Conecte-se agora

Paciente da nefrologia do HC revela o passo a passo da denúncia das marmitas com tapurus

Publicado

em

Após tomar conhecimento da repercussão da denúncia sobre marmitas com larvas servidas no Hospital das Clínicas do Acre e da tentativa de gestores do governo do Acre de incriminar os jornalistas Lenilda Cavalcante, Ray Melo e Altino Machado, um paciente resolveu revelar tudo o que aconteceu na noite de sexta-feira, quando a denúncia foi apresentada à imprensa.

O militar aposentado, Auro José Rodrigues, de 49 anos, paciente de hemodiálise do HC, disse que ficou indignado com as insinuações dos assessores do governo do Acre, sobre suposta sabotagem do alimento servido no hospital. Ele disse que mesmo antes de Berenice Sales da Silva entrar em contato com a repórter Lenilda Cavalcante, a denúncia já teria sido comunicada a TV Gazeta.

O paciente relata que estava saindo da sessão de diálise, quando uma das pacientes informou que a comida servida aos pacientes estava sendo “devolvida” porque havia tapurus nas marmitas. “Uma paciente disse que não tinha crédito para ligação, eu disse: que não seja por isso, pode ligar”, diz Auro Rodrigues ao mostrar o celular com o horário em que a ligação foi feita para a TV Gazeta.

O horário da ligação para emissora de TV foi 20h35min. Questionado pelo nome da paciente que teria informado que a comida estava com larvas, Auro Rodrigues disse que se tratava de Tatyana. Ele disse ainda, que presenciou a abertura de pelo menos oito marmitas que todas estavam com tapurus pelo lado de dentro da tampa. “O fato foi comunicado a cozinheira”, diz o paciente.

Segundo o militar aposentado, “se houve sabotagem foi na cozinha”, diz o paciente ao confirmar que só após a tentativa de contatar a reportagem da TV Gazeta, eles informaram Berenice Sales da Silva, que se dirigiu de imediato ao Hospital das Clínicas. “A pessoa que atendeu na TV disse que não tinha equipe de reportagem na emissora, por isso, ligamos para Berenice”.

As declarações do militar aposentado foram dadas após ele ouvir a leitura de uma matéria sobre o caso dos tapurus, no programa O Povo na Rádio, do radialista Willamis França, na Rádio Boas Novas 107.9. Auro Rodrigues ligou para emissora e se colocou à disposição para esclarecer o passo a passo da denúncia que foi recebida pelo governo do Acre, como um ataque da oposição.

O caso que repercutiu até em pronunciamento no Senado da República e que os gestores do governo petista classificaram como “sabotagem, armação, a mais sórdida tentativa da imprensa oposicionista de sujar a imagem da saúde do Acre e de incriminação do governo”, não passou de uma denúncia comum de pacientes do setor de nefrologia do HC, sobre o funcionamento do hospital.

Mesmo revelando fatos que não foram narrados pela presidente da Associação dos Pacientes Renais Crônicos e Transplantados, Berenice Sales da Silva – Auro Rodrigues não culpa o governador Sebastião Viana (PT). Ele acredita os problemas detectados na unidade de saúde sejam de responsabilidades dos gestores do Hospital das Clínicas. “É problema de gestão”, afirma.

Durante a gravação de seu depoimento, o paciente diz que não foi a primeira vez que os pacientes do setor de nefrologia tiveram problema com a alimentação. Sem precisar a data, Auro José declara que pegou uma marmita que estava com mal cheiro. Em outra oportunidade o frango estava queimado e impróprio para consumo, mesmo assim, a alimentação foi servida aos pacientes.

Além do problema na alimentação, Auro Rodrigues revela que as dependências do setor de nefrologia estariam apresentando goteiras. Ele chegou a formular convite à reportagem de ac24horas, para ir ao local, em um dia de chuva, para constatar os problemas que ele cita. “Em uma das vezes que eu estava tomando medicação tive que descer e afastar a cama das goteiras”, destaca.

O episódio pode ter servido para o governador Sebastião Viana analisar o preparo de sua equipe para gerenciar momentos de crise. Mesmo que as matérias não citassem diretamente seu nome e até a própria administração petista, o gestor recebeu a denúncia como uma agressão pessoal, contaminado assessores que fizeram ilações a quem divulgou a denúncia.

Após narrar toda a história que envolveu a denúncia da presidente da Associação dos Pacientes Renais Crônicos e Transplantados, Berenice Sales da Silva, que as marmitas servidas aos pacientes do setor de hemodiálise do HC, na noite de sexta-feira (15) apresentavam tapurus, o militar gravou um vídeo com o radialista Willamis França, que disponibilizamos na íntegra.

video

Propaganda

Acre

Vereadores questionam a escolha de Ulysses para comandar a PM

Publicado

em

Os vereadores tanto da base da prefeita, quanto da oposição na Câmara, nesta quarta-feira (13), criticaram a “politicagem” feita na escolha do novo Comandante da Polícia Militar, que resultou na nomeação do Coronel Ulysses Araújo.

O vereador N. Lima (PSL) não economizou nas críticas ao indicado e defendeu o antigo comandante.

“O Comandante Bino é excelente oficial de carreira. Não tem nada que mostre que ele tenha feito errado nesse pouco tempo que passou à frente da PM. Ele (Bino) foi feliz ao dizer, que houve interferência da política no comando da PM, e disse que não briga com a politica”, enfatizou.

N. Lima (PSL) também externou seu repúdio. “Fica aqui registrado o meu repúdio por essas quatros mudanças dentro o prazo mínimo de um ano”, encerrou.

Rodrigo Forneck (PT) também questionou a escolha de Ulysses.

“Qual é a missão que alguém que está na iniciativa privada, por meio de uma empresa de vigilância, e ganha um cargo de Comandante da Polícia Militar? Isso é conflito de interesses! Essas escolhas só mostram que o governo é um desgoverno”, disparou o vereador.

Continuar lendo

Acre

Gerlen Diniz reúne base do governo para “dar puxão de orelha”

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O líder do governo, deputado Gerlen Diniz (Progressistas) ,convocou uma reunião para às 9h, desta quarta-feira, 13, no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior (Progressistas). O objetivo é afinar o discurso sobre a PEC da reforma da Previdência que vem sendo discutida com os Sindicatos da administração pública.

O encontro foi confirmado por Diniz. “Faremos essa reunião com a base para falar da reforma da Previdência”, disse. O parlamentar governista tem ficado sozinho nas discussões com os sindicalistas enquanto os deputados da oposição Jenilson Leite (PSB), Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Daniel Zen (PT) participam intensamente.

Segundo o ac24horas apurou, nas reuniões que estão acontecendo com os sindicalistas os deputados da base não enviam nem mesmo assessores para acompanhar o processo. Enquanto a oposição “deita e rola” na tribuna, a base fica recuada deixando líder sob fogo cerrado dos oposicionistas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.