Conecte-se agora

Grevistas de órgãos federais protestam no Senadinho e chegam a serem confundidos com cabos eleitorais

Publicado

em

Quem passa pelo Senadinho, no centro de Rio Branco (AC), nesta quarta-feira (18) pode até se confundir com tantas bandeiras vermelhas, faixas amarelas, carro de som, muito barulho e imaginar que finalmente a campanha de corrida à prefeitura de Rio Branco começara a entrar em um ritmo mais intenso.

Contudo, o movimento com aparência eleitoral nada mais é que um ato de protesto de servidores grevistas de órgãos federais como a Universidade Federal do Acre (Ufac), Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (Ifac), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e outros.

“Vendo aqui de longe pensei que fosse uma passeata do PT”, disse o estudante Juliano Campos que se encontrava nas proximidades do Banco do Brasil. “Só percebi que é um protesto de greve porquê passai lá perto”, relatou o vendedor ambulante Claudio Souza.

Edmilson Alves, de Rio Branco (AC)
[email protected]

Propaganda

Acre

Em Xapuri, homem é esfaqueado e morre com punhal na mão

Publicado

em

O crime ocorreu no bairro Sibéria por volta das 20h30 desta sexta-feira, 20. A Polícia Militar está no local e uma guarnição faz buscas pelo suspeito do homicídio em uma área rural nas imediações da comunidade.

A vítima, segundo informações de moradores, é conhecida pela alcunha de Zé da Orlene. A Polícia Civil foi acionada para fazer os procedimentos de costume, mas ainda não há informações sobre detalhes ou possíveis motivações do crime.

Mais informações em instantes.

Continuar lendo

Acre

Sesacre abre processo para apurar atraso de medicamentos

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) publicou na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 20, um documento que notifica uma distribuidora de medicamentos e produtos hospitalares com a abertura de um Processo Administrativo. O processo, segundo documento, pretende apurar a conduta praticada pela empresa, que é apontada de não ter entregado no prazo contratual estabelecido, os medicamentos ao Estado que possuíam uma ordem de entrega.

A entrega não foi cumprida. Os insumos hospitalares, conforme publica a secretária da pasta, Mônica Feres, seriam para atender as necessidades das unidades de saúde pertencentes à rede hospitalar do Estado do Acre, na capital e demais municípios.

A empresa terá o prazo de cinco dias úteis para apresentar defesa prévia, a contar da data do recebimento da notificação, podendo estar sujeita a aplicação de sanções administrativas prevista em cláusulas, caso não apresente um posicionamento.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.