Conecte-se agora
Fechar

Operação Tentáculos: 2ª Vara Criminal de Rio Branco autoriza 27 prisões preventivas

Publicado

em

A 2ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco participou diretamente da “Operação Tentáculos”, executada na cidade de Rio Branco, na manhã de ontem (11), e que resultou na prisão de 27 pessoas acusadas de compor uma quadrilha dentro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC).

Elas teriam fraudado exames para facilitar a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de outros delitos como retirada de multas, transferência de pontuação na carteira e falsificação de documentos para carros roubados.

Nos municípios de Rio Branco, Senador Guiomard e Bujari mais de 500 habilitações foram fraudadas. Além disso, policiais (civis e militares), auto-escolas, psicólogos e funcionários do próprio Detran também teriam participado das práticas criminosas.

Titular da unidade judiciária, a juíza Denise Bonfim informou nesta terça-feira (12) sobre a participação do Judiciário Acreano na Operação. “O trabalho é resultante de um esforço que começou em 2010 e teve a contribuição de outras instituições, como Ministério Público Estadual (MPE) e Polícia Civil. Mas foi a 2ª Vara Criminal quem autorizou as escutas telefônicas que integraram a investigação, bem como os 27 mandados de prisão”, explicou a magistrada.

O secretário de Polícia Civil, Emylson Farias, reconheceu a importância da 2ª Vara Criminal para que a operação fosse deflagrada com sucesso. “O Judiciário foi ágil, atuou com eficiência e responsabilidade”, disse ele.

Denise Bonfim informou ainda que as investigações vão continuar e que os acusados irão ser julgados de acordo com as leis brasileiras. As 27 pessoas flagradas por meio da “Operação Tentáculos” estão cumprindo prisão preventiva.

AGÊNCIA TJAC

Mais Informações
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Analista judiciário é executado e o corpo é encontrado no Ramal da Zezé, no Belo Jardim

Publicado

em

O analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), Francisco das Chagas Farias de Abreu, foi encontraram na noite de sexta-feira (17), com marcas de tiros, no Ramal da Zezé, região do bairro Belo Jardim, Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo informações de peritos que atenderam a ocorrência, o analista foi assassinado com tiros na cabeça. Na cena do crime, a perícia coletou pelo menos seis cápsulas de arma calibre 380, objetos plásticos e documentos de uma caminhonete.

O caso foi registrado na delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (Dhpp), que investiga a hipótese de um crime de latrocínio, roubo seguido de morte já que a vítima tinha uma caminhonete e não foi encontrada no local. No Ramal, ninguém disse ter visto quem atirou no trabalhador.

Curiosamente, dias atrás, em seu Facebook, o analista havia sido alertado para tomar cuidado com a bandidagem”.

 

 

Continuar lendo

Acre

Estudantes da João Aguiar realizam protesto contra a falta de segurança na instituição

Publicado

em

Estudantes da escola João Batista Aguiar, no Manoel Julião, saíram pelas ruas do Conjunto neste sábado, 18, em protesto contra a falta de segurança no estabelecimento de ensino.

Eles usaram uma faixa e diversas cartolinas pedindo providências ao setor de Segurança Pública do Acre.  “Todo político que muito fala em segurança  é o que mais se compromete com a criminalidade”, dizia a faixa principal carregada pelos alunos.

Há meses que a escola vem sofrendo com roubos.  Nesta semana, por exemplo, criminosos  arrombaram portas e grades do prédio da instituição para entrar e levar bens.

Na ação, ele levaram um bebedouro, computadores e, ainda, parte da merenda escolar enviada à escola para a alimentação dos estudantes. Esse não foi o primeiro crime na escola. Vários registros já foram feitos na delegacia da região.

Continuar lendo

Acre

Há uma conversa adiantada para que o Livres apoie o Coronel Ulysses, diz Jarude

Publicado

em

Flertando com a pré-candidatura do coronel Ulysses ao governo do Acre, o Livres (antigo PSL), partido que tem como principal proposta o Estado mínimo e o incentivo à iniciativa privada e à livre concorrência, foi apresentado a um grupo fechado de empresários e políticos do Juruá, em evento na noite desta sexta-feira, 17, no Ponto Alto Bier & Wein, localizado na Rua Beijamin Constant, no Morro da Glória, na cidade de Cruzeiro do Sul.

O vereador Emerson Jarude, de Rio Branco, foi o palestrante da noite. Emerson deixou claro que, a priori, a legenda não levou o nome de nenhum nome majoritário ao município.

O objetivo foi lançar os ideais do Livres no Juruá, a partir de Cruzeiro do Sul. “Neste momento não. O foco é a construção da nominata municipal. Quanto ao nome ao Governo, faremos essa agenda em Cruzeiro do Sul novamente. Há uma conversa bem adiantada para que o Livres o apoie”, disse Jarude ao se referir ao nome de Ulysses Araújo.

O evento teve a participação de representantes do Livres em Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Rodrigues Alves e Mâncio Lima, além de pessoas de Cruzeiro.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.