Conecte-se agora

Estudante protesta contra nomeação de Wolvenar

Publicado

em

A nomeação do ex secretário de Obras do Estado, Wolvenar Camargo, no cargo de assessor especial do governo, teve repercussão  negativa nas redes sociais. A crítica mais dura saiu do líder do Movimento do Dia do Basta no Acre, Gabriel Santos, pelo Facebook. 

Além de criticar a nomeação de um dos principais membros do G-7, o grupo de secretários de Estado e empreiteiros preso em maio do ano passado pela Polícia Federal sob acusação de desvio de dinheiro público, formação de quadrilha e cartel em licitações, o estudante de direito se diz decepcionado e que às vezes pensa em ir embora do estado.

“Não adianta, cara. A oligarquia gasta 14 milhões com mídia pra isso. Pra nomear como Assessor Especial do Governador um homem acusado de desvios de verbas, formação de cartel, fraude, etc, etc, etc. Às vezes a única vontade que eu tenho é de estudar muito, passar num concurso muito bom e morar bem longe daqui, pena que sou estúpido para não ser corajoso ou covarde o suficiente para ir embora”.

A nomeação de Wolvenar foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial. Como assessor especial, ele vai receber um salário de R$ 18 mil por mês.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas