Conecte-se agora

Planeta Vermelho não precisa dos vermelhos

Publicado

em

Bas Lansdorp. Quem é? Você não precisa saber, tampouco ficar preocupado se isso é de comer ou não.

Foi uma das notícias mais comentadas na semana a ideia desse cientista holandês de colonizar o planeta Marte. Quem acha isso um sonho ou algo parecido como balela se engana, essa viagem já está marcada para 2023 com apenas um pequeno detalhe: não tem volta.

Com as ameaças de um futuro não tão seguro aqui na Terra, este  é mais um projeto de levar a raça humana cada vez mais longe no Sistema Solar e, porque não dizer, no universo.

Quem imaginava que, por conta dessa particularidade, ninguém iria se cadastrar nesse projeto se enganou. Segundo o jornal Algemeen Nijmeegs Studentenblad, já são mais de 100 mil pessoas disposta a realizar essa nobre missão para a raça humana.

Para alguns, aproveitando a deixa, e sem pensar no próximo (planeta Marte) seria muito interessante que certas personalidades fossem as escolhidas nessa viagem sem retorno. Uma sugestão unilateral de eliminar umas peças que já não suportamos mais.

Uma coisa é certa, o projeto tem preço: mais ou menos R$ 14 bilhões de reais e, não nos esqueçamos, há uma taxa de inscrição para fazer parte desse sonho.

 Isso pode passar batido, mas se alguém está pensando em mandar certos políticos brasileiros, devem tomar cuidado. Podem querer fazer lá o que fazem aqui, há tempos.

Não desejo o mal alheio! Acho que Marte não pode ser punido com a ida de elementos nocivos. Lá não pode haver mensalão, gente que não sabe de nada dos escândalos que ocorrem debaixo de suas barbas, aposentadoria imoral, superfaturamento de obras públicas e outros males da nossa velha e cansada política.

Temos agora duas tarefas: salvar a Terra e começar a se preparar pra defender o nosso grande vizinho vermelho que, dependendo de quem for, terá de rever sua cor.

Francisco Rodrigues Pedrosa   –     f-r-p@bol.com.br

 

Anúncios

Cotidiano

Viatura do Samu ficará de prontidão na Policlínica do Tucumã a partir desta quinta

Publicado

em

A Policlínica do Tucumã irá contar com socorro imediato e com mais precisão a partir desta quinta-feira, dia 1°, tendo em vista que uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência (Samu) 192 ficará baseada na unidade.

A viatura de suporte básico ficará em funcionamento 24 horas para atender a necessidade de ampliar o serviço após aumento nas ligações registradas este ano por conta da pandemia do novo coronavírus.

O Samu resolveu remanejar a ambulância que servia como suporte técnico do para operar em tempo integral no Tucumã. No total, o Samu conta com 30 ambulâncias, sendo quatro de suporte avançado (UTIs móveis) em operação em todo o estado.

Dessas, três destinadas ao transporte de pacientes graves ficam em Rio Branco, o que possibilitou, no último ano, o atendimento de 42.491 ocorrências.

Continuar lendo

Cotidiano

FCCV realiza serviços de manutenção na UBS Geosete Coelho, no bairro Cruzeirinho

Publicado

em

A Fundação FCCV iniciou nesta terça-feira (29) serviços de melhorias e manutenção na Unidade Básica de Saúde (UBS) Geosete Coelho Mariano, no bairro Cruzeirinho, em parceria com a Prefeitura de Cruzeiro do Sul. O objetivo da ação é promover ações de recuperação na estrutura da unidade com o objetivo de garantir melhor atendimento para a população.

Entre os serviços realizados estão manutenção em lâmpadas e bocais, conserto de pias, banheiros e trincos das portas, além de recuperação das calçadas. Também foi realizado um faxinaço com o objetivo combater focos de mosquitos transmissores de doenças e promover uma limpeza geral dos locais.

A expectativa é que os serviços sejam concluídos nesta quarta-feira (30). Estas ações integram o Projeto Saúde em Foco, desenvolvido em parceria entre a FCCV e a Prefeitura com o objetivo melhorar o atendimento à saúde da população de Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Cotidiano

TSE anuncia parceria com principais redes sociais para combater fake news nas eleições

Publicado

em

O Juiz Eleitoral da 9ª zona, Giordane Dourado, tem dito que uma das principais metas para as eleições deste ano é o combate às fake news. Em uma campanha eleitoral onde ainda vigora medidas de isolamento social, a internet, que já tem sido decisiva, ganha uma importância ainda maior.

A preocupação não é só do Acre, mas de todo o país. Tanto que o Tribunal Superior Eleitoral anunciou, nesta quarta-feira (30), uma parceria com WhatsApp, Facebook e Instagram para combater a disseminação de fake news, de disparos em massa, e para divulgar medidas de segurança para o combate ao Covid-19 durante as eleições municipais de novembro.

A justiça eleitoral realizou um evento virtual com a participação do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, e de representantes das três redes sociais, onde foi comunicado que o WhatsApp disponibilizará um canal de comunicação para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que é proibido.

“O TSE será a primeira autoridade eleitoral do mundo a ter um chart bot dentro do aplicativo, que permitirá aos eleitores interagirem com o Tribunal Superior Eleitoral no Whatsapp. Haverá um canal específico para que a Justiça Eleitoral e cidadãos possam denunciar contas suspeitas de fazerem disparos em massa. Recebida a denúncia, o WhatsApp conduzirá uma apuração interna para verificar se as contas indicadas violaram as políticas do aplicativo. E, se for o caso, irá bani-las”, explicou Aline Osorio, secretária-geral do TSE.

Continuar lendo

Cotidiano

Foragido condenado por estupro no Mato Grosso é preso em Sena Madureira

Publicado

em

A Polícia Civil no município de Sena Madureira, distante 144 km de Rio Branco, prendeu nesta quarta-feira, 30, um foragido da Justiça de Mato Grosso (MT). O foragido condenado pela Justiça do Estado de Mato Grosso foi localizado numa residência situada no bairro Jardim Primavera. Ele é condenado pelo crime de estupro.

O trabalho investigativo da equipe de agentes de Polícia Civil, coordenados pelo delegado Marcos Frank, também resultou na prisão de duas pessoas em Rio Branco pelo crime de tráfico de drogas que, de acordo com a mesma investigação, o casal S. S. S e D. da D. M. enviava drogas para abastecer “bocas de fumo” daquele município.

Ao todo, foram efetuadas quatro prisões que, para o delegado Marcos Frank, foram importantes para retirada de circulação de ativos criminais. “São prisões importantes para a Polícia. Conseguimos neutralizar parte do envio de drogas que chegava até o município e conseguimos prender um foragido do Estado de Mato Grosso, o que demonstra forte interação com outros estados da federação”, declarou Marcos Frank.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas