Conecte-se agora

Petista pede que marido de Marina Silva deixe cargo no governo do Acre

Publicado

em

Sem títuloO clima anda tenso no reino petista.  Tácio de Brito Junior, irmão do presidente regional do PT no Acre, Leornardo Brito, usou o facebook na noite desta terça-feira, 16, para questionar o marido de Marina Silva, Fabio Vaz de Lima, que ocupa o cargo de Secretário Adjunto de Desenvolvimento, Indústria, Comércio, Serviços, Ciência e Tecnologia no governo de Sebastião Viana,  o por que dele questionar o Partido dos Trabalhadores no Âmbito Nacional.

Tácio perguntou a Fabio se com isso ele iria pedir demissão “empregão de subsecretário que tem no governo Tião Viana”.

Em resposta, o marido de Marina Silva disse que apoia o trabalho realizado pelo governador Sebastião Viana e, pelo menos, por agora, não pensa em deixar a pasta que ocupa ao lado do secretário titular Edvaldo Magalhães.

“Oh Papito vou pedir demissão não. Pelo menos este ano. Apoio e trabalho pro Tião Viana com muito orgulho. Ainda bem quem manda no governo é ele e não o PT. Quem diria eu estar sendo convidado para sair por vc . E vc acha que o governo é de um partido só? O Projeto é maior que qualquer partido. Mas entendo sua situação. Fique tranquilo eu vejo o PT do Acre diferente do Nacional. Aqui ainda corre sonhos. Nacionalmente ……”, disse Vaz.

Intercedendo por Fabio Vaz, o petista Cacá Araújo, assessor do senador Jorge Viana (PT-AC), disse não entender o motivo dos questionamentos de Tácio.  “Papito, Tenho muito respeito e admiração por Vc, mas que discussão inócua, improcedente. O Companheiro Fábio Vaz de Lima e a companheira Marina Silvatem toda uma vida dedicada na construção de uma sociedade mais justa, igual, humana e sustentável, somos todos filhos de um sonho que vem desde os idos de Chico Mendes. Tenho muito orgulho de ter trabalhado ombro a ombro com o Fabio e ter com ele, Marina e muitos outros que não estão no PT, até hoje, somados nossos sonhos e lutas por um mundo bem melhor. Acho que essa disputa interna do meu querido PT, está cegando todos, já não distinguimos quem são os adversários de nosso projeto político. Acho também, que vivemos num momento de muita arrogância, que em nada ajuda no processo de reeleição do companheiro Governador Tião Viana. Estamos nos digladiando pelo pedaço, esquecendo do todo. A dedicação e luta do Tião, merece de cada um de nós, abdicação de projetos pessoais e humildade. meu irmão se retrate, ainda há tempo, e mostre a grandeza de sua alma. Abraços!”, postou nas redes sociais.

 

Propaganda

Acre

Coronel Ulysses promove primeiro ato de rua permitido pela Lei Eleitoral, na Capital

Publicado

em

O candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo, reunirá apoiadores e candidatos da coligação “Acre livre/Muda Acre de verdade” para o primeiro ato de rua permitido pela Lei Eleitoral. A mobilização ocorrerá a partir das 7h30 desta sexta-feira (17), na Praça da Revolução, em frente ao Comando Geral da Polícia Militar.

O evento é considerado o dia “D”, ao fazer alusão entre o dia 17 de agosto e os números adotados pelo candidato ao governo e pelo candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro. A coligação, formada pelos partidos PSL, PSC e Patriotas, espera reunir todos os seguidores de Bolsonaro no Estado.

“Faremos uma caminhada nas principais ruas da capital, para dizer a população acreana que estamos preparados para governar o Estado. A batalha é para devolver o Acre aos acreanos e precisamos do apoio deles para conseguirmos vencer a guerra”, afirmou Coronel Ulysses.

Na manifestação, o candidato ao governo também debaterá com eleitores, apresentando o plano de governo, mostrando propostas, como o fortalecimento da segurança pública e a busca pela geração de emprego e renda.

Na parte da tarde, às 14h30, Coronel Ulysses realizará outra caminhada no bairro Cidade Nova, buscando apoiadores com o objetivo de mostrar que é o Acre precisa de mudança para melhor.

Continuar lendo

Acre

Jorge Viana inicia primeiro dia de campanha nas ruas do município de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O primeiro dia oficial de campanha começou cedo para o senador Jorge Viana. Às 6 horas da manhã o próprio parlamentar, candidato à reeleição, foi para as ruas de Cruzeiro do Sul, na Praça do Táxi, conversar com motoristas e pedestres. Apresentou uma carta falando de sua trajetória política, recebeu mensagens de apoio e defendeu o diálogo como forma de superar a atual crise política e institucional que afeta todo o país.

A conversa olho no olho será a essência de sua campanha, afirma Jorge Viana. Para ele, é preciso resgatar o contato direto com os eleitores e a confiança na boa política. “Temos lembranças especiais das primeiras campanhas, marcadas pela criatividade para superar a falta de estrutura e de recursos. Vendíamos balões e camisetas, promovíamos jantares e outras atividades, combinando a arrecadação de recursos com a confraternização e o debate de ideias. Criamos um movimento de mudanças que resultou em grandes conquistas para o nosso povo. É preciso reencontrar esse caminho”, defende o parlamentar ao criticar a presença do poder econômico nas campanhas eleitorais.

No Senado Federal, Jorge Viana foi presidente da Comissão de Reforma Política e defendeu mudanças que considera importantes para o resgate do que ele acredita ser a “boa política”. Entre os resultados da comissão, foi aprovado limite de gastos para deputados, redução do tempo de campanha e restrição no uso de materiais de divulgação.

“Sempre procurei fazer campanhas participativas, envolvendo as pessoas em todos os municípios com uma emoção verdadeira. Não poderia ser diferente agora”, declarou.

O senador também participou de uma entrevista de rádio em Cruzeiro do Sul. Nas ruas, Jorge Viana foi recebido com carinho e atribui a boa acolhida à sua trajetória política. “Num período não muito distante, transformamos um Acre decadente e falido, com salários atrasados, sem infraestrutura e nenhuma autoestima, num estado mais preparado para os desafios dos novos tempos que chamou a atenção do Brasil. A boa política possibilita fazer mudanças como as que fizemos”, escreveu em sua carta de apresentação como candidato.

“Temos que fazer uma autocrítica, entender nossos erros e apontar mudanças para que a boa política volte a ser praticada e siga transformando a vida das pessoas para melhor”, completou.

Continuar lendo

Acre

Davi Friale desiste de candidatura por causa de ocupações profissionais

Publicado

em

Por suas atividades no site O Tempo Aqui e estudos relacionados ao clima, o pesquisador meteorológico Davi Friale desistiu da candidatura a deputado estadual. A informação é do próprio Friale.

“Eu preciso atualizar constantemente o site, que é uma prestação de serviços à população. Mas estou me organizando para contratar algumas pessoas, formar uma equipe que terá essa atribuição de atualizar o portal na minha ausência. Seria impossível ter que abastecer o site diariamente e cumprir agendas de campanha, conversar, ir aos bairros, visitar pessoas”, diz.

Friale, aliás, chegou a ser contado para compor chapa como vice de Lyra Xapuri, ex-candidato a governador, durante o período pré-eleitoral. Lyra desistiu de concorrer ao governo para apoiar Marcus Viana (PT) e se candidatar a deputado federal. Já Friale preferiu sair da disputa por ocupações profissionais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.