Conecte-se agora

Homem mata esposa a facadas e comete suicídio na periferia de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Os corpos de Marildes Maria Correia de Paiva, de 37 anos,  e do ajudante de obras Pedro Claudio Maritns de Oliveira, 37, foram encaminhados ao IML

Um homem matou a sua esposa a facadas e depois se suicidou no inicio da noite desta terça-feira (08) no Mutirão da Cohab, periferia de Cruzeiro do Sul (AC). Segundo a Polícia Militar, o acusado esfaqueou a companheira e depois se enforcou.

Os corpos de Marildes Maria Correia de Paiva, de 37 anos,  e do ajudante de obras Pedro Claudio Maritns de Oliveira, 37, foram encontrados pela PM em locais diferentes.

A mulher estava deitada agonizando em frente a residências  de vizinhos e morreu minutos depois. O corpo do acusado encontrava-se pendurado por uma corda no pescoço em uma  arvore nas proximidades onde o  crime aconteceu.

De acordo com uma  cunhada do acusado, o casal brigava bastante. E no dia em que aconteceu o crime  eles tinham discutido. A vítima tinha chegado da Capital a três dias e pretendia voltar em seguida e Pedro não concordava.

O casal tinha cinco filhos, entre eles o mais velho tem  16 anos e era enteado do acusado.

Cerca de duas horas depois os corpos foram encaminhados ao IML da Cidade.

Propaganda

Acre

Mara realiza audiência para criação do Batalhão de Polícia Rural no Acre

Publicado

em

A deputada Mara Rocha tem autorização da Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal para promover audiência pública visando a criação do Batalhão de Polícia Rural no Estado do Acre. A audiência deve ocorrer em março.

Mara baseia-se na experiência do Estado de Goiás, que segundo ela tornou-se é referência em todo o Brasil no combate a criminalidade na zona rural. Lá, esse batalhão conta com Centro de Comando e Controle Rural que monitora em tempo real as fazendas e viaturas da patrulha, possibilitando maior agilidade no trabalho através de georreferenciamento.

Regularmente, as propriedades recebem a visita de policiais para cadastramento dos produtores, trabalhadores, maquinário, marca de gado e para apresentar o Disk Denúncia Rural.

“Nessa audiência pública vamos mostrar a importância da implantação da Polícia Rural no Acre para desarticular as quadrilhas que agem no campo. Temos que pensar em uma rede de segurança inteligente e eficaz. Chamaremos para participar dessa audiência pública, produtores rurais e as entidades ligadas ao agronegócio, como Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária no Acre (Fundepec) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Acre que poderão entrar como parceiros do Estado na implantação da Polícia Rural, da mesma forma como aconteceu no Estado de Goiás”, disse Mara Rocha.

Continuar lendo

Acre

Ex-gerente do Depasa em Xapuri publica foto com esposa agredida

Publicado

em

O ex-gerente do Depasa em Xapuri, Antônio Marcos Mansour, preso em flagrante no domingo passado, 12, acusado de agredir a esposa, usou uma rede social para confirmar que não é mais gerente da autarquia no município.

Mansour foi solto dia seguinte a agressão após o pagamento de fiança no valor de 2 mil reais estipulado pelo delegado de Xapuri Alex Danni.

Na publicação, Mansour agradeceu a Deus pelo tempo que esteve à frente do cargo e confirmou que não é mais o gerente do Depasa no município. Uma portaria, assinada pelo presidente da autarquia, Zenil Chaves, nomeou para a função Rodrigo Augusto Rossi Garcia.

O que chamou a atenção na publicação foi a presença na foto da esposa agredida, Cleia Menezes, já que apesar de ter concedido liberdade à Mansour, o juiz da Comarca de Xapuri, Luís Gustavo Alcalde Pinto acolheu o pedido da vítima e concedeu medidas em seu benefício previstas na lei Maria da Penha.

Com isso, Marcos Mansour estaria proibido de se aproximar da esposa, devendo se manter à distância mínima de 200 metros de distância dela, bem como está proibido de manter com ela qualquer tipo de contato, seja pessoal, por telefone, mensagem de texto e WhatsApp. Foi decretada ainda a retirada do agressor do lar do casal e determinado o seu impedimento de frequentar a residência da família até o término do processo.

Não se sabe se Mansour usou uma foto antiga ou se conseguiu o perdão da esposa agredida e retomou o casamento.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas