Conecte-se agora

Comissão da ALEAC adia viagem a região inundada em Rondônia

Publicado

em

Deputados que integram a Comissão Especial de Investigação da Assembléia Legislativa do Acre, adiaram a viagem que fariam nesta quinta- feira (6), a região da ponta do Abunã, em Rondônia.

Segundo Moisés Diniz, que está à frente da Comissão, a viagem foi suspensa porque não havia condições de logísticas para que a visita ocorresse. Segundo ele, apesar das tentativas, não foram encontrados barcos disponíveis para locação, nem dada garantias de que o grupo conseguiria atravessar pela balsa, já que a viagem hoje demora até 3 horas.

Ainda de acordo com Diniz, a viagem da Comissão deve ocorrer na próxima semana, e até lá, a Assembléia Legislativa irá convocar representantes dos Departamentos de Engenharia e Economia da UFAC. da Fundação de Tecnologia e OAB/AC, uma vez que o objetivo da Comissão é investigar as causas da enchente e os impactos á economia do Acre.

“Vamos desembarcar em Porto Velho na próxima semana e visitar as áreas alagadas na cidade e nos distritos. Também iremos visitar as duas usinas, porque essa comissão é politica mas também área técnica”, explicou Diniz.

Propaganda

Cotidiano

Câmara dos Deputados debate sequelas da vacina do HPV no Acre

Publicado

em

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados convocou para esta quarta-feira (20) audiência pública para debater manifestações psicogênicas após vacinação contra o HPV no Estado do Acre.

Foram convidados, entre outros, o diretor do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, José Galluci Neto; e a médica psiquiatra do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP Inah Carolina Galatro Faria Proença.

Continuar lendo

Cotidiano

Começa hoje (18) a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo

Publicado

em

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira, 18, em todo o país. As pessoas, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, são o alvo desta etapa.

De acordo com o último boletim epidemiológico sobre sarampo do Ministério da Saúde, esta faixa etária é a que mais acumula número de casos da doença.

Um dos motivos é que esse público, segundo o Ministério da Saúde, não tomou a vacina em nenhuma fase da vida e, se tomou, não voltou para aplicar a 2ª dose, necessária para a proteção.

A ação será realizada em conjunto pelas três níveis de governo: federal, estadual e municipal.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.