Conecte-se agora

O Baile da Alegria

Publicado

em

Todos os anos, ou melhor, todas as vezes que a Terra dá um giro em torno Sol, uma companhia de artista anônimo se dirigia àquela pequena cidade. As habilidades poderiam ser motivos de críticas, não eram preciosos na desenvoltura exigida, mas a cidade estranhamente não deixava de assistir aos quatros: o acrobata, o homem que cuspia fogo, a mulher que fazia uma faca penetrar no seu ventre e o homem que dizia saber de tudo.

Todos os anos, ou melhor, todas as vezes que a Terra dá um giro em torno Sol, os artistas, depois de chegar à cidade, se desmanchavam debaixo de uma arvore velha e buscavam o tempo passar, para que de noite mostrassem as suas aptidões.

Todos os anos, ou melhor, todas as vezes que a Terra dá um giro em torno Sol, o pequeno espaço que terminava nas barranqueiras de um córrego rápido se enchia de gente. Pessoas que queria ver as proezas do quarteto viajor se amontoavam em frente ao acanhado palco, disputando com os ombros um melhor lugar para vê-los.

Todos os anos, ou melhor, todas as vezes que a Terra dá um giro em torno Sol, quando a amostra teatral acabava, as palmas eram fortes, as lágrimas eram certas, os corações eram emoções puras, a ansiedade e a saudade, porque teriam de esperar por mais um ano aquela festa.

Todos os anos, ou melhor, todas as vezes que a Terra dá um giro em torno Sol, enquanto as estrelas faziam as malas para marchar, o acrobata cantou:

– Eu sou a porta de parte do céu! Eu sou a porta de parte do céu. Nada é mais perigoso que a acrobacia de cada dia que tenho de viver.

Ouvindo aquela doce melodia, o homem que cuspia fogo respondeu em um tom um pouco mais grave, decorrência de uma garganta por demais inflamada:

– Eu sou a outra porta de parte do céu! Eu sou a outra porta de parte do céu! Nada é mais perigoso que engolir todos os dias as palavras que me queimam a alma e o corpo.

Inquieta e temendo perder o jogo, após confirmar o nó no saco de seus pertences, a mulher que fazia uma faca penetrar no seu ventre cantou como que um vento forte dos verões suecos:

– Eu sou as janelas de parte do céu! Eu sou a janela de parte do céu. Nada é mais cruel que receber dos amigos os maiores golpes na vida.

O homem que sabia de tudo, nada disse, nada cantou. Cansado do espetáculo que deu, abriu uma de suas caixas e tirou uma pequena botina, usada mais nos dias frios ou alegres demais.

Os quatros beberam, os três continuaram cantando suas cantigas.

Pararam quando o homem que sabia de mais solicitou em voz calma:

– Sigam-me.

Todos os anos, ou melhor, todas as vezes que a Terra dá um giro em torno Sol, o homem que sabia demais partia sozinho rumo ao seu não sei qual caminho. Para ajudar aos amigos e suas afirmações, levou-os à madeira: foram enforcados na árvore que lhes tinha dado sombra.

  

 

 

 

Anúncios

Cotidiano

Comissão Mista do Orçamento da União será instalada nesta terça-feira (29)

Publicado

em

A Comissão Mista de Orçamento (CMO), responsável por debater e votar as leis orçamentárias para 2021, será instalada nesta terça-feira (29) às 9h.

De acordo com informações prestadas pela Presidência do Senado, a reunião será semipresencial. Os membros vão eleger o presidente do colegiado, que deverá ser um deputado, seguindo a regra de alternância para ocupação do cargo entre Câmara e Senado.

Entre as funções da comissão está a análise e votação do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021, o PLN 28/2020, enviado pelo governo federal no final de agosto.

O relator da proposta é o senador Marcio Bittar, que terá a missão de apresentar um relatório com a previsão de receitas e despesas da União para o ano que vem considerando os impactos econômicos e sociais da pandemia de covid-19.

