Conecte-se agora

Sérias dificuldades

Publicado

em

Conversei ontem pela manhã com uma figura do topo do PT, sobre a candidata comunista ao Senado. O que me disse: “sua escolha não significa o apoio automático do PT como um todo, há reações ao seu nome por só ter apoiado Marcus Alexandre na semana final da campanha. Ela, como candidata, é quem tem de quebrar as arestas no PT e nos demais partidos da FPA”.

Bate com que escrevi
A análise acima bate com o que comentei no blog, de que o problema da candidata ao Senado do PCdoB não era conseguir a indicação, mas, aglutinar a FPA em torno do seu nome.

Costurar é essencial
Candidatura majoritária não basta apenas ser lançada. O seu sucesso está muito ligado à habilidade do candidato, seu poder de fazer aliados e de quebrar arestas, sem isso é buraco.

Com que moral?
Parte da ex-prefeita de Brasiléia, Leila Galvão (PT), o movimento de “abaixo-assinado” pedindo a saída do prefeito Everaldo Gomes. Com que moral, Leila? Sua gestão foi reprovada nas urnas.

Chance zero
Tião Bocalom (DEM) anunciou ontem sua chapa para o governo, tendo o deputado federal Henrique Afonso (PV) de vice. Como candidato ao Senado, confirmou Roberto Duarte (PMN).

Seguro no pincel
O candidato ao governo, Tião Bocalom (DEM), com esta decisão de ter o Henrique Afonso (PV) de vice, deixou o senador Sérgio Petecão (PSD) seguro no pincel: vamos saber agora se era bafo ou não do Petecão que sua candidatura ao governo era irreversível. O certo é que ele levou um xeque-mate. Ficou tonto. Em política, a esperteza às vezes cresce e devora o dono.  Três caminhos: resta ao Petecão disputar o governo, apoiar o Vagner Sales ou o Tião Bocalom.

Só Jesus cristo
O senador  Petecão (PSD) tem uma definição feliz para a família Hassem: “só quem vai saber de que lado os Hassem estão, em Epitaciolândia, é Jesus Cristo, e aos 44 do segundo tempo”.

São divertidos
Uma coisa ninguém tira dos Hassem, são divertidos: já falei com seis candidatos a deputado estadual e todos jurando que receberam apoio do prefeito André e do pai Luizinho Hassem.

Espatifou a casa de louça
Estavam todos comportados na reunião do PMDB para discutir um nome para vice de Márcio Bittar (PSDB). Veio o Vagner Sales e espatifou a casa de louça: “sou candidato ao governo”.

Água na fervura
Foi como colocar água na fervura. O prefeito Vagner Sales mais uma vez deu um breque na ala que luta para transformar  o PMDB num mero partido de aluguel e fantoche do PSDB.

Soltando fumaça
Quem saiu da reunião soltando fumaça pelo nariz com a decisão de Vagner Sales em manter a candidatura foi o ex-prefeito Aldemir Lopes, uma espécie de estafeta do Bittar no PMDB.

Cadê a coragem?
Claro que o Aldemir saiu da reunião detonando o Vagner Sales pelas costas, cadê a coragem de falar pela frente?. Quem também saiu bufando foi a vereadora Eliane Sinhazique (PMDB).

Em qualquer hipótese
Quem me ligou ontem foi o deputado federal Gladson Cameli (PP) para dizer que, seja qual for o candidato ou candidatos da oposição ao governo, ele disputará o Senado.

Medida inteligente
Descolar sua imagem de uma candidatura específica da oposição ao governo, tratar mais da sua campanha ao Senado, é o caminho mais certo para o Gladson Cameli (PP), ou se complica.

Reza o marketing
Gladson Cameli deve saber também que ele é candidato a senador e não a governador, não tem que polemizar com o governador Tião Viana. E não se polemiza com quem está bem na fita.

Adiantou a basófia?
O blo só publica quando checa suas fontes. Dei ontem que Henrique Afonso (PV) seria o vice de Tião Bocalom (PSDB). Os tucanos correram a desmentir. Hoje, reconheceram a perda.

Matemática esquisita
A presidente do PV, Shirley Torres, acusa o PMDB de “estar a serviço do PT”. Ela acha que o nanico PV é mais importante que o PMDB e por isso indicaria o vice do Bittar? Acorda, Shirley!.

Porque hoje é carnaval
Para quem é de carnaval, Viva o Zé Pereira! Viva o Momo! E para quem não gosta de carnaval aleluia! aleluia!

Caba sem ferrão
Quando dei no ano passado ser mais fácil eu ser da seleção brasileira que a oposição ter nome único ao governo, as viúvas da oposição disseram que eu queria desunir. E agora, seu Zé? .

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas