Conecte-se agora

Senador cassado idealizou manobra contra validade de referendo sobre hora do Acre

Publicado

em

Cassado por 56 votos nesta quarta-feira (11), o ex-senador Demóstenes Torres (sem partido – GO) juntamente com o senador Pedro Taques (PDT-MT) idealizaram a primeira manobra contra a validade do referendo sobre a hora legal do Acre realizado nas eleições de 2010 – no qual a maioria dos acrianos optou pelo retorno do antigo horário, com duas horas de diferença de Brasília.

Em março do ano passado, Torres e Taques lideraram o grupo de parlamentares na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado que impuseram a obrigatoriedade de tramitação de um novo projeto de lei, que em tese daria validade ao resultado das urnas acrianas.

A segunda manobra para invalidar o referendo realizado no Acre veio com o veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto imposto pelos senadores, no final de 2011. A justificativa de Dilma seria a interferência no horário de parte do Pará, contudo, a presidente tinha a sua disposição a possibilidade de validar o referendo do Acre sem interferir no Pará, se tivesse feito uso de veto parcial à matéria, mas a mandatária brasileira optou pelo veto total ao projeto idealizado por Demóstenes Torres e Pedro Taques.

A terceira manobra que impede a validade do referendo do fuso horário vigora no momento com a obrigatoriedade de tramitação de um novo projeto em quatro comissões do Senado Federal, antes se fazia necessária apenas apreciação de duas comissões.

Edmilson Alves, de Rio Branco (AC)
edmilsonacre@yahoo.com.br

Propaganda

Cotidiano

Polícia Militar prende suspeito de assalto após troca de tiros na estrada do Amapá

Publicado

em

Rodrigo da Silva Cruz, de 20 anos, acabou sendo preso na tarde deste sábado (15) pela Polícia Militar, suspeito por um crime de assalto ocorrido na casa de carne Boi Verde, localizada na Estrada do Amapá, em Rio Branco. Durante o assalto houve troca de tiros com um desconhecido que reagiu acabou baleando o assaltante na perna.

Segundo o registrado pela equipe policial que atendeu a esta ocorrência, eles estavam passando pela região quando deram de frente com os suspeitos na moto. Um deles fugiu tomando rumo ignorado pela mata durante a perseguição policial, e Rodrigo, que estava conduzindo a moto, foi seguido até sua residência onde tentou se refugiar, mas acabou sendo preso.

Na companhia do comparsa, o preso teria chegado ao lugar armado, em uma moto que havia sido roubada no dia 02 de dezembro, no estacionamento do Arena da Floresta.

Rodrigo foi conduzido ao Pronto Socorro da capital para passar por atendimento e depois apresentado na Delegacia de Flagrantes (Defla), para os procedimentos cabíveis ao crime cometido.

Continuar lendo

Cotidiano

Homem é encontrado morto com as mãos amarradas em cima de ponte, na Capital

Publicado

em

Um morador da Estrada Transacreana, em Rio Branco, acionou a polícia após encontrar o corpo de um homem na manhã deste sábado (15). A vítima, que estava com as mãos amarradas, foi deixada em cima de uma ponte do Riozinho do Rola.

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública do Acre (Ciosp) informou que a vítima estava sem identificação. O cadáver foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Ainda segundo o Ciosp, o homem tem aproximadamente 20 anos e tinha perfurações de arma branca na cabeça. A polícia suspeita que a vítima foi assassinada em outro local e deixada na ponte.

Continuar lendo

Cotidiano

Câmara de Cruzeiro do Sul é notificada por não realizar eleição da Mesa Diretora

Publicado

em

A Mesa Diretora da Câmara de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, foi notificada judicialmente por não ter, ainda, realizado a eleição para Presidente do Poder Legislativo. O ato, que pode ocorrer até o dia 31 de dezembro, foi questionado pelo vereador Chaguinha (PCdoB). O parlamentar pede a realização da sessão de eleição.

Segundo o presidente da Casa, vereador Romário Tavares, a atitude do vereador comunista não está de acordo com os desejos da população. Ele desqualificou a procura do parlamentar ao Judiciário para questionar uma ação do Legislativo, e classificou que a população não quer saber quem é o Presidente da Mesa.

“Eu fico triste porque a população de Cruzeiro do Sul não está preocupada com a eleição do presidente da Câmara, mas com os benefícios que merecem receber. Eu repudio essa atitude, e vamos responder a todas as informações que a Justiça está pedindo”, explica o chefe do Casa de Leis.

Enquanto a eleição não acontece, os vereadores avaliam o orçamento do Município para o ano de 2019. Ao todo, a Prefeitura estima uma receita de R$ 161 milhões para bancar o custo do município no próximo ano. A previsão de votação é até o dia 27 de dezembro, a exemplo da eleição, que ocorrerá até essa data.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.