Entre outras matérias orçamentárias, a CMO também é responsável por analisar o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2021 (PLDO – PLN 9/2020), que estabelece os parâmetros do orçamento para o ano que vem e que foi enviado pelo Poder Executivo em 15 de abril. Diante dos efeitos da pandemia nas contas públicas, a equipe econômica sugeriu na LDO a adoção de uma meta fiscal flexível em 2021, diferentemente dos objetivos fixos adotados em anos anteriores.

Criada pela Constituição de 1988, a Comissão de Orçamento examina e emite parecer sobre projetos orçamentários e contas apresentadas anualmente pelo presidente da República. Também exerce o acompanhamento e a fiscalização do Orçamento da União. Ela é composta por 42 parlamentares titulares, sendo 31 deputados e 11 senadores, e possui igual número de suplentes.

O colegiado analisa também o Plano Plurianual (PPA). No ano passado, a comissão aprovou o PPA para os anos de 2020 até 2023, que virou a Lei 13.971, de 2019. Ou seja, um novo PPA só terá que ser elaborado em 2023, para orientar os anos de 2024 até 2027. Também é atribuição da CMO dar parecer sobre os projetos de lei do Congresso Nacional (PLNs) que tratam de créditos orçamentários extraordinários.

Fonte: Agência Senado

Continuar lendo

Cotidiano

Inscrições para bolsas remanescentes do ProUni terminam na próxima quarta-feira

Publicado

em

Os candidatos já matriculados ou não em instituição de ensino superior, onde pretendem receber uma das bolsas remanescentes do programa Universidade para Todos (ProUni), têm até quarta-feira, dia 30, para fazer inscrição na página do programa. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Pode participar quem cursou o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Também entram na lista dos contemplados estudantes com deficiência, professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, além de integrantes do quadro de pessoal permanente de instituição.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda declarada deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Continuar lendo

Cotidiano

Presidente do Cidadania diz que recursos do fundo eleitoral é pouco para o partido

Publicado

em

O presidente do Cidadania no Acre, Rômulo Barros, em entrevista ao videomaker do ac24horas, Whidykennedy, destacou na manhã desta segunda-feira, 28, as dificuldades em abrir conta bancária de campanha, que são obrigatórias para registrar a movimentação de valores durante o pleito de 2020.

Ele conta que desde sexta-feira, dia 25, o partido tem tentado abrir uma conta para o recebimento do dinheiro que a nacional do partido manda para a campanha eleitoral dos candidatos, mas que devido a pandemia esse processo por parte das instituições bancárias estão lentos.

Rômulo destacou que apesar do aumento do Fundo Eleitoral em comparação às eleições de 2018, o dinheiro ainda é muito pouco se for contado o quanto será dividido entre todas as candidaturas do país e dentre os partidos.

“Eu digo que é pouco dinheiro. Alguns partidos grandes têm uma distribuição de recursos bem maior, mas para os partidos pequenos [Cidadania] é muito pouco dinheiro e não é o suficiente pra você conseguir conduzir o processo eleitoral com 26 candidaturas, que é o caso do Cidadania”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Hospital do Juruá passará a realizar quimioterapia em Cruzeiro do Sul, garante Gladson

Publicado

em

Presente nas atividades dos 116 anos de fundação de Cruzeiro do Sul, o governador Gladson Cameli anunciou nesta segunda-feira, 28, que o Hospital do Juruá contará com equipamentos para a realização de quimioterapia, que combate o câncer. Ele afirmou ainda que o Hospital do Juruá também terá equipamento de ressonância magnética, bem como um novo tomógrafo.

O gestor não citou datas, mas adiantou que o aparelho de ressonância é fruto de emenda da deputada federal Jéssica Sales. A região do Alto Acre, segundo ele , também será beneficiada com o tratamento de quimioterapia.

Cameli destacou que é necessário que a direção dos hospitais fiquem atentas à manutenção dos equipamentos, como o tomógrafo do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, que teve que ser levado para conserto em São Paulo. “Aqui em Cruzeiro por exemplo, nós temos um convênio com o Hospital, mas eu só fiquei sabendo que o aparelho estava quebrado pela mídia “, desabafou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas