Conecte-se agora

Bittar envia ao Senado projeto que restabelece fuso horário do Acre

Publicado

em

Marcio_soO primeiro-secretário da Câmara, Marcio Bittar (PSDB-AC), deu nesta quarta-feira, 26, um passo decisivo para que o fuso horário do Acre – alterado sem consulta à população – seja restabelecido o mais rápido possível pelo Congresso Nacional. Bittar enviou ao senado o Projeto de Lei nº 3.078, de 2011, de autoria do Poder Executivo.  A proposta legislativa altera o Decreto 2.784, de 18 de junho de 1913, para restabelecer os fusos horários do Acre e de parte do Amazonas, e revoga a Lei nº 11.662, de 2008.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara em junho de 2012. O texto seguiria para o Senado, mas seu envio foi suspenso após a apresentação de recurso do deputado Jilmar Tatto (PT-SP) contra a apreciação conclusiva do projeto favorável ao povo do Acre. O recurso foi rejeitado pelo plenário da Câmara no dia 12 de junho. “Foi a vitória da democracia e da sensatez”, comemorou Bittar, quando da derrubada do recurso.

A lei a ser revogada foi sancionada pelo então presidente Lula, oriunda de projeto de autoria do então senador Tião Viana (PT-AC), atualmente governador do Acre, mudou o horário sem consultar a população. Em referendo realizado em 2010, a quando a população do Acre decidiu restabelecer a antiga diferença de duas horas em relação a Brasília. Desde abril de 2008, a diferença é de apenas uma hora.

Chico Araújo, de Brasília

 

 

 

 

Propaganda

Acre

Coronel Ulysses promove primeiro ato de rua permitido pela Lei Eleitoral, na Capital

Publicado

em

O candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo, reunirá apoiadores e candidatos da coligação “Acre livre/Muda Acre de verdade” para o primeiro ato de rua permitido pela Lei Eleitoral. A mobilização ocorrerá a partir das 7h30 desta sexta-feira (17), na Praça da Revolução, em frente ao Comando Geral da Polícia Militar.

O evento é considerado o dia “D”, ao fazer alusão entre o dia 17 de agosto e os números adotados pelo candidato ao governo e pelo candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro. A coligação, formada pelos partidos PSL, PSC e Patriotas, espera reunir todos os seguidores de Bolsonaro no Estado.

“Faremos uma caminhada nas principais ruas da capital, para dizer a população acreana que estamos preparados para governar o Estado. A batalha é para devolver o Acre aos acreanos e precisamos do apoio deles para conseguirmos vencer a guerra”, afirmou Coronel Ulysses.

Na manifestação, o candidato ao governo também debaterá com eleitores, apresentando o plano de governo, mostrando propostas, como o fortalecimento da segurança pública e a busca pela geração de emprego e renda.

Na parte da tarde, às 14h30, Coronel Ulysses realizará outra caminhada no bairro Cidade Nova, buscando apoiadores com o objetivo de mostrar que é o Acre precisa de mudança para melhor.

Continuar lendo

Acre

Jorge Viana inicia primeiro dia de campanha nas ruas do município de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O primeiro dia oficial de campanha começou cedo para o senador Jorge Viana. Às 6 horas da manhã o próprio parlamentar, candidato à reeleição, foi para as ruas de Cruzeiro do Sul, na Praça do Táxi, conversar com motoristas e pedestres. Apresentou uma carta falando de sua trajetória política, recebeu mensagens de apoio e defendeu o diálogo como forma de superar a atual crise política e institucional que afeta todo o país.

A conversa olho no olho será a essência de sua campanha, afirma Jorge Viana. Para ele, é preciso resgatar o contato direto com os eleitores e a confiança na boa política. “Temos lembranças especiais das primeiras campanhas, marcadas pela criatividade para superar a falta de estrutura e de recursos. Vendíamos balões e camisetas, promovíamos jantares e outras atividades, combinando a arrecadação de recursos com a confraternização e o debate de ideias. Criamos um movimento de mudanças que resultou em grandes conquistas para o nosso povo. É preciso reencontrar esse caminho”, defende o parlamentar ao criticar a presença do poder econômico nas campanhas eleitorais.

No Senado Federal, Jorge Viana foi presidente da Comissão de Reforma Política e defendeu mudanças que considera importantes para o resgate do que ele acredita ser a “boa política”. Entre os resultados da comissão, foi aprovado limite de gastos para deputados, redução do tempo de campanha e restrição no uso de materiais de divulgação.

“Sempre procurei fazer campanhas participativas, envolvendo as pessoas em todos os municípios com uma emoção verdadeira. Não poderia ser diferente agora”, declarou.

O senador também participou de uma entrevista de rádio em Cruzeiro do Sul. Nas ruas, Jorge Viana foi recebido com carinho e atribui a boa acolhida à sua trajetória política. “Num período não muito distante, transformamos um Acre decadente e falido, com salários atrasados, sem infraestrutura e nenhuma autoestima, num estado mais preparado para os desafios dos novos tempos que chamou a atenção do Brasil. A boa política possibilita fazer mudanças como as que fizemos”, escreveu em sua carta de apresentação como candidato.

“Temos que fazer uma autocrítica, entender nossos erros e apontar mudanças para que a boa política volte a ser praticada e siga transformando a vida das pessoas para melhor”, completou.

Continuar lendo

Acre

Davi Friale desiste de candidatura por causa de ocupações profissionais

Publicado

em

Por suas atividades no site O Tempo Aqui e estudos relacionados ao clima, o pesquisador meteorológico Davi Friale desistiu da candidatura a deputado estadual. A informação é do próprio Friale.

“Eu preciso atualizar constantemente o site, que é uma prestação de serviços à população. Mas estou me organizando para contratar algumas pessoas, formar uma equipe que terá essa atribuição de atualizar o portal na minha ausência. Seria impossível ter que abastecer o site diariamente e cumprir agendas de campanha, conversar, ir aos bairros, visitar pessoas”, diz.

Friale, aliás, chegou a ser contado para compor chapa como vice de Lyra Xapuri, ex-candidato a governador, durante o período pré-eleitoral. Lyra desistiu de concorrer ao governo para apoiar Marcus Viana (PT) e se candidatar a deputado federal. Já Friale preferiu sair da disputa por ocupações profissionais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.