Conecte-se agora

Rio Acre continua subindo e marca de 15,20m na tarde desta quinta-feira, 20

Publicado

em

unnamed (5)

Foto de Luciano Tavares registrada às 17:30 desta quarta-feira, 19

O rio Acre, na capital Rio Branco, está na marca dos 15,20m, na medição realizada às 15h  desta quinta-feira, 20, pela Defesa Civil. O número de abrigados no Parque de Exposições subiu para 207 famílias, totalizando 811 pessoas.

O riozinho do Rola, principal afluente que desagua no manancial da capital,  registrou elevação de mais de 20 centimetros nas últimas 12h e marca nesta quinta, 14,45m de profundidade.

A Defesa Civil Municipal alerta para os riscos nas áreas alagadas, principalmente pela presença de animais peçonhentos e choques causados em virtude da fiação escondida pelas águas.

A reportagem do ac24horas esteve na manhã desta quarta feira, 19, nos principais pontos alagados da capital e registrou imagens exclusivas da capital do Acre pelo alto, por meio de um Drone, da empresa Skifame Mídias. As imagens são de Celiano José Soares e a edição de Jeferson Rodrigo.

As equipes do Governo do Estado, da prefeitura de Rio Branco e do Exército Brasileiro intensificam os trabalhos de regaste das famílias atingidas em bairros  onde a situação é mais crítica: Taquari, Baixada da Habitasa,  Adalberto Aragão, Triângulo Novo, Baixada da Cadeia Velha, Seis de Agosto e Airton Sena.

De acordo com a Defesa Civil Municipal já passa de 2.500 o número de edificações atingidas pela cheia do Rio Acre.

Nível do Rio Acre em Rio Branco
15,20m – medição das 15h
15,18m
– medição das 12h – 20/02/2014
15,16m – medição das 09h – 20/02/2014
15,13m – Medição das 06h – 20/02/2014

 

Anúncios

Extra Total

Nova pesquisa do Ibope confirma favoritismo de Minoru e, Bocalom já colado em Socorro Neri

Publicado

em

Divulgados na noite desta quinta-feira, 29, pela afiliada da Rede Globo no Estado, a TV Acre, os novos números da Pesquisa Ibope apontam nova situação na preferência dos eleitores de Rio Branco com relação à disputa para a Prefeitura de Rio Branco.

De acordo com o levantamento estimulado, o candidato do PSDB, Minoru Kinpara, tem 28% da preferência, seguido por Socorro Neri (PSB) com 23% e Tião Bocalom com 21%. Com a margem de erro de 4%, os candidatos estão empatados tecnicamente.

Já na quarta colocação, surge Roberto Duarte (MDB) com 11%. Já os candidatos Daniel Zen (PT), Jarbas Soster (Avante) e Jamyl Asfury (PSC) registraram 7%, 1% e 1%, respectivamente. Não souberam ou não responderam registraram 3% e brancos e nulos registrou 6%.

Quanto ao critério de rejeição, Daniel Zen é a que é mais rejeitado pelo eleitorado, registrando 36%. O segundo mais rejeitado é Socorro Neri com 33%, seguido por Bocalom e Duarte, ambos, com 25%. Jamyl tem 20% e Soster 21%. Minoru Kinpara é o que registrou a menor rejeição de 16%. 1% dos entrevistados afirmaram que votaria em todos. Não souberam ou não responderam marcou 3%.

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado no dia 16 de outubro, Minoru Kinpara (PSDB) baixou de 29% para 28%, Socorro Neri (PSB) caiu de 26% para 23%, e Tião Bocalom (PP) subiu de 16% para 21%. Roberto Duarte (MDB) se manteve com 11%, Daniel Zen (PT) saiu de 5% para 7%, Jarbas Soster (Avante) foi de 2% para 1%. Jamyl Asfury (PSC) se manteve com 1%.

Branco/ Nulo também se manteve com 6%. Não sabe ou não respondeu: saiu de 4% para 3%. Contratada pela Rede Amazônica, a pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 27 a 29 de Outubro e ouviu 504 entrevistados. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Acre.

Continuar lendo

Cotidiano

Manoel Moraes diz duvidar que seu nome conste em documentos apreendidos pela PF

Publicado

em

Um dos alvos da Operação Dirty Safe, deflagrada nesta segunda-feira, 29, para apurar desvios de recursos em contratos e esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o deputado estadual Manoel Moraes (PSB) divulgou uma nota de esclarecimento sobre os fatos.

Na nota distribuída na tarde desta quinta-feira, a assessoria do deputado diz que nunca houve qualquer mandado de prisão ou ordem de afastamento do cargo em seu desfavor, continuando o parlamentar no desempenho de suas funções normalmente junto à Assembleia Legislativa.

Moraes também afirma que sua relação com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior, que foi afastado cautelarmente do cargo por 90 dias, é “estritamente profissional e institucional, não havendo entre eles qualquer tipo de negócios no âmbito pessoal e/ou empresarial”.

O deputado ainda enfatizou que sequer conhece os empresários e assessores citados nas investigações, e que por essa razão acredita estar sendo vítima de um mal-entendido, possuindo sérias dúvidas de que seu nome realmente conste em algum documento apreendido pela Polícia Federal.

Por fim, Manoel Moraes afirmou que está em seu terceiro mandato de deputado estadual e que sempre pautou seu trabalho pelos preceitos éticos e legais, possuindo conduta ilibada, ficha limpa e a consciência tranquila, já tendo se colocado à disposição das autoridades para os devidos esclarecimentos.

A íntegra da nota:

Nota de Esclarecimento

Em respeito aos familiares, amigos, apoiadores e a todo o povo do Acre, o Deputado Estadual Manoel Moraes esclarece os seguintes pontos sobre o que vem sendo noticiado em decorrência de Operação realizada pela Polícia Federal.

