Conecte-se agora

Cientista Politico Elder Andrade no Programa do Said

Publicado

em

video

Na entrevista, Elder de Paula Andrade, Cientista Político e Pós-Dr em Desenvolvimento Ambiental , analisa os recentes impactos da enchente do Rio Madeira, a partir da construção das Hidrelétricas de Jirau e Santo Antonio.

Anúncios

Destaque 4

Com 4 tentativas de fuga frustradas, Segurança exalta eficácia do sistema penal no Acre

Publicado

em

Nos últimos meses, 4 tentativas de fugas foram registradas em presídios espalhados pelo Acre. Em junho deste ano, detentos da unidade prisional Manoel Neri da Silva, em Cruzeiro do Sul, tentaram uma fuga em massa durante a madrugada. A ação só não se concretizou graças ao trabalho em conjunto das polícias Civil, Militar, penal e ainda agentes da secretaria de Segurança, que receberam a informação de que um grupo criminoso tramava resgatar os presos. Cerca de 30 presos da unidade seriam resgatados.

No último dia 21, policiais penais descobriram um plano de fuga no presídio Evaristo de Morais, em Sena Madureira. Os presos já tinham começado a cavar dois buracos na parece quando foram descobertos pelos profissionais da segurança durante vistoria de rotina. Nos últimos quatro dias, mais duas tentativas de fugas frustradas aconteceram no Complexo Francisco de Oliveira Conde. A última delas, aconteceu nesta terça-feira, 29, quando os policiais penais descobriram na cela 20 do pavilhão K, onde estão 18 detentos, um túnel que vinha sendo feito camuflado na pedra.

Por conta do aumento das tentativas de fugas, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN) e a Secretaria de Segurança Pública se posicionaram na manhã desta quarta-feira, 30, durante entrevista coletiva. De acordo com Arlenilson Cunha, diretor do IAPEN, o insucesso dos detentos é resultado do investimento feito pelo governo. “Temos investido em tecnologia para melhorar as condições dos policiais. Há uma deficiência no efetivo, mas mesmo assim temos usado de estratégias e planejamento que resulta em monitoramento eficaz, que garante a segurança”, afirma.

O secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo Cezar dos Santos, afirma que o trabalho realizado nos presídio incomoda os criminosos. “O trabalho que a polícia penal vem desempenhando no sistema penitenciário está incomodando os criminosos. Mas não vamos recuar. Frustramos quatro tentativas de fuga, fruto também do trabalho de inteligência realizado internamente”. Por conta da última tentativa de fuga, o Iapen suspendeu as visitas por 15 dias.

Continuar lendo

Acre

Edvaldo Magalhães quer avaliar melhor o orçamento do Estado

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) discorreu nesta quarta-feira (30) na sessão virtual da Assembleia Legislativa sobre o artigo 270 do regimento interno da casa. O dispositivo trata da data de ingresso das despesas discriminativas, que é 30 de setembro.

Ele pediu que a Mesa Diretora da Casa disponibilize à peça do orçamento do Estado. No ano passado, houve problemas no andamento da votação do orçamento e ele quer evitar que se repita.

O comunista também condenou a tentativa de privatizar o Depasa do modo como vem sendo feito e se somou ao deputado Daniel Zen, que criticou duramente o que considera sucateamento proposital para vender à qualquer preço o Depasa.

Continuar lendo

Acre

Zen critica sucateamento proposital para venda do Depasa

Publicado

em

O deputado Daniel Zen (PT) criticou nesta quarta-feira (30) durante sessão virtual da Assembleia Legislativa a declaração do governador Gladson Cameli acerca da privatização do Depasa. Ele afirmou que o posicionamento do governo apenas referenda sua opinião de que o sucateamento da autarquia é para vendê-la a qualquer custo.

“Querem dizer que sob os cuidados públicos não funciona, faltam produtos, tudo para justificar que tudo que é público é ineficiente”, disse.

