Conecte-se agora

Rio Acre continua subindo e marca de 15,20m na tarde desta quinta-feira, 20

Publicado

em

unnamed (5)

Foto de Luciano Tavares registrada às 17:30 desta quarta-feira, 19

O rio Acre, na capital Rio Branco, está na marca dos 15,20m, na medição realizada às 15h  desta quinta-feira, 20, pela Defesa Civil. O número de abrigados no Parque de Exposições subiu para 207 famílias, totalizando 811 pessoas.

O riozinho do Rola, principal afluente que desagua no manancial da capital,  registrou elevação de mais de 20 centimetros nas últimas 12h e marca nesta quinta, 14,45m de profundidade.

A Defesa Civil Municipal alerta para os riscos nas áreas alagadas, principalmente pela presença de animais peçonhentos e choques causados em virtude da fiação escondida pelas águas.

A reportagem do ac24horas esteve na manhã desta quarta feira, 19, nos principais pontos alagados da capital e registrou imagens exclusivas da capital do Acre pelo alto, por meio de um Drone, da empresa Skifame Mídias. As imagens são de Celiano José Soares e a edição de Jeferson Rodrigo.

As equipes do Governo do Estado, da prefeitura de Rio Branco e do Exército Brasileiro intensificam os trabalhos de regaste das famílias atingidas em bairros  onde a situação é mais crítica: Taquari, Baixada da Habitasa,  Adalberto Aragão, Triângulo Novo, Baixada da Cadeia Velha, Seis de Agosto e Airton Sena.

De acordo com a Defesa Civil Municipal já passa de 2.500 o número de edificações atingidas pela cheia do Rio Acre.

Nível do Rio Acre em Rio Branco
15,20m – medição das 15h
15,18m
– medição das 12h – 20/02/2014
15,16m – medição das 09h – 20/02/2014
15,13m – Medição das 06h – 20/02/2014

 

Propaganda

Cotidiano

Empate com o Remo mantem Atlético na liderança da serie C do Brasileirão

Publicado

em

O empate em 2 x 2 com o Remo, em Belém (PA), na noite desta segunda feira (18), em nada mudou a posição das equipes.na tabela de classificação. O Galo se manteve na liderança com 20 pontos. Já os paraenses permaneceram na lanterna, agora com 8.

Rafael e Neto marcaram para o Atlético. Rodriguinho e Nininho anotaram os gols do Leão.

Com o resultado, o time do Acre chega ao quarto jogo sem saber o que é perder. O Remo havia quatro partidas que não vencia e conseguiu o primeiro ponto sob o comando do técnico Artur Oliveira.

O Atlético volta a campo no próximo domingo (24), quando recebe o Santa Cruz, em Rio Branco.

Continuar lendo

Cotidiano

Eletrobrás deve indenizar idoso por incêndio em propriedade rural

Publicado

em

O Juízo da 5ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco condenou a Eletrobrás Acre ao pagamento de R$ 15 mil em indenização por danos morais a um idoso que teve sua casa incendiada. A decisão foi publicada na edição n° 6.137 do Diário da Justiça Eletrônico (pág. 23)

A juíza de Direito Olívia Ribeiro, titular da unidade judiciária, ao ponderar sobre o Processo n° 0712075-04.2015.8.01.0001 assinalou o descaso da ré com a rede de energia, “pois se tivessem sido adotadas as precauções adequadas, certamente, o acidente não teria ocorrido”.

Entenda o caso

A casa de F.F.S. era de madeira, localizada no ramal Edval, em Porto Acre. Segundo os autos, no dia do evento danoso, ocorreram simultâneas quedas de energia e a propriedade rural foi completamente incendiada.

O autor do processo tinha visitas em casa. Essas pessoas foram testemunhas do processo, uma delas narrou que seu filho de cinco anos de idade estava em meio ao fogo e sobreviveu por ter pulado dentro da caixa d’água. Chegou a ficar internado e passar por procedimentos cirúrgicos. A sogra do demandante sofreu queimaduras e foi hospitalizada.

Na petição inicial, o idoso narrou as dificuldades que passou por ter perdido seu lar. Segundo ele, chegou a viver da ajuda dos vizinhos e passou meses dormindo dentro do forno de farinha.

Em contestação, a concessionária esclareceu que sua responsabilidade se restringe ao ponto de entrega, a partir desse ponto a responsabilidade é integralmente do consumidor. Por isso, alegou ser incabível a indenização pleiteada pela ausência de ato ilícito.

Decisão

No entendimento da juíza de Direito houve conduta negligente da ré, ao deixar de prestar a devida manutenção na rede de energia elétrica. “O descumprimento do dever de fornecer o serviço de energia elétrica com segurança, resultou no sinistro que vitimou o autor, deste modo, exsurge a necessidade de reparar os danos decorrentes da prestação defeituosa do serviço”.

A magistrada ressaltou ainda que o próprio preposto da empresa, ao ser indagado como era realizado o atendimento naquela localidade, disse que acontecia de demorar um pouco, pois eram muitas ocorrências e não conseguiam atender a todos de uma vez, que às vezes montavam uma força tarefa para atender a todas as ocorrências da localidade.

“É inquestionável que o dano causou efetivos sofrimentos e transtornos ao autor”, concluiu Ribeiro.

Continuar lendo

Cidades

Exposição “5 Décadas da Justiça Acreana” continua no Palácio da Justiça até 20 de julho

Publicado

em

Processos judiciais manuscritos, autos transportados de barco de uma comarca a outra são algumas das práticas que fizeram parte do início da implantação do Poder Judiciário no Estado do Acre. Estas e outras histórias estão registradas na exposição itinerante “5 Décadas da Justiça Acreana”, que ficará aberta ao público, das 9h às 18h, no Palácio da Justiça, no Centro de Rio Branco, até o dia 20 de julho.

Estão expostos 10 painéis que abordam todo o histórico da instituição, resgatando da fundação até a modernização dos dias atuais com a digitalização de todos os processos no âmbito do Judiciário Estadual. Além disso, os visitantes poderão assistir um documentário com relatos dos pioneiros na consolidação do Poder Judiciário.

A exposição é gratuita e está aberta para toda comunidade rio-branquense que desejar conhecer um pouco mais sobre o Poder Judiciário do Acre, que no último dia 15 de junho completou 55 anos de existência de serviços jurisdicionais prestados.

No local, a atividade é guiada pela servidora Ana Cunha que explica ao visitante os painéis expostos.

“A facilidade tecnológica é uma das grandes mudanças do TJAC desde sua instalação. A comunicação está mais rápida. Usávamos o telex para esse meio de comunicação. E sobre a exposição das 5 décadas, ela visita as comarcas que geraram as outras mais próximas. Convidamos toda a sociedade que tiver oportunidade para essa máquina do tempo”, disse.

Itinerário da Exposição

O projeto que apresenta as ações do Judiciário Acreano na luta pela democracia e defesa dos direitos dos cidadãos, foi realizado por meio de convênio firmado com o Ministério da Cultura, a Fundação de Cultura do Estado do Acre Elias Mansour (FEM) e o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC).

No final de março, a exposição foi aberta no Fórum da Comarca de Xapuri e já percorreu os municípios de Xapuri, Brasiléia, Plácido de Castro e agora está em Rio Branco. Posteriormente, irá a Sena Madureira, Tarauacá e Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.