1. Nunca houve qualquer mandado de prisão ou ordem de afastamento do cargo em desfavor do Deputado Manoel Moraes. O parlamentar continua desempenhando suas funções normalmente junto à Assembleia Legislativa;

2. O Deputado Manoel Moraes está em seu terceiro mandato e sempre pautou seu trabalho pelos preceitos éticos e legais, possuindo conduta ilibada, a ficha limpa e a consciência tranquila;

3. A relação do Deputado Manoel Moraes com o Presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Nicolau Júnior, é estritamente profissional e institucional, não havendo entre eles qualquer tipo de negócios no âmbito pessoal e/ou empresarial;

4. O Deputado Manoel Moraes sequer conhece os empresários e assessores citados nas investigações, por isso, acredita estar sendo vítima de um mal-entendido, possuindo sérias dúvidas de que seu nome realmente conste em algum documento apreendido;

5. Ciente de sua retidão e inocência, o Deputado Manoel Moraes já se colocou à disposição das autoridades para os devidos esclarecimentos.

Assessoria

Continuar lendo

Destaque 2

Pesquisa coloca Fagner Sales vencendo Zequinha Lima e Sargento Adônis

Publicado

em

Faltando menos de 20 dias para as eleições, o Instituto AR7 Pesquisa de Opinião e Consultoria Estatística, divulgou nesta quinta-feira, 29, os números das intenções de votos do eleitorado em Cruzeiro do Sul. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AC) com o número AC-06004/2020.

O candidato à prefeitura de Cruzeiro do Sul Fagner Sales (MDB) aparece como o preferido do eleitor cruzeirense nestas Eleições Municipais 2020 tanto na simulação espontânea quanto na estimulada.

No levantamento espontâneo, Fagner Sales (MDB) aparece na frente com 24% dos votos apresentados pelos eleitores entrevistados. Zequinha Lima (Progressistas) vem em seguida com 23%. Em terceiro ficou Sargento Adônis (PSL), com 9% dos votos. 19% dos entrevistados sinalizaram Branco/Nulo e 36% não souberam ou não responderam.

Na simulação estimulada, Fagner aparece também na frente, com 33,75% dos votos. Zequinha Lima vem em segundo, com 27,78% e Sargento Adônis em terceiro, com 15,42%. Neste cenário, branco ou nulo marcou 2.22% e não souberam ou não responderam registraram 20.83%.

Com relação ao índice de rejeição, a pesquisa mostra Fagner Sales como o candidato mais rejeitado entre os entrevistados, com 25,97%. Em seguida, vem Zequinha Lima com 24,44% e o Sargento Adônis (PSL) com 22%. 27% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

A pesquisa de opinião pública de avaliação do cenário municipal na cidade de Cruzeiro do Sul foi realizada no período de 26 a 28 de Outubro de 2020 e tem amostra de 720 entrevistas. A margem de erro é de 3,61 pontos, com nível de confiança de 95%.

Continuar lendo

Cotidiano

Em Xapuri, secretários municipais depõem sobre denúncias contra prefeito

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 29, três secretários da prefeitura de Xapuri compareceram à Delegacia Geral de Polícia Civil do município após serem intimados para prestar esclarecimentos sobre denúncias recebidas pela Delegacia de Combate a Crimes de Corrupção e aos Crimes contra a Ordem Tributária e Financeira (Decor) contra o prefeito Ubiracy Vasconcelos (PT).

Nem o delegado Pedro Henrique Resende Teixeira Campos, responsável pelo caso, nem a defesa do prefeito confirmaram o teor das denúncias, mas as redes sociais repercutem há alguns dias que a investigação trata da suspeita de que existam funcionários fantasmas entre os cargos comissionados da atual gestão, sendo que em meio a eles estariam duas supostas amantes de Ubiracy.

De acordo com informações apuradas pelo ac24horas, os secretários intimados a prestar depoimento nesta quinta-feira foram os responsáveis pelos setores onde os supostos funcionários fantasmas são lotados: João Ribeiro de Freitas (Gabinete do Prefeito), Leide Aquino (Floresta, Agricultura e Pecuária), além de Juscelino Facundo (Meio Ambiente).

Além de depor, os secretários também entregaram documentos referentes à frequência dos servidores. Após ouvi-los, os policiais que estiveram em Xapuri foram às secretarias vestidos à paisana e em carros descaracterizados, onde coletaram outros documentos. Eles também estiveram no Gabinete do Prefeito, onde ouviram uma funcionária que responde interinamente pela chefia do setor.

Ao ac24horas, o prefeito Ubiracy Vasconcelos afirmou que ainda não foi intimado a prestar esclarecimentos à polícia sobre o assunto. De acordo com ele, assim que teve conhecimento da denúncia, pediu ao delegado Pedro Henrique Resende, por meio de seu advogado, que o caso fosse averiguado com urgência em razão do fato interferir no processo eleitoral.

“O maior interessado em que tudo se esclareço sou eu, por isso pedi que a delegacia onde a denúncia anônima foi feita averiguasse o caso o mais rapidamente possível e abrimos as portas da prefeitura nos colocando à inteira disposição para prestar todas as informações necessárias ao trabalho da polícia”, afirmou Bira Vasconcelos.

A reportagem tentou falar com o delegado Pedro Henrique Resende a respeito do trabalho realizado em Xapuri nesta data, mas não obteve resposta até a conclusão desta matéria. Na última segunda-feira, 26, Resende confirmou a existência da denúncia contra o prefeito, mas afirmou que não poderia prestar mais nenhum esclarecimento sobre o caso.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas