fatalidade.

A diretoria do Sindmed refirma ainda a necessidade dos gestores realizarem um reforço no serviço de segurança em todos os hospitais e UPAs em decorrência do aumento dos casos de ameaças,  agressões, assaltos e furtos ocorridos nas unidades. Fato este já relatado pelo Sindicato, quando da visita a Sena Madureira.

Desde 2013, o Sindicato dos Médicos do Acre vem encaminhando denúncias sobre a falta de segurança dentro dos hospitais dos municípios e da capital. A situação é grave e chega prejudicar o atendimento feito por médicos e funcionários.

A direção do Sindmed-AC

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.