“As coisas estão aos Deus dará para justificar o discurso de que a privatização é a solução”, completou o deputado, repudiando o que considera postura irresponsável do governo.

Zen também condenou a retirada de recursos do Fundeb para custear o Renda Cidadã, o novo programa social do governo Jair Bolsonaro e não poupou críticas ao senador Márcio Bittar (MDB), relator do Orçamento Geral da União.

“Usar dinheiro dos precatórios para compor o Renda Cidadã. Isso é criminoso e é um calote”, disse o petista.

Continuar lendo

Acre 01

Mazinho Serafim e Gerlen Diniz farão duelo de candidatos milionários em Sena Madureira

Publicado

em

Quarto maior eleitorado do estado, com 25.074 eleitores aptos, segundo o TRE, o município de Sena Madureira terá na eleição deste ano uma disputa polarizada entre dois dos nomes mais relevantes da política local. O atual prefeito e candidato à reeleição, Mazinho Serafim (MDB), e o deputado estadual Gerlen Diniz (PP), rivalizam tanto no campo político quanto na declaração de bens entregues à Justiça Eleitoral.

Entre os anos de 2012 – quando disputou a prefeitura e ficou atrás de Mano Rufino, o prefeito eleito, e Toinha Vieira, a segunda colocada – e 2020, Mazinho Serafim teve uma grande variação no valor do patrimônio declarado. De R$ 2.032.700,00 no primeiro ano, os bens do atual mandatário municipal decaíram ao valor de R$ 811.821,56 em 2016, quando novamente foi candidato a prefeito e venceu a eleição, e voltaram para R$ 1.782.557,96 em 2020.

O maior parte patrimônio de Mazinho é baseado em cotas de capital das empresas Serafim de Andrade, Andrade Ribeiro e Casa do Seringueiro. Ele também declarou bens de valor bastante modesto, como uma motocicleta Honda Biz, ano 1998, avaliada em R$ 2.500,00. A variação no patrimônio do candidato se dá apenas na valorização dos bens, sendo os itens declarados praticamente os mesmos no período levantado pela reportagem.

Já o deputado progressista Gerlen Diniz tem seu patrimônio declarado em evolução contínua desde 2012, quando foi eleito vereador em Sena Madureira. Naquele ano, ele declarou R$ 780.000,00 em bens. Quando se candidatou vitoriosamente a deputado estadual, em 2018, o seu patrimônio já valia R$ 1.228.582,62. Nesta declaração de 2020, Diniz teve bens cadastrados no valor total de R$ 1.931.087,60.

A lista dos bens do deputado é extensa e inclui um apartamento em Rio Branco no valor de R$ 900.000,00. Ele também declarou imóveis e propriedades rurais em Sena Madureira, um apartamento em Goiânia (GO), além de barco de pesca com reboque. A exemplo do adversário, a diversidade de bens declarados por Gerlen Diniz no período avaliado pelo ac24horas não teve grande variação nos itens, mas apenas na valorização.

Valor total dos bens declarados pelos candidatos

Mazinho Serafim (MDB) – R$1.782.557,96

Gerlen Diniz (PP) – R$ 1.931.087,60

Justiça Eleitoral não fiscaliza declaração de bens

Não cabe à Justiça Eleitoral fiscalizar possíveis irregularidades nas declarações de bens apresentadas pelos candidatos, que devem ser feitas de acordo com a Declaração de Imposto de Renda. Casos individuais, quando surgem por meio de denúncia ao Ministério Público (MP), podem ser enquadrados como falsidade ideológica.

A declaração de bens dos candidatos é um mero requisito para a obtenção do registro junto à Justiça Eleitoral e que tem fim de transparência, não possuindo nenhuma relação com o limite de gastos de campanha, que no caso de Sena Madureira está estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em R$ 274.946,38 para o cargo de prefeito e em R$ 56.052,97 para vereador.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas