Conecte-se agora
Fechar

Aprovação do governo Dilma cai a 55%, diz pesquisa CNI/Ibope

Publicado

em

A aprovação dos brasileiros ao governo de Dilma Rousseff piorou, de acordo com a pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria) em parceria com o Ibope divulgada nesta quarta-feira (19) em Brasília. Segundo a pesquisa, 55% dos entrevistados aprovam o governo da presidente, oito pontos percentuais a menos que na última pesquisa da série, divulgada em março, quando o governo era aprovado por 63% dos brasileiros.

De acordo com a pesquisa, 32% dos entrevistados consideram o governo regular; 13% avaliam ruim ou péssimo e 1% não sabem ou não responderam.

Apesar da queda, o percentual é superior ao mesmo período dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso. O governo Lula era aprovado por 35%, e o de FHC, por 34%.

Considerando os entrevistados com renda familiar de até um salário mínimo, houve queda de 5% na proporção de ótimo ou bom. Já entre os com renda familiar de 2 a 5 e de 5 a 10 salários, a queda foi de 10 pontos. Já no caso dos entrevistados com mais de 10 salários mínimos, a queda superou os 20 pontos percentuais. A região Nordeste manteve o maior percentual de ótimo ou bom: 66%.

A queda maior da avaliação do governo foi na região Sudeste e entre entrevistados com renda mais elevada, diz o CNI/Ibope. De acordo com a pesquisa, 32% dos entrevistados consideram o governo regular; 13% avaliam como ruim ou péssimo e 1% não sabem ou não responderam.

Aprovação pessoal

A aprovação pessoal da presidente também caiu oito pontos e chegou a 71% — estava em 79% na última sondagem. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 25% dos entrevistados desaprovam o modo de governar de Dilma, e 4% não sabem ou não responderam.

O dado é superior ao mesmo período de Lula da Silva e FHC. Lula era aprovado por 55% e FHC por 49%.

A pesquisa de hoje confirma tendência de queda verificada pelo Instituto Datafolha. Na pesquisa divulgada pelo instituto no começo de junho, o governo era aprovado por 57% dos entrevistados.

Caiu também a expectativa em relação ao restante do governo, passando dos 65% para 55%. Recuou também o percentual da população que confia na presidente: caiu de 75% para 67%. Ainda segundo a pesquisa, seis das nove áreas de atuação do governo foram desaprovadas pela maioria da população: segurança pública (67%), saúde (66%), impostos (64%), combate à inflação (57%), taxa de juros (54%), e educação (51%).

Avaliação por áreas

A pesquisa também realizou uma avaliação por área de atuação e, de maneira geral, houve piora em todas. Houve um aumento de 10 pontos no percentual de desaprovação da política de combate à inflação. Três áreas obtiveram aprovação por mais da metade da população: combate à fome e à pobreza, meio ambiente e combate ao desemprego. E seis áreas foram desaprovadas pela maioria: segurança pública, saúde, impostos, combate à inflação, taxa de juros e educação.

A área de segurança pública que obteve a maior desaprovação, 67%, mas não houve mudanças significativas em relação à ultima pesquisa de junho. Junto com a segurança pública, a saúde está entre  as áreas com a pior avaliação da população.

A pesquisa foi feita antes do auge das manifestações que acontecem por todo o Brasil e, por isso, não houve influência desses fatos.

Entre as notícias mais lembrados sobre o governo Dilma, o tema política e programas sociais ganha. Em março, foi lembrado por 10% dos entrevistados e em junho o percentual subiu para 26. O que levou a esse aumento foi o boato sobre o fim do Bolsa Família, lembrado por 15% dos entrevistados. Antes, quando se lembrava notícias desta área era de forma positiva, mas, desta vez, foi de forma negativa. As obras da Copa do Mundo ficaram com 10% da lembrança da população, com o foco direcionado para as entregas do estádios, e não para os gastos públicos.

Para Renato da Fonseca, gerente executivo de pesquisa da CNI, essa pesquisa confirma a tendência de outras feitas na mesma época. “Felizmente não fizemos a pesquisa depois dos protestos. Foi até bom os fatos não terem contaminado a pesquisa. Há uma insatisfação clara, mas ainda precisamos entender como isso irá se refletir na avaliação dos governantes e é esse justamente nosso objetivo quando perguntamos às pessoas sobre as notícias mais lembradas.”

Ele ainda considera que problemas na economia, como a possível volta da inflação e o aumento do desemprego, podem ter impulsionado o resultado negativo da pesquisa em relação ao governo Dilma.

A pesquisa não abrangeu a expectativa em relação às eleições presidenciais de 2014. De acordo com Renato Fonseca, por não haver, ainda, candidatos definidos.

A pesquisa avalia trimestralmente a opinião pública com relação à administração federal. Os pesquisadores foram às ruas entre os dias 8 e 11 deste mês e ouviram 2.002 pessoas em 143 municípios.

UOL

Cidades

Estádio Ferreirão, no município de Placido de Castro, irá receber jogos do campeonato acreano de futebol 2018

Publicado

em

O Estádio Municipal José Ferreira Lima, o Ferreirão, no município de Plácido de Castro, sediará neste ano alguns jogos do campeonato acreano de futebol e para isso está passando por reformas e adequações em sua estrutura física para atender as exigências da CBF – Confederação Brasileira de Futebol.

Nesta quinta-feira, o prefeito Gedeon Barros, junto com os secretários de Esporte Mazinho e de Planejamento Acleilton Angelin, recebeu a visita do presidente da Federação Acreana de Futebol, Antônio Aquino para as últimas vistorias no estádio de futebol.

Segundo o prefeito Gedeon Barros, a prefeitura não tem medido esforços para levar para o município, pela primeira vez na história, jogos do campeonato acreano, como forma de incentivar o desporto local e também contribuir para o fluxo turístico, além de aumentar as chances do Plácido de Castro Futebol Clube, representante do município no campeonato acreano de futebol, o qual já foi campeão do certame 2013.

A presidente do Plácido de Castro FC, Rafaela Escalante, disse está otimista quanto as expectativas do desempenho da equipe no campeonato acreano, principalmente pelo apoio que o clube vem recebendo do poder público municipal: “o prefeito Gedeon se colocou a disposição para ajudar desde o início em que apresentamos este projeto, e jogar em casa diante da nossa torcida com certeza será um fator favorável ao desempenho do nosso time”, disse Rafaela.

Depois da visita feita ao estádio, o presidente da Federação Acreana de Futebol, Antônio Aquino afirmou que a previsão é que o primeiro jogo aconteça no próximo dia 28, entre o time local Plácido de Castro e o São Francisco, da capital Rio Branco.

O time placidiano também participará este ano do campeonato brasileiro da Série D, e a expectativa é que mande os seus jogos no Estádio Ferreirão.

Continuar lendo

Cotidiano

Corrida em homenagem a São Sebastião deve reunir mais de 150 atletas no município de Xapuri

Publicado

em

A “Princesinha do Acre”, como é conhecida a cidade de Xapuri, será capital do pedestrianismo no próximo final de semana.

A terra de Chico Mendes vai sediar pelo 2º ano consecutivo, a corrida em homenagem a São Sebastião, o padroeiro dos xapurienses, celebrado dia 20 de janeiro.

A corrida terá uma distância de 9 km, disputada exclusivamente no mesmo percurso por onde vai passar a procissão, também no sábado.

Com apoio da Federação de Atletismo do Acre, a prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, realiza o evento para fortalecer a modalidade no Alto Acre.

Jorge Alves, secretário de Esportes de Xapuri, disse que as inscrições são gratuitas e podem ser feitas até momentos antes da larga, prevista para as 7h.

Todo atleta inscrito vai receber um número de identificação. Os três melhores colocados no masculino e feminino, irão receber premiação especial com troféu, medalhas e brindes.

Todo atleta que concluir a prova também vai receber medalha.

Caxinguba joga pela 1ª vez em casa

O badalado time do Caxinguba EC, formado por xapurienses que residem longe de Xapuri, vai disputar um amistoso contra seleção de Xapuri, nesta sexta feira (19), no estádio Álvaro Felício Abraão.

Será a primeira vez que o time, que tem como mascote um veado, irá atuar na cidade que projetou o nome da equipe.

A partida está marcada para as 16h, com entrada gratuita e faz parte das comemorações da semana de São Sebastião.

Continuar lendo

Cotidiano

Vasco da Gama do Acre faz rifa para custear despesas e tentar disputar o campeonato acreano de 2018

Publicado

em

Primo pobre do famoso Vasco da Gama do Rio de Janeiro, o Vasco do Acre enfrenta sérios problemas financeiros para disputar o estadual da 1ª divisão, que começa no próximo dia 21.

Para reforçar o combalido caixa, o clube está promovendo uma rifa com prêmio de R$ 1 mil.

Os bilhetes custam R$ 5,00 e estão sendo vendidos por jogadores, comissão técnica e torcedores. No dia 4 fevereiro, em sua sede campestre, no bairro Bosque, o time realiza um dia de lazer com torneio de futebol, sinuca, piscina, venda de comida e bebidas.

Todo o valor arrecado será destinado para custear as despesas do time profissional. O Vasco estréia na temporada 2018 no dia 24 contra o Plácido de Castro, na Arena da Floresta.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.